Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Ópera “Carmen” estreia no Teatro de Santa Isabel

Apresentações no Recife contam com incentivo do Governo de Pernambuco

A ópera Carmen, uma das mais encenadas do repertório clássico mundial, chega ao Teatro de Santa Isabel, no Recife. A superprodução, que conta com incentivo do Governo de Pernambuco (Funcultura), é realizada pela Gárgula Produções, Academia de Ópera e Repertório da UFPE; e ganha o palco na próxima quinta (14) às 20h, sexta (15) em dois horários (16h e 20h) e domingo (17) às 19h. Os ingressos custam R$20 inteira, R$10 a meia, e estão à venda na bilheteria do teatro.

A produção recifense conta com as participações do Coro de Solistas da Academia de Ópera e Repertório da UFPE e com o Coro de Câmara do Conservatório Pernambucano de Música. Mais de 60 profissionais estão envolvidas no projeto, entre solistas, cantores dos dois corpos e produtores.

Divulgação

Divulgação

O figurino assinado por Marcondes Lima também é destaque na apresentação 

Nestes três dias, a ópera de Bizet será apresentada em versão condensada, acompanhada de dois grandes pianistas do Estado – Fernando Müller e Jetro Rodrigues – e de um corpo de balé Cuadro Flamengo, da Sala Mourisca, dirigido pela coreógrafa Fernanda Paulino. Na sexta à tarde, o espetáculo será gratuito para alunos da rede de ensino público.

A obra, estreada em 1875 em Paris, conta – em quatro atos – a história de uma bela cigana (as mezzosoprano Jéssica Soares e Monica Muniz.) que, com seu temperamento forte e indomável, conquista o cabo Don José (o tenor Ediel Rodrigues), que por ela se amotina contra seus superiores e deserta, enlouquecendo quando ela volta suas atenções para o toureiro Escamillo (o barítono Rodrigo Cruz). Carmen tem aproximadamente 2h30 de duração e foi inspirada no romance homônimo escrito por Prosper Mérimée.

< voltar para home