Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Segunda temporada da série ‘Andante’ passeia pela música cubana

Apresentado pelo Maestro Forró, série de TV é produzida com incentivo do Funcultura

Héllyda Cavalcanti.

Héllyda Cavalcanti.

Maetro Forró com o grupo Gigantería durante as gravações da segunda temporada do programa ‘Andante’ em Cuba

Com passagens por cidades como Havana, Santiago de Cuba e Matanzas, a segunda temporada da série de TV Andante será focada na liberdade da música cubana. O programa conta com incentivo do Governo do Estado de Pernambuco, através do Funcultura, e é apresentado pelo Maestro Forró, sob a direção de Alessandro Guedes. Na próxima quinta (11), às 19h, no Workshop Coworking, haverá uma exibição especial do resumo desta temporada, seguido de debate como Maestro Forró e Alessandro Guedes.

Esta nova temporada conta com 13 episódios e 30 grupos musicais participantes, decorrentes dos 40 dias de imersão cultural e social na ilha.  A ideia de partir para a América Latina começou ainda durante as gravações da primeira temporada da série, em 2012, na Turquia, Bulgária e Romênia.

“Naqueles intensos 18 dias de gravação na Europa eu vi que o programa poderia ter desdobramentos. Daí, o Maestro Forró compartilhou a experiência que ele e a Orquestra Popular da Bomba do Hemetério tiveram, em 2010, quando foram a Santiago de Cuba. Daquela conversa veio a ideia de ter a segunda temporada da série, em Cuba”, conta Guedes.

Héllyda Cavalcanti.

Héllyda Cavalcanti.

Foto tirada durante os bastidores da gravação com o Quarteto de Saxofone

Dentre os 30 grupos artísticos que participaram dessa nova temporada, um dos encontros foi com o artista plástico José Fuster, conhecido por ter espalhado seus ladrilhos com a vizinhança, na década de 1990, para alavancar a esperança dos moradores que enfrentavam um péssimo momento econômico.

“Um dos aspectos mais interessantes vistos nesse segundo momento da série Andante foi perceber como a cultura é natural, livre, facilitadora da comunicação e interação entre os cubanos, especialmente na música, o que está bem presente nos 13 episódios”, diz o Maestro Forró.

“Há uma grande diversidade religiosa, inclusive, refletindo-se na diversidade cultural. A presença africana nas origens da ilha é percebida na semelhança da cerimônia da santeria com a umbanda brasileira. Com certeza, essa foi uma das minhas maiores experiências de vida. Aprofundei tudo o que venho fazendo desde a década de 1990”, finaliza o maestro.

As filmagens contaram com uma equipe técnico que fez toda a diferença. O técnico de som, por exemplo, é cubano e deu grandes contribuições in loco. Em Santiago, tiveram suporte de produção da Casa do Caribe. E, em Havana, o produtor local foi Humberto Gimenez, brasileiro que vive há 12 anos em Cuba. A equipe de gravação ainda contou com o fotógrafo Roberto Iuri e a coordenadora de produção Héllyda Cavalcanti.

Serviço
Lançamento da segunda temporada da série ‘Andante’
Quinta (11) | 19h
Workshop Coworking (Rua do Futuro, 564, Aflitos)
Gratuito

< voltar para home