Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Lei Aldir Blanc

Exposição “La Santeria” retrata aspectos da religiosidade de matriz africana

O artista Rennan Peixe está com uma exposição fotográfica no ar, que pode ser visitada gratuitamente no link: www.exposicaolasanteria.com.br. De título “La Santeria”, a mostra fotográfica digital busca retratar aspectos da religiosidade, do cotidiano cubano e do intercâmbio cultural entre o Grupo Bongar e a cultura afrocubana.

Conhecida como o “caminho dos Santos”, a Santeria é uma religião levada para Cuba pelos povos escravizados da África Ocidental que foram raptados para trabalhar nas plantações de açúcar durante o século 17. Assim como no Brasil, suas práticas religiosas adaptaram-se às influências cristãs para manterem-se vivas em suas tradições. Como o candomblé brasileiro, o eixo matriz também vem da raiz Yorubá, localizada onde hoje é a Nigéria e o Benin. A Santeria Cubana sobreviveu através de gerações, graças à sua tradição oral e é fortemente cultuada em cada esquina de Cuba.

A exposição é financiada com os recursos da Lei Aldir Blanc em Pernambuco e apresentar, através da fotografia, a beleza da cultura negra presente em Cuba elucidando as semelhanças com a diáspora afro-brasileira. Conta com fotografias realizadas no ano de 2017, durante a vivência do grupo pernambucano Bongar da Nação Xambá em Cuba que percorreu as cidades de Havana e Santiado del Cuba durante 15 dias, visitando casas de Santeria, participando de rituais e do encontro de culturas no Festival del Fuego.

SOBRE O ARTISTA - Rennan Peixe é artista visual negro cujas produções permeiam construções de narrativas visuais que valorizam a cultura negra em diáspora através da fotografia e do audiovisual. Compreende a imagem como discurso visual que influencia diretamente na construção do imaginário social sobre o corpo negro. Busca, através de suas lentes, contribuir com a luta atirracista.

Realizou a exposição Luz Negra em 2018, pela Fundação de Cultura de Camaragibe. Participou da exposição coletiva Afrografia em 2019, no Museu da Abolição de Pernambuco e da exposição coletiva Olhares Negrxs Sobre a Jurema Sagrada em 2019, no Festival de Inverno de Garanhuns e no Murilo La Greca no mesmo ano. Foi selecionado para participar da exposição virtual The World Want em 2020 realizada pela Organização das Nações Unidas (ONU), em comemoração aos seus 75 anos de fundação.

Serviço
Exposição fotográfica virtual “La Santeria”, de Rennan Peixe
Visitação virtual: www.exposicaolasanteria.com.br

< voltar para home