Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Literatura

Museu do Estado abriga exposição inédita sobre Fernando Pessoa

Mostra leva o visitante a uma viagem pelo universo do poeta

O universo plural sobre a vida e a obra de Fernando Pessoa, um dos maiores poetas do século XX, será aberto ao público em exposição no Museu do Estado de Pernambuco (MEPE). A mostra intitulada: “Fernando Pessoa – uma coleção” marca os 80 anos da morte de Pessoa e comemora os 100 anos da revista Orpheu, dirigida por Pessoa, publicação que marcou o primeiro modernismo em Portugal. A abertura da mostra será realizada no dia 05 de novembro (apenas para convidados), às 19h, e ficará em cartaz para visitação de 06 de novembro a 06 de dezembro.

Divulgação

Essa exposição, inédita, levará os visitantes a conhecer e reconhecer toda a multiplicidade da obra do poeta português, que se revela nos versos assinados por seus 127 heterônimos – personagens com identidade própria – e pelo próprio Pessoa. Com curadoria de Renata Pimentel e projeto expográfico assinado por Otávio Falcão e Rinaldo Carvalho, a exposição apresentará uma linha do tempo que conta a trajetória do poeta, além de originais de manifestos, prefácios, traduções, fotografias, obras raras, além de objetos pessoais do poeta português.

Entre os itens, destaque para a primeira edição de um dos livros favoritos de Pessoa, Os Lusíadas, de Luíz de Camões (Edição E/E 1572), e da segunda edição da obra, chamada edição “dos Piscos” (1584). A obra rara estará na mostra apenas na noite de abertura, sendo substituída nos demais dias da exposição pela segunda edição. O visitante terá a oportunidade de ver outras raridades, como números originais da revista Orpheu; cartas de Pessoa direcionada aos grandes amigos Antônio Botto e Luís de Montalvor; caderno com manuscritos originais de Pessoa, assinatura do heterônimo “Ricardo Reis”, óculos e orignon em ouro, entre outras peças.

Também fará parte da exposição objetos de arte, pinturas de diversos artistas, esculturas inspirados em Pessoa, além da área “Pessoamania”, reservada para exposição de pequenos objetos, souvenires, pequenas esculturas, trabalhos manuais e canetas, todas personalizadas com a figura de Pessoa e sua obra.

Renata Pimentel, curadora da exposição, ressalta aspectos pessoais que, certamente, influenciaram a produção literária de Pessoa. “Homem reservado, mas criador voraz, com uma imensa e densa obra em poesia, em prosa, em dramaturgia, em pensamentos e ensaios inequivocamente filosóficos. Uma obra que se confunde, se amalgama com sua vida”. Todos os itens originais pertencem ao renomado escritor internacional e advogado pernambucano José Paulo Cavalcanti Filho, autor do premiado livro “Fernando Pessoa – uma quase autobiografia”.

Com uma realização do Museu do Estado de Pernambuco, “Fernando Pessoa – uma Coleção” é um apoio da Embaixada de Portugal no Brasil, Consulado de Portugal no Recife, Instituto Camões, Gabinete Português de Leitura de Pernambuco, Academias Brasileira e Pernambucana de Letras, Sociedade Pernambucana Eça de Queiroz, Real Hospital Português, Sociedade dos Amigos do Museu do Estado de Pernambuco, Calouste Gulbenkian Foundation, Casa Fernando Pessoa e Jornal de Letras, Artes e Ideias, sendo as três últimas localizadas em Portugal.

MOSTRA PARALELA – No hall do Espaço Cícero Dias, também no MEPE, haverá a exposição “Fernando Pessoa – Vida e Obra”, que contará com 50 obras, de artistas plásticos e fotógrafos, inspiradas em Fernando Pessoa. José Cláudio, Mane Tatu, Mauricio Arraes, Roberto Ploeg, Pragana, Margot Monteiro, Álvaro Caldas, Rinaldo Carvalho participam da mostra. As peças estarão a venda e parte da renda será revertida para a Sociedade dos Amigos do Museu do Estado – SAMPE.

JOSÉ PAULO CAVALCANTI – Advogado e escritor pernambucano, José Paulo dedicou dez anos de pesquisa para publicar a primeira biografia escrita no Brasil sobre o poeta português Fernando Pessoa. Intitulada: “Fernando Pessoa – Uma Quase Autobiografia”, a obra está em sua 7° edição, no Brasil, e na 3° edição, em Portugal, e já foi traduzida em países como Israel, Romênia, Itália, Espanha e Holanda. Com mais de 50 mil títulos vendidos, “Fernando Pessoa – Uma Quase Autobiografia” recebeu prêmios importantes como o Prêmio Jabuti (2012), um dos mais importantes da literatura brasileira; Prêmio José Ermírio de Moraes, concedido pela Academia Brasileira de Letras (2012) que considerou a obras como “o livro no ano”; também foi vencedor do 1º Prêmio Brasília de Literatura (2012), com o 1° lugar na categoria biografia. Durante os anos de pesquisa, reuniu versos do poeta no livro: “Fernando Pessoa – O Livro das Citações”. José Paulo Cavalcanti Filho ocupa a cadeira 27 da Academia Pernambucana de Letras.

Serviço:
Exposição “Fernando Pessoa – uma coleção”
Museu do Estado de Pernambuco (MEPE)
Endereço: Avenida Rui Barbosa, 960 – Graças, Recife
Abertura: 05 de novembro de 2015, às 19h (para convidados)
Visitação: 06 de novembro a 06 de dezembro de 2015
Horários: terça a sexta das 9h às 17h, sábados e domingos das 14h às 17h
Entrada R$ 6,00 inteira e R$ 3,00 meia entrada
Agendamento de visitas em grupo: (81) 3184.3174

< voltar para home