Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Fundarpe

Governo do Estado destina 240 livros pernambucanos às bibliotecas do IFPE

A entrega, que acontecerá na quinta-feira (7), é mais uma ação do projeto Outras Palavras, estratégia da Secult e da Fundarpe para integração entre Cultura, Educação e Cidadania

Estudantes, professores e servidores de cada um dos 16 campi do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) terão à sua disposição, a partir da próxima quinta-feira (7/4), 15 novos livros de escritores pernambucanos. Ao todo, serão 240 publicações, entre livros de contos, poesia, romance e narrativa de patrimônios culturais, que chegarão às bibliotecas dos centros educacionais e profissionalizantes. A entrega é mais uma ação do projeto Outras Palavras, uma ação do Governo de Pernambuco, conduzida pela Fundarpe e pela Secretaria Estadual de Cultura, em parceria com o IFPE.

Em sua segunda ação pública, o projeto intensifica sua integração entre os campos da Cultura, Educação e Cidadania, e reafirma o compromisso da gestão estadual em assegurar que as publicações de seu acervo circulem de forma mais abrangente. “Através da distribuição dos livros, queremos estimular não só o hábito da leitura, mas também promover e dar mais visibilidade aos novos escritores pernambucanos”, reforça o Secretário Estadual de Cultura Marcelino Granja.

Pri Buhr

Pri Buhr

No lançamento do projeto (2015), Antonieta Trindade, vice-presidente da Fundarpe e coordenadora do projeto, mediou diálogo entre os escritores Rômulo César Melo e Walther Moreira Santos

As publicações vão integrar o acervo das bibliotecas do IFPE no Recife, Olinda, Abreu e Lima, Ipojuca, Barreiros, Paulista, Igarassu, Pesqueira, Afogados de Ingazeira, Belo Jardim, Caruaru, Garanhuns, Vitória de Santo Antão, Cabo de Santo Agostinho, Jaboatão dos Guararapes e Palmares; e, de acordo com a instituição, alcançarão um total de 23 mil alunos do ensino técnico e cerca de quatro mil do ensino superior.

Dentre os livros que serão entregues, estão as 14 obras lançadas na primeira, segunda e terceira edição do Prêmio Pernambuco de Literatura (veja a lista completa abaixo), e a publicação Patrimônios Vivos de Pernambuco, da professora Maria Alice Amorim, que registra o histórico e o ofício dos mestres da cultura popular de nosso Estado.  Para a presidente da Fundarpe, Márcia Souto, o projeto Outras Palavras, além de valorizar nossos artistas, “contribui para a formação crítica da juventude, a partir de publicações que contam histórias da nossa gente”.

CERIMÔNIA
A solenidade de entrega dos livros contará com a participação dos escritores Bruno Liberal e Delmo Montenegro - ganhadores da primeira do Prêmio Pernambuco de Literatura - que, com a mediação da poetisa Cida Pedrosa, falarão de seus processos de criação literária ao público. O mestre Galo Preto, Patrimônio Vivo de Pernambuco, também marcará presença. Além de apresentar suas canções, o coquista contará um pouco da sua trajetória.

Já o grupo Arte e Movimento, do Núcleo de Arte e Cultura do Campus Recife, fará uma performance cênica, com registro em fotos e vídeos, em cima dos poemas do livro Rinoceronte Dromedário, do autor Helder Erick. Haverá ainda a exibição de um filme produzido por estudantes do projeto Cine Cabeça.

EXPOSIÇÃO DE LIVROS POP UP
A nova edição do projeto Outras Palavras também vai ser marcada pela abertura da exposição de Livros Pop Up. Na mostra – desenvolvida na disciplina de Protótipo e Maquete do 3º período do curso de Design Gráfico, sob a supervisão da Patrícia Arruda, os alunos do IFPE transformaram as histórias da literatura infantil em maquetes e em livros em três dimensões, o famoso “3D”. “A proposta de nossa disciplina permite que estudantes, professores e, porque não, escritores editem seus textos através esta técnica, que utiliza o papel, como suporte para construção de suas páginas ilustradas e recortadas”, conta Arruda.

Além do livro, são trabalhadas também as maquetes para servirem de suporte para a narração de um vídeo que faz referência às mesmas histórias. “É um trabalho interdisciplinar, onde todo conhecimento e vivência do imaginário se coadunam para que a prática do design gráfico se torne mais engajada”, afirmou Patrícia.

SOBRE O PROJETO
O Outras Palavras é uma ação continuada e estratégica da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco e da Secretaria Estadual de Cultura, sob a coordenação de Antonieta Trindade, vice-presidente da Fundarpe. Em 2015, ano de seu lançamento, o projeto atingiu estudantes e professores de 120 Escolas de Referência e Técnicas da Região Metropolitana do Recife, com a entrega de 1.440 livros para as bibliotecas destes centros educacionais. Veja AQUI como foi a edição anterior, que contou com a participação de Lia de Itamaracá, Patrimônio Vivo de Pernambuco.

SERVIÇO

Solenidade de entrega dos livros do projeto Outras Palavras às bibliotecas do IFPE
Quando: 7/4 (quinta-feira), das 14h às 18h
Onde: Auditório do IFPE (Av. Prof. Luís Freire, 500 – Cidade Universitária, Recife – PE)
Acesso livre

Programação:

14h – Abertura
Exposição de Livros Pop Up no hall do auditório, com a fala da professora Patrícia Arruda
14h10 – Exibição de filme produzido por estudantes do projeto cineCabeça, com fala de Andrea Mota
14h20 – Performance cênica/poética com alunos do grupo Arte e Movimento, do Núcleo de Arte e Cultura do IFPE
14h35 – Diálogo com os escritores Bruno Liberal e Delmo Montenegro, sob a mediação da poeta Cida Pedrosa
15h50 – Cerimônia de entrega dos livros aos 16 representantes dos campi do IFPE pelas autoridades presentes
16h20 – Vivência com o Mestre Galo Preto / Encerramento

Livros que integram cada Kit

1) O livro de Corintha, de Fernando Monteiro (romance)
2) Recife, No Hay, de Delmo Montenegro (poesia)
3) Discursos e Anatomias, de Joseilson Ferreira (poesia)
4) O Metal de que somos feitos, de Walther Moreira Santos (contos)
5) Olho morto amarelo, de Bruno Liberal (contos)
6) Dois nós na gravata, de Rômulo César Melo (contos)
7) Rinoceronte Dromedário, de Helder Herik (poesia)
8) Associação Robert Walser para Sósias Anônimos, de Tadeu Sarmento (romance)
9) Ascensão e queda, de Wander Shirukaya (romance)
10) êxodo, de Carlos Gomes (poesia)
11) Caninos amarelados, de Mario Filipe Cavalcanti (contos)
12) Manuscritos em grafite, de Rejane Pachoal (contos)
13) Watsu, de José Juva (poesia)
14) Nós, os bichos, de Luiz Coutinho Dias Filho (contos)
15) Patrimônios Vivos de Pernambuco, de Maria Alice Amorim (Secult-PE e Fundarpe)

< voltar para home