Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Literatura

Exposição celebra os 70 anos de Raimundo Carrero no Museu do Estado

Autor pernambucano ganha exposição comemorativa no MEPE. A abertura será nesta terça-feira (13), com lançamento de “Condenados à Vida”, editado pela Cepe

Jan Ribeiro/ Secult PE/ Fundarpe

Jan Ribeiro/ Secult PE/ Fundarpe

Raimundo Carrero durante o lançamento do livro “Condenados à Vida” no FIG 2018. A Praça da Palavra, polo literário do festival, homenageou o escritor neste ano

Um dos mais renomados escritores do País, Raimundo Carrero, ganha exposição comemorativa pelos seus 70 anos de vida. A mostra, sediada no Museu do Estado de Pernambuco (MEPE), vai ocupar a galeria Lula Cardoso Ayres e será dividida em quatro espaços: Beleza, Loucura, Paixão e Fé na obra de Carrero. A abertura da exposição acontecerá nesta terça-feira (13), com o lançamento de Condenados à Vida, coletânea editada pela Companhia Editora de Pernambuco – Cepe, que reúne quatro das principais obras do autor: Maçã agreste (1989), Somos pedras que se consomem (1995), O amor não tem bons sentimentos (2008) e Tangolomango (2013), cujo fio condutor é a nefasta família do patriarca Ernesto Cavalcante do Rego.

Além da Cepe, o projeto conta com apoio da Secretaria de Cultura de Pernambuco, a Fundarpe, o MEPE e a Sociedade dos Amigos do MEPE. Com produção-executiva de Andréa Motta e concepção do jornalista e escritor Marcelo Pereira, a exposição Condenados à Vida – 70 Anos de Raimundo Carrero traz fotos, vídeos e objetos pessoais do autor, além de promover oficinas, leituras e debates com acadêmicos e escritores.

“A exposição será uma experiência de leitor, de leitura. Podemos dizer que o visitante não verá uma exposição, vai ler um livro que se move; um livro vivo. conhecer o homem e a sua obra”, diz o escritor Sidney Rocha, curador da exposição. Além dos eventos abertos, haverá uma extensa programação para escolas e universidades, públicas e privadas.

“É um livro em forma de exposição, ou seja, a obra do escritor Raimundo Carrero disposta em pilares que sintetizam os elementos que considero os mais interessantes, ou os mais frequentes no seu trabalho: a paixão e o sofrimento humano, que podem ser vistos como sinônimos, mas que não são exatamente a mesma coisa. A Fé, que está contida na paixão e no sofrimento, é central na vida-obra do autor. O quarto elemento ou o ‘cavaleiro do apocalipse particular’ dessa obra é a Beleza”, resume Sidney Rocha.

A abertura da exposição terá apresentação de Marcelo Pereira e de Ricardo Leitão, presidente da Cepe. Durante todo o mês de novembro e parte de dezembro, sempre aos sábados e domingos, estão agendadas leituras e diálogos com convidados especiais como André Balaio, Cida Pedrosa, Evaldo Costa, José Castelo, José Parísio, Lourival Holanda, Lula Arraes, Luzilá Gonçalves Ferreira, Marcos Creder, Nivaldo Tenório, Roberto Beltrão, Ronaldo Correia de Brito, Samarone Lima e Wellington de Melo, entre outros escritores e acadêmicos que discutem sobre esses temas na obra de Carrero.

O aniversariante vai participar ativamente de todo o projeto. Autografa o livro Condenados à Vida, na abertura (13) e no encerramento (16 de dezembro). Durante a exposição, transfere sua oficina literária para o Mepe.

Para os textos nas paredes foram convidados escritores como Marcelino Freire, Ronaldo Correia de Brito, José Luís Passos e José Castello, que escreve longo ensaio na edição da Cepe. Os textos estarão também no catálogo da exposição. Ainda nas paredes, ensaio fotográfico do artista, feito por Heudes Regis, e projeção de cenas de filmes sobre ou inspirados na obra de Carrero.

Toda a programação é gratuita e aberta ao público. Destaque também para a programação pedagógica na qual os estudantes do ensino médio das escolas das redes públicas estadual e municipal fazem leituras de obras de Raimundo Carrero. Confira aqui a agenda completa de atividades da exposição.

Serviço
Exposição Condenados à Vida – 70 Anos de Raimundo Carrero
Quando: 13/11 (terça-feira), às 19h. Visitação de 14/11 a 16/12. Confira aqui a agenda das atividades.
Onde: Museu do Estado de Pernambuco – Avenida Rui Barbosa, 960, Graças, Recife-PE.

< voltar para home