Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Show da rapper Bione marca lançamento da nova edição da Revista Outros Críticos

Com incentivo do Funcultura,o evento acontecerá no próximo dia 20 (sexta-feira), na Casa de Badia (Pátio do Terço), e contará com a presença do Som na Rural, apresentações musicais e debate

Divulgação

Divulgação

A rapper Bione é um dos destaques da edição da Revista Outros Críticos

Bione é a contraimagem de Júlia. Um truque astucioso, um desvio, um codinome criado para participar de uma batalha de MCs que só aceitava homens. Júlia driblou o estereótipo e elaborou a própria narrativa que a acompanha até hoje. Não por acaso, Bione, é destaque da edição #14 da revista Outros Críticos, que traz o tema “Contraimagem” e será lançada na sexta-feira (20/12), às 19h, na Casa de Badia, espaço símbolo da identidade afro localizado no Pátio do Terço, bairro de São José (Recife).

Além do show de Bione, que apresentará a recém-lançada mixtape “Sai da Frente”, haverá uma roda de conversa (que será acessível, com intérprete de Libras) sobre o tema da revista com as participações da pesquisadora Marileide Alves, da jornalista Fabiana Moraes, da poeta e cantora Ágda Moura, e da produtora e jornalista Lenne Ferreira. A ocasião marcará também uma ação de resistência em prol da Casa de Badia. O evento é gratuito. A revista, que conta com incentivo do Governo do Estado de Pernambuco, por meio dos recursos do Funcultura, será disponibilizada no site outroscriticos.com.

A provocação que habita na ideia da “Contraimagem” serve para questionar as representações de territórios, expressões artísticas e culturais a partir de narrativas que desestabilizam as leituras hegemônicas e estereotipadas de espaços e sujeitos. A letra da música “Sai da Frente” da jovem Bione é um exemplo disso: “Eles vão rir do meu sotaque/mas não podem falar mal da letra/e sabem que eu sou destaque/poeta, nordestina e preta”. Nesse verso a rapper se posiciona em evidência, no topo, muito diferente da forma como a narrativa hegemônica costuma representar adolescentes como ela, moradora da quebrada. “Eu não quero que ninguém fale por mim, é importante que venha de mim, isso legitima o meu discurso. Sou poeta, nordestina, preta, sapatão. É o protagonismo da minha própria história”, explica.

Com a mixtape “Sai da Frente” recém-lançada, Bione prepara para o lançamento da revista Outros Críticos um show diferente do que fez no Festival No Ar Coquetel Molotov 2019. “Eu tô bastante ansiosa. A minha expectativa é que role mais poesia marginal, que eu recite mais, pois é de onde eu vim, nasci no Slam das Minas. Pretendo intercalar Bione poeta e Bione rapper. Existe uma diferença, apesar da narrativa vir da mesma pessoa”, revela. A artista tem consciência do que o trabalho pode representar para jovens que compartilham de realidade parecida. “Para ser Bione precisei de muitas pessoas para me inspirar. ‘Sai da Frente’ serve para abrir portas para que pessoas se reconheçam nas minhas histórias e possam contar as próprias, ou até mesmo tomarem para si, sabendo do seu lugar na sociedade”, pontua. Confira abaixo a mixtape:

#CasaDeBadiaVive
Ainda na esteira do tema da revista, o local escolhido para o lançamento da publicação fortalece mais uma história que merece ser evidenciada com dignidade. Assim, nesta edição, a Outros Críticos se une a Aqualtune Produções no movimento #CasaDeBadiaVive, que pretende chamar atenção à memória de um importante território da identidade cultural/religiosa africana. A mãe-de-santo Maria de Lourdes Silva, conhecida como Badia, era neta de africanos e morou por toda a vida no Bairro de São José, no Recife, na casa que ficou conhecida como “Axé das Tias do Pátio do Terço” ou “Casa das Tias” e hoje é chamada de Casa de Badia.

Para Lenne Ferreira, que assina a produção executiva do evento de lançamento, a mobilização pode contribuir para a preservação da Casa de Badia – imóvel que já é tombado pela Fundarpe. “É dever de toda a sociedade unir forças pela preservação da história e identidade dos nossos territórios entendendo que eles compõem parte importante do que somos. A contribuição da comunidade negra para a formação cultural do nosso estado é inconteste e se materializa em espaços como o Pátio do Terço, onde Badia viveu a vida toda e que tem um valor histórico e imaterial para o povo de terreiro. Proteger esse espaço de processos de gentrificação e especulação imobiliária é manter a memória de Badia viva e fortalecer a nossa identidade”.

O evento de lançamento acontecerá na frente da Casa de Badia e contará com a presença do Som na Rural, que será palco do debate e das apresentações de Bione e DJ Boneka (c/ participação de MC Margot), do Coco Zé Benedito e convidados e da Bateria Escola de Samba Bole-Bole. Para marcar o início da programação haverá um momento de microfone aberto para quem quiser chegar junto para falar sobre a importância do movimento #CasaDeBadiaVive e temas correlatos. Mãe Beth de Oxum, do Centro Cultural Coco de Umbigada, também confirmou presença.

REVISTA
A edição #14 da revista Outros Críticos abre espaço para a participação de Géssica Amorim, moradora do município de Flores (sertão pernambucano), que foi selecionada por meio de uma convocatória lançada em agosto pelos Outros Críticos com o objetivo de abrir diálogo com pesquisador@s e autor@s do interior de Pernambuco, bem como ser um espaço de aprendizado para jovens críticos experimentarem novas formas de criação. A publicação também convidou a jornalista Fabiana Moraes, que escreveu um ensaio sobre as representações do nordeste como lugares de um Outro estereotipado, e a pesquisadora Marileide Alves, que escreveu sobre o Quilombo Urbano do Portão do Gelo – Nação Xambá. Carlos Gomes, editor da publicação, e o jornalista GG Albuquerque, também assinam textos.

Esta edição é construída em diálogo com as obras de Binário Armada, artista visual nascido no Ceará e radicado em São Paulo. Fernanda Maia é a designer responsável pela capa e diagramação da revista. A designer também contribuiu com artigo nessa edição. As fotos de Bione fazem parte do ensaio visual de Priscilla Buhr, presente na revista.

Serviço
Lançamento da revista Outros Críticos #14
Quando: 20/12 (sexta-feira), às 19h
Onde: Casa de Badia, Rua Vidal de Negreiros, nº 143. São José (Pátio do Terço)
Entrada Gratuita

< voltar para home