Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Literatura

Cepe Editora reúne desenhos de Rodolfo Mesquita em publicação

Lançamento acontece nesta quarta-feira (24) no Museu do Estado, que abrigará ainda uma exposição sobre o artista pernambucano

Rodolfo Mesquita

Rodolfo Mesquita

“A forma custa caro” reúne cerca de 300 imagens produzidas pelo artista

Com informações da Assessoria 

“O desenho de Rodolfo Mesquita é o trabalho que mais me emociona de toda produção gráfica jovem no Brasil”, disse o pintor João Câmara nos anos 70, época em que o artista plástico por ele referido começava não apenas a expor seus trabalhos, mas também a publicá-los em alguns dos jornais e revistas mais inconformistas do País, tanto no campo artístico como no político, a exemplo de O Pasquim, Movimento e Rolling Stones. E também em veículos não pertencentes à esfera alternativa, como a IstoÉ.

Foi ainda nessa década que o artista foi apresentado pelo pintor e marchand Giuseppe Baccaro (durante certo tempo representante de Rodolfo no circuito cultural brasileiro) a Pietro Maria Bardi, fundador, junto com Assis Chateaubriand, do Museu de Arte de São Paulo, do qual foi também diretor por 45 anos. O entusiasmo de Bardi pela obra do pernambucano resultou em uma exposição individual no Masp, em 1976. Neste mesmo ano, participa do Salão Arte Agora, no Rio de Janeiro, conquistando prêmio de viagem à França, onde passa a viver e trabalhar. Um dos jornais que publicaram trabalhos seus foi o Libération.

Divulgação

Divulgação

O artista ganha ainda uma exposição que ficará em cartaz até 25 de junho

Em edição bilíngue (português e inglês), com 340 páginas e quase 300 imagens, o livro de arte Rodolfo Mesquita – A forma custa caro, que a Companhia Editora de Pernambuco (Cepe) lança às 19h desta quarta-feira (24.05), no Museu do Estado, é uma reunião inédita, ampla e profunda do legado do artista, que, ainda aos 10 anos, ganhou um concurso de desenho promovido pela rede pública de ensino de São Paulo, cidade onde durante alguns anos morou com a família.

Com coordenação editorial do coreógrafo e ator João Lima, filho de Rodolfo Mesquita, que vive em Barcelona, o livro tem edição de Olívia Mindêlo, projeto gráfico de Germana Freire, pesquisa e produção de Janaisa Cardoso e fotografias de Fred Jordão. Em termos de fortuna crítica, a obra reúne elogiosos textos de vários artistas e especialistas em artes plásticas, como João Câmara, Montez Magno, Ismael Caldas, Clarissa Diniz (ex-editora da revista Tatuí e gerente de conteúdo do Museu de Arte do Rio – MAR) e Maria do Carmo Nino (professora do Departamento de Artes Plásticas da Universidade Federal de Pernambuco – UFPE). Obra inaugura série de livros da Cepe Editora sobre artistas plásticos pernambucanos.

Além do lançamento do livro, o Museu do Estado realizará, no mesmo dia, a abertura de uma exposição retrospectiva de Rodolfo Mesquita, artista em permanente choque com as injustiças sociais. “Esse cotidiano, as coisas que eu vejo, eu não aceito. Eu não aguento isto. É isso que eu procuro colocar no meu trabalho. Eu canalizo minha revolta para o meu trabalho. O que eu vou fazer, brigar com punhal, dar tiro em todo o mundo? Então eu desenho e pinto. Se eu não fizer isto, eu vou ficar muito mal comigo mesmo”, disse certa vez Rodolfo, que, de acordo com amigos e admiradores, não se tornou um artista famoso por ser muito coerente e “avesso a badalações”.

A exposição, que irá até 25 de junho, será composta de 64 obras, reunindo desenhos e pinturas. Os trabalhos pertencem ao acervo do próprio Museu do Estado, do Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães (Mamam), da Galeria Amparo 60 e a coleções particulares. Durante todo o período em que durar a exposição, será exibido um filme-entrevista com Rodolfo, intitulado, como o livro e a própria exposição, A forma custa caro.

Com duração de 35 minutos, a produção – inédita – é assinada por Pedro Severien, responsável também pelo curta-metragem Rodolfo Mesquita e as monstruosas máscaras de alegria e felicidade, de 2013. O artista faleceu, aos 63 anos, no dia 24 de fevereiro de 2016.

Serviço:

Lançamento do livro, abertura da exposição Rodolfo Mesquita – A forma custa caro e exibição de filme com o mesmo título.

Data: 24 de maio (quarta-feira)
Horário: 19h
Local: Museu do Estado de Pernambuco (Galeria Lula Cardoso Ayres)
Preço do livro: R$ 180,00 (durante o lançamento, com direito a um DVD com o filme A forma custa caro, de Pedro Severien) e R$ 200,00 nas livrarias.

< voltar para home