Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Recita Mata Norte leva poesia e ações literárias a quatro municípios do estado

Com incentivo do Funcultura, projeto tem o objetivo de estimular o hábito da leitura na Mata Norte de Pernambuco

Divulgação

Divulgação

Um dos objetivos do Recita Mata Norte é difundir a produção e estimular o hábito de literatura nas escolas.

O município de Itambé, no interior de Pernambuco, é a próxima parada do Recita Mata Norte, projeto que tem o objetivo de estimular atividades literárias e o hábito da leitura nesta região. A ação conta com apoio do Governo de Pernambuco, por meio Funcultura, e levará nesta segunda-feira (31), à EREM Frei Orlando, recitais, bate-papo, intervenções com cartazes de poesia e encontros com os escritores participantes, todos eles da Mata Norte pernambucana.

De acordo com o poeta goianense Philippe Wollney, coordenador do projeto, a ação tem por objetivo difundir a produção e estimular o hábito de literatura nas escolas. “O Recita Mata Norte é um projeto de circulação de novos escritores e escritoras da região, jovens que participam de coletivos literários ou desenvolvem atividades de educação cultural”.

Divulgação

Divulgação

O poeta André De Pina Santos, de Carpina, é um dos participantes do projeto

O Recita Mata Norte já passou pelos municípios de Goiana, Carpina, Nazaré da Mata, Timbaúba e Condado, e até o final do ano terá sido realizado também em Itambé, Tracunhaém, Paudalho e Aliança. “A ideia é passar por onze municípios e levar uma parcela da diversidade e do imaginário literário para os estudantes das escolas estaduais desses municípios. Haverá também um momento com saraus, encontros e bate-papos fora do ambiente escolar, com colagens e distribuições de panfletos com poesias, e saraus abertos à população”, explica Philippe.

Divulgação

Divulgação

O poeta Philippe Wollney, de Goiana, coordena as atividades do projeto

A proposta do conteúdo é de caráter autoral, onde muitos dos escritores dialogam com os arcabouços culturais e de tensões sociais e existenciais presentes na região. Vários desses autores vêm realizando um trabalho de experimentação, fomentando espaços criativos e de encontros literário, ações de circulação dos novos autores, experiências de publicações de baixo custo, saraus, recitais e intervenções poéticas.

Além de Philippe Wollney, outros onze escritores participam da iniciativa: Ademauro Coutinho (Goiana), André De Pina (Carpina), Cristina Souza (Carpina), Durapsom (Goiana), Endrenson Ribeiro (Nazaré Da Mata), Enoo Miranda (Nazaré Da Mata), Ezter Lemos (Carpina), Geisiara Lima (Timbaúba), Mery Lemos (Carpina), Wander Shirukaia (Itambé) e Wilemberg Gonçalves (Nazaré Da Mata).

Confira o cronograma de atividades do Recita Mata Norte:

OUTUBRO

Itambé
Segunda (31) | 9h30 às 12h
Erem Frei Orlando (Rua Admar Correia Melo, s/n, Centro)

NOVEMBRO

Tracunhaém
Quarta (11) | 9h30 às 12h
Erem Doutor Walfredo Luiz Pessoa de Melo (Av. Severino Lopes de Albuquerque, s/n, Centro)

Paudalho
Sexta (18) | 15h30 às 17h
Erem Confederação do Equador (Av. Confederação do Equador, Nº1.030, Alto Dois Irmãos)

Aliança
Segunda (21) | 15h30 às 17h30 e 19h às 21h
Erem Joaquina Lira (Rua Cleto Campelo, s/n, Centro)

< voltar para home