Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Peças paulistanas sobem ao palco do Teatro Rui Limeira Rosal

Espetáculos integram a programação do Feteag, que conta com o apoio do Funcultura

A curadoria do 24º Festival de Teatro do Agreste (Feteag) escalou três grupos paulistanos para se apresentarem nesta terça (21), quarta (22) e quinta-feira (23), no palco do Teatro Rui Limeira Rosal (Sesc Caruaru).

Sonhos para Vestir, com direção de Vera Holtz e atuação de Sara Antunes, abre a maratona teatral nesta terça-feira (21), às 20h. Numa mistura de poesia, filosofia e teatro, a delicada montagem reflete, de maneira lúdica, sobre os sonhos e as hipóteses radiantes da vida que cada pessoa guarda em seus desejos mais íntimos. É também uma homenagem à relação de uma filha com seu pai, através de uma mulher que expõe seu universo imaginário em singular interação com a plateia. O texto é da própria atriz Sara Antunes, que pela primeira vez chega a Caruaru. O espetáculo será encenado novamente na quinta-feira (23), às 21h, no mesmo espaço.

Sonho para Vestir é protagonizada pela atriz paulista Sara Antunes

Sonho para Vestir é protagonizada pela atriz paulista Sara Antunes (Foto: Divulgação)

Na quarta-feira (22), às 19h, é a vez da peça Tentativa, do grupo paulistano Teatro do Arquipélago, se apresentar no Teatro Rui Limeira Rosal. No enredo do espetáculo, uma mulher, interpretada pela atriz Tatiana Schunck, cansada de esperar o inalcançável, decide repassar sua vida para ver se encontra alguma razão para não explodir. A partir daí, tem início um fluxo de pensamentos e lembranças, registro de uma experiência humana, complexa e atual. A ideia do texto surgiu de depoimentos de pessoas que sofrem do Transtorno de Boderline, com sintomas comuns a qualquer um: o esforço pessoal em dar sentido à vida. A direção é de Henrique Schafer.

Tatiana Schunck dá vida ao personagem do monólogo (Foto: Nelson Kao/Divulgação)

Tatiana Schunck é a intérprete do  monólogo (Foto: Nelson Kao/Divulgação)

Já, às 21h, desta quarta-feira (22), o espetáculo Espelho, da Cia. Temporária de Investigação Cênica, faz sua estreia nacional. Em cena, duas mulheres, uma judia e uma árabe, encontram-se em situações limites. Neste momento suspenso, à espera de decisões que mudarão profundamente as suas vidas, Raquel e Jamille se reconhecem uma na outra, apesar das diferenças culturais, e compartilham suas histórias com o público. O texto, das próprias intérpretes Joana Dória e Sofia Boito, venceu o Prêmio Proac de Dramaturgia Inédita 2011 (SP) e a montagem é resultado de parceria com o diretor teatral Antonio Januzelli, que já levou a Caruaru a elogiada peça O Porco, por isso a opção pela estreia nacional de sua nova encenação acontecer na capital do agreste. A peça faz nova sessão na quinta-feira (23), às 19h.

( Foto: Sofia Boito/Divulgação)

Apesar das diferenças culturais, Espelho revela dramas femininos (Foto: Sofia Boito/Divulgação)

O acesso para os espetáculos é sempre gratuito, com ingressos distribuídos 1h antes de cada sessão na própria bilheteria do teatro, que fica localizado na Av. Rui Limeira Rosal, s/n, Petrópolis. O 24º Feteag conta com incentivo do Funcultura.

Serviço:
Sonhos para Vestir, nesta terça-feira (21), às 20h, no Teatro Rui Limeira Rosal (Sesc Caruaru);

Tentativa (Teatro do Arquipélago – São Paulo/SP), nesta quarta-feira (22), 19h, e na quinta-feira (23), 21h, ambas no Teatro Rui Limeira Rosal (Sesc Caruaru);

Espelho (Cia. Temporária de Investigação Cênica – São Paulo/SP), em estreia nacional nesta quarta-feira (22), 21h, com nova sessão na quinta-feira, 19h, ambas no Teatro Rui Limeira Rosal (Sesc Caruaru).

< voltar para home