Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Plínio Palhano lança o livro “O Desassossego da Luz” no Museu do Estado

O lançamento da obra, que conta com incentivo do Funcultura, acontece nesta terça-feira (13), às 19h30

Divulgação

Divulgação

O livro apresenta artigos e obras do artista plástico pernambucano

O artista plástico pernambucano Plínio Palhano lança nesta terça-feira (13), às 19h30, seu novo livro Desassossego da Luz, no Museu do Estado de Pernambuco. A publicação, que conta com incentivo do Funcultura, traz artigos publicados em jornais locais ao longo dos últimos anos, que antecedem a grande galeria de obras (sobretudo pinturas, mas também esculturas e cerâmicas vitrificadas), que explodem em texturas e cores (leia-se luz), característica principal da obra de Palhano, como detalha o professor da UFPE Anco Márcio Tenório Vieira, no ensaio/prefácio O Expressionismo e a Tradição Expressional em Plínio Palhano. No dia do lançamento, serão distribuídas gratuitamente 100 edições do livro entre os convidados.

“Obras como as de Plínio Palhano, que, com as suas cores quase monocromáticas, não copiam a realidade, e sim desnaturalizam a natureza para poder produzir novas realidades e, por decorrência, alargar a nossa percepção de um mundo cada vez mais rotinizado e afogado em imagens, inscrevem-se em uma tradição – seja ela de artistas, seja de grupos e movimentos artísticos – que ainda acredita ser possível que a visão possa novamente voltar a ser  ’o mais bem exercitado e exaltado sentido do homem’”, diz Anco na abertura do livro.

Com 224 páginas, o livro foi produzido por Itamar Morgado e tem projeto gráfico a cargo da Zolu Design, e fotografias de Daniela Nader, Fred Jordão e Paulo Fonseca.

“Mais do que o registro do conjunto da obra desse importante artista pernambucano, Plinio Palhano: O Desassossego da Luz é um documento importante para a nova geração de amantes e estudiosos da arte, pela perspectiva de um dos expoentes de sua geração”, afirma Morgado.  De acordo com o produtor, será possível encontrar na publicação “a sequência da sua obra, a sua visão crítica e estética que extrapolam as fronteiras do Estado ao explorar a contribuição dos grandes mestres universais e adentra os meandros do intrincado circuito das artes e das Bienais”.

Após o lançamento, O Desassossego da Luz estará à venda na rede de Livrarias Imperatriz, Livraria Jaqueira e Livraria Saraiva ou através do e-mail casa.agenciamento@gmail.com.

Sobre o autor
Recifense, Plínio Palhano pertence à chamada Geração 70 de artistas plásticos pernambucanos. Considerado pela crítica um figurativista, mas um figurativista que “atrai” e “abstrai” a figura, envolvendo-a em formas “incendiadas”, Palhano, de par com a sua atividade artística, tem sido, nos últimos anos, um assíduo colaborador da imprensa pernambucana, na qual vem publicando artigos sobre temas alusivos não só à própria arte, como também à crítica cultural.

Participou de inúmeras exposições coletivas importantes no Estado de Pernambuco, no País e no exterior, a exemplo do Salão Nacional de Artes Plásticas, onde esteve presente na sua primeira edição, em 1978, e nas seguintes: em 1979, 1980 e 1986; isto é, primeiro, segundo, terceiro e o nono Salão Nacional de Artes Plásticas. Também esteve presente no I Salão Nacional de Artes Visuais da Casa da Bahia – Casa da Bahia, Rio de Janeiro/RJ, em 1980; no Salão Nacional de Montes Claros – Centro de Extensão Cultural, Prefeitura Municipal de Montes Claros/MG, em 1980; na mostra Artistas Plásticos Pernambucanos em Portugal – Escola Superior de Belas – -Artes do Porto, Portugal, em 1981; no Projeto Cumplicidade – Mostra de Artes do Nordeste do Brasil, Porto/Portugal, em 1994, organizado pela Fundação Joaquim Nabuco – Recife/PE; na Coletiva Pernambuco: Arte Além-Mar – Porto/ Portugal, em 2010; na grande mostra panorâmica de cinco séculos de artistas reunidos sobre a paisagem pernambucana – Pernambuco, Primeiro Retrato do Brasil – no Centro Cultural Correios, Rio de Janeiro/RJ, em 2015.

Serviço
Lançamento do livro O Desassossego da Luz - Plínio Palhano (Organização de Itamar Morgado)
Quando: terça-feira (13), às 19h30
Onde: Museu do Estado de Pernambuco (Av. Rui Barbosa – nº 960 – Recife/PE)
Entrada Gratuita

< voltar para home