Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Literatura

“A Gente da Palavra” distribui “bibliocicletas” aos agentes de leitura do projeto

A entrega das bicicletas aconteceu na manha desta quinta-feira (29), na sede da Cepe Editora

Jan Ribeiro/Secult-PE/Fundarpe

Jan Ribeiro/Secult-PE/Fundarpe

Com a entrega das bibliocicletas, os agentes de leitura já vão poder emprestar livros e desenvolver atividades literárias em suas comunidades

O projeto “A Gente da Palavra”, capitaneado pela Secult-PE/Fundarpe, entrou numa nova fase nesta quinta-feira (29), com a entrega das 20 bibliocicletas aos agentes de leitura do projeto. A partir de agora, eles vão poder circular pelas dez comunidades do Recife, Caruaru e Jaboatão dos Guararapes atendidas pela inciativa, desenvolvendo atividades de mediação e estímulo à leitura.

Realizada na sede da Cepe Editora, parceira do Governo do Estado e do Ministério da Cultura na realização da ação, a cerimônia contou com a presença do secretário de Cultura de Pernambuco em Exercício – Severino Pessoa, da presidente da Fundarpe – Márcia Souto, do coordenador de Literatura da Secult-PE/Fundarpe – Wellington de Melo, da deputada federal Luciana Santos, responsável pela emenda parlamentar que fomentou essa nova fase do “A Gente da Palavra”, e do presidente da Cepe – Ricardo Leitão.

“A Cepe e a Secult-PE/Fundarpe são parceiras em diversos projetos. Essa entrega das bibliocicletas, hoje, demonstra que podemos trabalhar  cada vez mais e que nossas ações podem ter um alcance muito maior, se estivermos juntos. O ‘A Gente da Palavra’ é umas das pautas prioritárias da gestão, uma vez que o projeto preza pela formação dos nossos jovens e a penetração da literatura, e consequentemente da arte, entre a população”, destacou Márcia Souto.

Coordenador da iniciativa, Wellington de Melo, frisou “que, nessa nova etapa, os jovens, que já começaram a realizar atividades em suas comunidades, vão ter uma mobilidade ampliada. Ou seja, com as bicicletas, eles poderão percorrer mais espaços, e as próprias bibliocicletas servirão como uma espécie de equipamento cultural volante, já que elas poderão ser usadas para fazer recitais e mediações de leituras em praças. As bicicletas auxiliarão ainda os mediadores a transportar mais livros (os baús instalados na traseira permitem levar até 30 publicações) e ampliarão o acesso à cidadania, através da leitura”.

De acordo com ele, cada bicicleta foi adaptada para funcionar como uma espécie de biblioteca móvel e batizada com o título de uma obra de vinte escritores pernambucanos. Dentre os inesquecíveis nomes da literatura reverenciados pelo projeto, estão Manuel Bandeira, Clarice Lispector, Cancão, Ariano Suassuna, João Cabral de Melo Neto e a poetisa pernambucana Lucila Nogueira, falecida no último dia 25 de dezembro. “Foi um jeito que encontramos de perpetuar a obra desses autores nas comunidades”, disse Wellington. 1.600 livros compõem o acervo do projeto.

Jan Ribeiro/Secult-PE/Fundarpe

Jan Ribeiro/Secult-PE/Fundarpe

A equipe do “A Gente da Palavra”

Recém-chegado ao “A Gente da Palavra”, o estudante de Ciências Sociais da UFPE, Thiago Gusmão (27 anos), conheceu o projeto através de uns colegas de turma e, como é um amante da literatura desde pequeno, decidiu se integrar à inciativa a fim de suprir “a carência de leitura entre seus amigos de bairro” e também para fazer circular “novas ideias entre os moradores de Santo Aleixo”, comunidade que irá atuar em Jaboatão dos Guararapes. “De início, pretendo conhecer melhor as pessoas da localidade onde moro e, depois de compreender melhor seus gostos e preferências literárias, pretendo desenvolver atividades que dialoguem melhor com o universo delas e também ampliem o seu conhecimento de mundo”, contou.

Jan Ribeiro/Secult-PE/Fundarpe

Jan Ribeiro/Secult-PE/Fundarpe

Thiago Gusmão irá atuar no bairro de Santo Aleixo, em Jaboatão dos Guararapes

Interessada na ampliação de atividades culturais na comunidade da UR-3, localizada no Ibura, Mitilene Merabe (28 anos), já formada em Sistemas para Internet, quer promover ações entre as pessoas mais jovens do seu bairro, com intuito de “despertar neles o gosto e o hábito da leitura”. “No começo, fiquei um pouco meio desnorteada, mas, com o processo formativo do projeto, já identifiquei em que áreas vou atuar e as atividades que realizarei. Meu foco é no público mais jovem, porém, nada me impede de criar ações direcionadas às pessoas mais adultas do bairro”, contou.

Jan Ribeiro/Secult-PE/Fundarpe

Jan Ribeiro/Secult-PE/Fundarpe

Mitilene Merabe pretende desenvolver atividades entre o público mais jovem da UR-3

Além do recebimento das bicicletas, os agentes de leitura do projeto puderam conhecer os departamentos de criação e produção gráfica da Cepe Editora, a fim de conhecer mais de perto processo de feitura de um livro.

Ao final da visita, os jovens percorreram as estátuas de poetas localizadas no Bairro do Recife e da Boa Vista, como Manuel Bandeira (Rua da Aurora), Augusto dos Anjos (Praça da República) e Ascenso Ferreira (Cais da Alfândega). Em cada parada, houve um breve recital poético, protagonizado pelos agentes de leitura.

A GENTE DA PALAVRA
O projeto tem como objetivo promover atividades de leitura e circulação de livros em dez comunidades atendidas pelo Programa Governo Presente de ações integradas de Cidadania nas cidades de Recife, Caruaru e Jaboatão dos Guararapes. Jovens residentes nas próprias localidades recebem bolsas mensais e são formados como agentes comunitários de leitura. Os recursos no valor de R$ 250 mil para o desenvolvimento das atividades são oriundos de emenda parlamentar da deputada federal Luciana Santos.

LISTA DAS BIBLIOCICLETAS DO PROJETO / ESCRITORES HOMENAGEADOS
1) Cantares ao meu povo (Solano Trindade)
2) Carnaval (Manuel Bandeira)
3) A hora da estrela (Clarice Lispector)
4) Claridade (Déborah Brennand)
5) Yacala (Alberto da Cunha Melo)
6) Mariposa (Erickson Luna)
7) A consoada (Maria do Carmo Barreto Campello)
8) Viagens Gerais (Celina de Holanda)
9) Corpo Lunar (Maria da Paz Ribeiro Dantas)
10) Margens das lembranças (Hermilo Borba Filho)
11) A dama de Alicante (Lucila Nogueira)
12) Terra de Caruaru (José Condé)
13) Avalovara (Osman Lins)
14) Jutaí Menino (Gilvan Lemos)
15) O Cão Sem Plumas (João Cabral de Melo Neto)
16) Musa Sertaneja (Cancão)
17) Maria Perigosa (Luís Jardim)
18) Auto da compadecida (Ariano Suassuna)
19) Poeminflamado (França)
20) Prosopopeia (Bento Teixeira)

COMUNIDADES ATENDIDAS
- Caruaru: Centenário, São Francisco e Monte Bom Jesus
- Jaboatão dos Guararapes: Cajueiro Seco, Jaboatão Velho e Prazeres
- Recife: Santo Amaro, Campo do 11, Ilha de Santa Terezinha, Vila dos Casados, Lagoa Encantada, UR3

Leia mais:
“A Gente da Palavra” lança convocatória para cadastro de reserva de agentes de leitura
“A Gente da Palavra” espalha poesia pelo Parque 13 de Maio

< voltar para home