Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Universo da ópera no Recife é retratado em livro

Publicação resultado de pesquisa incentivada pelo Governo de Pernambuco e será lançada no domingo (25)

“Ópera no Recife: Vozes, Bastidores e Espectadores” é o título da primeira obra que registra o cenário desta expressão cultural na capital pernambucana, mais especificamente a  período final do século XIX ao século XX. A publicação, resultado de uma pesquisa incentivada pelo Governo de Pernambuco, por meio do Funcultura, será lançada no próximo domingo (25), na Academia Pernambucana de Letras.

Capa

Capa

Livro é fruto de um projeto incentivado pelo Funcultura

Organizado por Karuna Sindhu de Paula e Sérgio Deslandes, o livro é fruto do primeiro projeto contemplado na – até então inédita – linha de ação de pesquisa relacionada à Ópera. A pesquisa é agora apresentada em formato de livro pelo esforço da produção e equipe do projeto, já que a proposta inicial não contemplava a impressão do produto final.

Acervo CEPE DOC

Acervo CEPE DOC

Registro de divulgação de concerto do Maestro Carlos Gomes

A publicação articula memórias e apresenta uma rica contribuição em pontos pouco explorados, alguns deles inéditos. Oferece ao leitor novos enquadramentos e ênfases de momentos e movimentos operísticos. O livro foi organizado seguindo a estrutura padrão de uma ópera, com seus elementos fundamentais.

Um ciclo de palestras sobre o tema também foi organizado, o que vai propiciar ainda mais trocas e visibilidade aos protagonistas da ópera no Estado.

SERVIÇO 
Lançamento do livro “Ópera no Recife: Vozes, Bastidores e Espectadores”
Domingo, 25 de março | 17h
Local: Academia Pernambucana de Letras - Av. Rui Barbosa, 1596 – Graças, Recife
Valor especial no dia do lançamento: R$ 35,00
Aberto ao público, que também terá a oportunidade de aplaudir concertos musicais na ocasião

CICLO DE PALESTRAS

- Conservatório Pernambucano de Música (dia 13/03 às 15h:30);
- Escola de Artes João Pernambuco (dia 15/03 às 15h);
- SESC – Unidade Santo Amaro / sala de música (dia 22/03 às 10h);
- UFPE / Teatro Joaquim Cardozo (dia 22/03 às 17h).

Sobre os autores:

Karuna Sindhu de Paula
Mestre em História Cultural pela Universidade Federal de Pernambuco. Atua como pesquisadora e produtora cultural.

Felipe Azevedo de Souza
Mestre em História pela UFPE e doutor em História Social pela UNICAMP.

Sérgio Deslandes
Natural de Curitiba/PR. Em 2008 concluiu seu Mestrado em Composição Musical na UFBA e em 2015, o Doutorado em Música – Regência, na mesma instituição. Lançou em 2017 seu CD Eixo, o terceiro de composições próprias. Atuou como professor no Conservatório de MPB de Curitiba, na Faculdade de Artes do Paraná, na Escola de Música e Belas Artes do Paraná, Universidade Federal da Bahia e na Universidade Estadual de Feira de Santana sempre com as cadeiras de violão, harmonia, contraponto, arranjos vocais, regência e principalmente canto coral. Desde 2008 possui um verbete no Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira; em 2010, atuou como maestro interno da Ópera Carmen, encenada no Teatro Guaíra (Curitiba) e em abril de 2013 ganhou o titulo de Comendador da Ordem do Mérito Cultural Carlos Gomes pela Sociedade Brasileira de Artes Cultura, e Ensino de Campinas (SP). Hoje, é professor universitário na UFPE, e atua com instrumentista no Quarteto de Violões Tapioca de Shark.

 

 

 

< voltar para home