Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Ópera As Bodas de Fígaro excursiona pelas cidades pernambucanas

Graças ao incentivo do Funcultura, o espetáculo passará por Goiana, Arcoverde e Caruaru

Jan Ribeiro

Considerada a ópera mais célebre composta por Mozart, As Bodas de Fígaro começará, depois da estreia e mini-temporada no Teatro de Santa Isabel, a circular pelas cidades nas cidades do interior pernambucano. Numa versão mais enxuta, a montagem, que conta com incentivo do Funcultura, será encenada nas unidades do Sesc de Goiana, nesta sexta-feira (23), Arcoverde, no dia 29/1, e Caruaru, no dia 1º de fevereiro, com entrada totalmente gratuita.“Este é o primeiro projeto aprovado dentro de uma nova linha de ação criada pelo Funcultura, que é a ópera compactada, cujo objetivo é montar um espetáculo operístico com adaptações, de forma que se torne um produto com formato mais enxuto, acessível ao público em geral, realmente uma ópera de bolso, onde encontramos todos os elementos importantes do enredo, de maneira mais condensada, como um dicionário de bolso, que reúne as principais palavras do dia-a-dia”, disse Jefferson Bento, idealizador e membro da Companhia de Ópera do Recife (Core).

Segundo ele, embora as músicas sejam executadas em sua versão original (italiano), o público poderá compreender bem toda a história, graças à tradução simultânea. “Na nossa montagem optamos na adaptação dos recitativos (partes da ópera meio canto, meio fala, que antecede as árias – parte melódica), para textos de teatro que serão falados em português e encenados pelos cantores, cuja adaptação utilizamos como fonte o texto da peça de homônima de Pierre-Augustin Caron de Beaumarchais (Le Marriage de Figaro) e do principal libretista das óperas de Mozart Lorenzo da Ponte, que adaptou o texto da peça para a ópera. O interessante é que conseguimos fazer uma síntese das duas fontes de texto. As árias serão cantadas no original em italiano, mas serão legendadas em português. Seremos acompanhados com piano ou teclado (dependendo da disponibilidade local). Teremos cenário compacto, figurino e iluminação cênica. ópera compactada, que é uma das exigências do Funcultura”, comentou.

Jan Ribeiro

Sinopse
A obra satiriza hábitos da nobreza no século XVIII e conta uma divertida história de confusão durante os preparativos do casamento dos servos do Conde Almaviva. Um obstáculo à união feliz dos dois é que o Conde passa um longo período tentando seduzir Susanna, levando os noivos a acreditar que o nobre não abrirá mão do abominável “direito do senhor”, que dá ao patrão o privilégio de passar a noite de núpcias com sua empregada, antes do futuro marido. A montagem tem censura livre.

Equipe
A produção executiva é do tenor Jefferson Bento, com coordenação de Mary Ruth Gomes, preparação cênica dos solistas e direção cênica de Luiz Kleber Queiroz e preparação vocal do francês Jasmin Martorelli. Pianista correpetidor e direção musical dos solistas: Ericsson Cavalcanti (em revezamento na correpetição com Jetro Rodrigues). Elenco: Rodrigo Cruz (em revezamento com Marcus Túlio, no papel do Conde de Almaviva), Ana Raquel Monte (em revezamento com Gleyce Melo no papel da Condessa de Almaviva), Flávio Franca (em revezamento com Luiz Kleber Queiroz, no papel de Fígaro), Anita Ramalho (em revezamento com Elizete Félix, como Susanna), Jefferson Bento (no papel de Basílio/Don Curzio), Charles Santos (Bartolo), Moema Cardoso (Marcelina), Ciel Santos e Vera Manzini (ambos como Cherubino).

Programação

Em Goiana – dia 23 de janeiro (sexta), às 20h, no Teatro do Centro Cultural Historiador Antônio Corrêa de Oliveira/Sesc Ler Goiana (Rua do Arame, s/n, Centro. Tel. 3626 5961). Gratuito. Ingressos distribuídos 2h antes na própria bilheteria.

Em Arcoverde – Dia 29 de janeiro (quinta), às 20h, no Teatro Geraldo Barros/Sesc Arcoverde (Rua Capitão Arlindo Pacheco, 364, Centro. Tel. 87 3821 0864). Gratuito. Ingressos distribuídos 2h antes na própria bilheteria.

Em Caruaru - dia 1º de fevereiro (domingo), às 20h, no Teatro Rui Limeira Rosal/Sesc Caruaru (Av. Rui Limeira Rosal, s/n, Petrópolis. Tel. 3721 3967). Gratuito. Encerrando a programação do 21º Janeiro de Grandes Espetáculos na cidade. Ingressos distribuídos 2h antes na própria bilheteria.

< voltar para home