Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Mulheres são protagonistas no livro de poesias ‘Jesus Cristo, mon amour’

Com incentivo do Governo de Pernambuco, publicação do escritor pernambucano Raimundo de Moraes será lançada nesta quarta-feira (25), no MAMAM

Reprodução/Capa do livro

Reprodução/Capa do livro

‘Jesus Cristo, mon amour’ contou com incentivo do Governo de Pernambuco, através do por meio do Funcultura

Quatro poemas longos – Confiteor, Relicário de Nossa Senhora, Veronik e A pitonisa do bueiro cósmico – compõem Jesus Cristo, mon amour, novo livro do poeta-escritor pernambucano Raimundo de Moraes. O lançamento da obra está marcado para esta quarta-feira (25), a partir das 18h30, no Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães (MAMAM), com performance da atriz Hilda Torres interpretando um dos textos e a entrada é gratuita.

A publicação contou com incentivo do Governo de Pernambuco, por meio do Funcultura, e apresenta personagens femininas a partir de uma ótica transgressora e moderna.  A presença das mulheres se repetiu em outros processos da produção de Jesus Cristo, mon amour, como no design assinado por Andréa Aguiar, que usou como referência em seu projeto os antigos missais, livros de orações que as mulheres usavam nas igrejas. A edição também traz um posfácio assinado pelas escritoras Júlia Larré, Jussara Salazar e Silvana Guimarães.

No Relicário de Nossa Senhora (poema que será interpretado por Hilda Torres durante o lançamento), a mãe de Jesus surge como uma mulher de carne e osso, atormentada por desejos incestuosos. Em Veronik, Santa Verônica é retratada como uma mulher trans. Já A pitonisa do bueiro cósmico foi inspirada nas famosas profetizas da Grécia mitológica, dos tempos de Homero.

Serviço
Lançamento do livro “Jesus Cristo, mon amour”, de Raimundo de Moraes
Quarta (25) | 18h30
Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães – MAMAM (Rua da Aurora, 265, Boa Vista)
R$ 20 (valor do livro)

 

< voltar para home