Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

“Ressonâncias Celestes” promove intercâmbio entre mestres coquistas da RMR e do Sertão

Costa Neto/Secult-Pe/Fundarpe

Costa Neto/Secult-Pe/Fundarpe

Em janeiro, o mestre Zeca do Rolete (Paulista) vai visitar comunidades quilombolas do Sertão do São Francisco

Com incentivo do Governo do Estado de Pernambuco, por meio dos recursos do Funcultura, o projeto “Ressonâncias Celestes” promove, em janeiro de 2022, um verdadeiro intercâmbio cultural entre grandes mestres do coco da Região Metropolitana e do Sertão de São Francisco. A inciativa vai circular por três comunidades sertanejas, Quilombo do Serrote (5 e 6 de janeiro), Comunidade do Coripós (8 e 9 de janeiro) e Ilha do Massangano (11 a 15 de janeiro), e contará com a participação do mestre Zeca do Rolete (Paulista), Batuque do Serrote, Capim Lêlê (grupos de quilombos do Sertão do São Francisco) e Samba de Véio (Ilha de Massangano). O acesso é gratuito.

INTERCÂMBIO - Os quatro grupos mantêm a presença viva da mesma herança afroindígena, traduzida hoje em coco, batuque, capim lêlê e samba de véio. Para o intercâmbio, a proposta do projeto é comer das mesmas comidas, brincar das mesmas brincadeiras. E será isso que Zeca do Rolete e seu grupo, composto por sua família, irá viver ao longo da sua permanência em cada um desses quilombos, onde serão realizadas quatro oficinas – repasse geracional e gênero (mestres e crianças e a participação feminina na continuidade da brincadeira, bem como na própria luta pela defesa do território), cantos, danças e instrumentos – e várias vivências. Zeca estará, por exemplo, participando de eventos como a Celebração do Reisado no Quilombo do Inhanhum ou o Encerramento da Caminhada do Samba em Homenagem aos Santos Reis na Ilha do Massangano. Esses momentos únicos serão registrados em filme, um material valioso, que será posteriormente exibido em cada uma das comunidades.

O projeto segue na senda do “Ressonâncias Rupestres”, que aconteceu com o intercâmbio do grupo Coco Raízes de Arcoverde, sob a inspiração rupestre do Parque do Catimbau, com músicos locais, como o Coco de Toré do Povo Kapinawá, disponível no YouTube (www.youtube.com/watch?v=nJgJFAOX9N0).

“Ressonâncias Celestes” é uma iniciativa produzida pela Buruçu, em parceria com as Associações Nação Coripós e Josefa Isabel dos Santos, com o incentivo do Funcultura. O objetivo é promover atividades abertas e gratuitas para todas as pessoas da comunidade, sendo nelas respeitados os protocolos de segurança relativos à Covid.

< voltar para home