Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Oficina de Patchwork Sustentável promove inclusão social para artesãs iniciantes

Projeto do Ateliê Eliane Estylosa incentivado pelo Funcultura inicia sexta-feira (23), com palestra sobre Sustentabilidade e Identidade Cultural no Artesanato

Radharani Lenine/Divulgação

Radharani Lenine/Divulgação

A oficina será itinerante e circulará por vários polos de Camaragibe

Mais de 40 artesãs serão beneficiadas em Camaragibe através da Oficina de Patchwork Sustentável, incentivada pelo Governo do Estado de Pernambuco, por meio dos recursos do Fundo de Pernambucano de Incentivo à Cultura – Funcultura. Realizado pelo Ateliê Eliane Estylosa com o apoio da Prefeitura Municipal de Camaragibe, a introdução teórica do projeto cultural acontecerá a partir das 14h da próxima sexta-feira (23), no auditório da Secretaria de Desenvolvimento Econômico – Sedec, no Bairro Novo do Carmelo, ao lado da Delegacia de Camaragibe. As palestras Sustentabilidade e Identidade Cultural, ministradas pelo consultor do Sebrae Alex Mont’Elberto, contarão com acessibilidade em Libras para alunos com deficiência auditiva.

A jornada de capacitação tem início com a aula inaugural do dia 23, que introduz as artesãs não somente no universo da técnica de emendar retalhos, mas também na iconografia do Sertão de Pernambuco enquanto identidade cultural. De acordo com Eliane Maria, proponente do projeto cultural e artesã camaragibense, “é possível representar um lugar, um povo e sua cultura com o Patchwork. A ideia do projeto é mostrar para as artesãs iniciantes que, através deste tipo de artesanato, podemos expressar elementos de uma determinada cultura”. Eliane acrescenta que a sustentabilidade é o segundo tema da palestra a ser ministrada por Alex Mont’Elberto, de modo a estimular nas artesãs participantes da aula inaugural e das oficinas a prática do artesanato ecológico. “Não usaremos a manta acrílica na base do patchwork mas o refugo de banner descartado. Com essa técnica serão produzidos artigos de moda como bolsas e necessaires”, explica a artesã.

Tanto a aula inaugural com as palestras, como a primeira oficina, agendada para acontecer nos dias 2, 4 e 6 de setembro na Escola Estadual Frei Caneca, no Bairro Novo do Carmelo, visam a inclusão social de pessoas com deficiência auditiva. Para isso, o projeto Oficina de Patchwork Sustentável conta com o intérprete de Libras (língua brasileira de sinais) Felipe Cardoso. “A barreira linguística é difícil para quem a tem, então pessoas com deficiência auditiva precisam de oportunidades como essa para conquistar a sua autonomia através da prática do artesanato”, afirma Eliane, “existem muitas pessoas com deficiência em Camaragibe, mas eu ainda não as vi incluídas no segmento do Artesanato, então convidei o intérprete de Libras para viabilizar a participação desses alunos nas oficinas que acontecerão no início de setembro”.

As demais aulas da Oficina de Patchwork Sustentável estão previstas para acontecer no Instituto de Geração de Renda Mentes que Fazem, no bairro do Timbi (dias 16, 18 e 20 de setembro de 2019, das 8h às 12h); na Biblioteca Pública Penarol de Camaragibe, na Vila da Fábrica (dias 7, 9, 11 de outubro de 2019, das 8h às 12h); e no Ateliê Eliane Estylosa, também no Timbi (dias 14, 15 e 16 de outubro, das 8h às 12h). A ideia é que a prática do Patchwork seja difundida entre mulheres que possam encontrar no artesanato um modo de complementar ou mesmo manter a renda familiar. “A nossa proposta é apoiar mulheres que estão fora do mercado de trabalho, incluindo jovens das comunidades de Camaragibe das classes menos favorecidas”, conta a produtora cultural Eliane Estylosa, que convidou também as artesãs Eunice Maria, Thais Nunes e Maria Crispim Barros como parceiras na empreitada.

Serviço
Aula inaugural com as palestras Identidade Cultural e Sustentabilidade no Artesanato
Palestrante Alex Mont’Elberto*

Sexta-feira, 23 de agosto de 2019, às 14h
Auditório da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Rua Padre Oséas, 800, 2ª Travessa, Bairro Novo do Carmelo – ao lado da Delegacia de Camaragibe)
*Acessibilidade em Libras.
Informações: (81) 3484-2333.

Oficina de Patchwork Sustentável (turma A)*
2, 4 e 6 de setembro de 2019, das 8h às 12h
Escola Estadual Frei Caneca (Av. Dr. Belmino Correia, 1214 – Centro, Camaragibe)
*Acessibilidade em Libras.
Informações: (81) 098857-5165 e (81) 3181-3935.

Oficina de Patchwork Sustentável (turma B)
16, 18 e 20 de setembro de 2019, 8h às 12h
Instituto de Geração de Renda Mentes que Fazem
(Rua Ersina Lapenda, 349, Timbi – próximo ao Fórum de Pequenas Causas)

Oficina de Patchwork Sustentável (turma C)
7, 9, 11 de outubro de 2019, das 8h às 12h
Biblioteca Pública Penarol de Camaragibe (Rua Severino Santos, 351, Vila da Fábrica – Camaragibe)
Informações: (81) 98857-5165 e (81) 3458-5950.

Oficina de Patchwork Sustentável (turma D)
14, 15 e 16 de outubro, das 14h às 18h
Ateliê Eliane Estylosa (Rua Isabel Alves, s/n, Timbi – Camaragibe)
Informações: (81) 98857-5165.

< voltar para home