Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

‘Onde Ele Anda é Outro Céu’ sobe ao palco do Teatro Arraial

O solo de dança integra a programação da 13ª Mostra Brasileira de Dança, evento que conta com incentivo do Funcultura, e será encenado nesta terça-feira (2), às 19h, no Teatro Arraial Ariano Suassuana

Rubens Henrique

Rubens Henrique

O espetáculo é inspirado no conto “O Homem Cadente” do escritor africano Mia Couto e nas pinturas do pintor surrealista belga René Magritte

A 13ª Mostra Brasileira de Dança, evento que conta com incentivo do Governo do Estado de Pernambuco, através do Funcultura, apresenta nesta terça-feira (2), a partir das 19h, o espetáculo Onde Ele Anda é Outro Céu, no Teatro Arraial Ariano Suassuna. A montagem, inspirada  no conto O Homem Cadente, do escritor moçambicano Mia Couto, e nas pinturas do pintor surrealista belga René Magritte, marca a estreia solo do bailarino André Vitor Brandão nos palcos, e reflete a existência humana através do movimento.

Onde Ele Anda é Outro Céu é uma obra coreográfica que transita pela literatura, artes visuais e dança, entendendo que o corpo do intérprete na contemporaneidade transita por diversos territórios. O trabalho levanta a discussão sobre a possibilidade de ver o cotidiano de outras maneiras, de que é possível construir outras lógicas, outros ares e, assim, ver o mundo com olhos de sonho”, contou Brandão sobre a proposta do espetáculo, do qual é intérprete-criador.

A equipe da montagem é composta por André Vitor e pelo pelo diretor artístico Jailson Lima, a diretora de movimento Renata Camargo e a dramaturgia fica por conta de Renata Pimentel. Completam a equipe, o figurinista Orlando Dantas, o iluminador Fernando Pereira, a trilha sonora original é de Eugênio Cruz, Lucylene Lima é responsável pela cenotécnica e Eugênio Júnior no auxílio do rapel. “O solo é uma fabulação contemporânea sobre um homem que decide buscar outros céus, outras realidades para si, um convite à reinvenção do tempo, das leis gravitacionais; um chamado à lúdica e indispensável capacidade humana de travessia, perplexidade, encanto e solidariedade. Deixemo-nos cair, suspensos na teia dessa viagem cadente”, contou o diretor Jailson Lima.

A 13ª Mostra Brasileira de Dança segue em cartaz até o próximo domingo (7), em espaços culturais do Recife, incluindo neste ano o Centro Comunitário da Paz (Compaz), no Alto Santa Terezinha. A curadoria de espetáculos foi realizada a partir de inscrições e de uma seleção feita pela equipe curatorial, formada por Maria Paula Costa Rêgo, Ivana Moura e Ayrton Tenório. O evento conta com incentivo do Governo de Pernambuco, por meio do Funultura e com o apoio da Prefeitura do Recife e Cepe Editora. Acesse aqui a programação completa.

Serviço
Espetáculo Onde Ele Anda É Outro Céu
Quando: 2/8 (terça-feira), às 19h
Onde: Teatro Arraial Ariano Suassuna (R. da Aurora, 457 – Boa Vista, Recife)
Ingressos: R$ 30, R$ 15, R$ 10 e R$ 5

< voltar para home