Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Mostra Xepa Cult exalta sabores da culinária indígena neste sábado (27)

Evento gratuito terá sabores das mestras cozinheiras da nação Truká, de Cabroró, além de atividades artísticas que celebram a cultura indígena

Magda Silva/Divulgação

Magda Silva/Divulgação

No mês em que se comemora o Dia do Índio, o projeto leva à capital pernambucana mestras cozinheiras da nação Truká, de Cabrobó

Em novo espaço, o projeto Xepa Cult – Mostra de Gastronomia de Tradição pelo Consumo Consciente realiza sua 2ª edição do ano neste próximo sábado (27), no Pequeno Latifúndio, no Recife (bairro do Espinheiro), das 14h às 18h.  A proposta é difundir os saberes e sabores da cozinha de matriz africana e indígena por Pernambuco. O acesso é gratuito.

O projeto conta com incentivo do Governo de Pernambuco, através do Funcultura. Nno mês em que se comemora o Dia do Índio, o projeto leva à capital pernambucana mestras cozinheiras da nação Truká, de Cabrobó. A dupla irá preparar receitas representativas do repertório culinário do cotidiano do seu povo: Surubim ao coco com pirão de batata-doce, e uma singular sobremesa: creme de umbu.

Magda Silva/Divulgação

Magda Silva/Divulgação

O público poderá acompanhar o processo de produção dos pratos feitos pelas Mestras Cozinheiras Truká: Selma Antônia da Silva Santos e Gilmária Maria da Luz Silva

O público poderá acompanhar o processo de produção dos pratos feitos pelas Mestras Cozinheiras Truká: Selma Antônia da Silva Santos e Gilmária Maria da Luz Silva. Ao final, as pessoas poderão degustar as comidas e acompanhar atividades culturais: a aula-espetáculo “O Som do Barro”, com Mestre Nado de Olinda; e a exibição dos curtas “Abril Indígena” e “Da Pedra da Letra à Pedra na Mesa”. Toda a programação é gratuita.

TRAJETÓRIA - O projeto XepaCult teve início em agosto de 2017, com eventos mensais realizados no Centro de Cultura Luiz Freire, em Olinda, e na Casa Maumau, no Recife, com degustação gastronômica, aula-espetáculo “O Som do Barro” com Mestre Nado e seu grupo, e exposições fotográficas tendo a alimentação como tema.

Magda Silva/Divulgação

Magda Silva/Divulgação

A dupla irá preparar receitas representativas do repertório culinário do cotidiano do seu povo: Surubim ao coco com pirão de batata-doce, e uma singular sobremesa: creme de umbu

No segundo ano, a Xepa Cult continua como mostra gastronômica e passa a realizar exibições audiovisuais, além da aula-espetáculo. A primeira edição de 2019 foi realizada no Mercado da Encruzilhada, em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, com a participação das mestras cozinheiras quilombolas Elânia Lima do Nascimento e Cícera Maria da Silva, do Quilombo Barro Branco, de Belo Jardim.

Para criar o projeto, a pesquisadora, cozinheira e produtora Mônica Jácome se inspirou no movimento Slow Food, que defende a sociobiodiversidade alimentar e de valorização da agricultura familiar, prezando pela comida de verdade, boa, limpa e justa para todos.

Serviço:
Mostra XEPA CULT – ANO II – EDIÇÃO 2
Sábado (27) | 14h ás 18h
Espaço Pequeno Latifúndio (Rua Gomes Pacheco, 426 – Espinheiro)
Gratuito

< voltar para home