Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Museu do Estado

Museu do Estado de Pernambuco recebe curso de cerâmica

As aulas começam no dia 5 de abril, mas as inscrições já podem ser feitas presencialmente no equipamento cultural.

Divulgação

Divulgação

A arte educadora e ceramista Micaella Alcântara irá ministrar as aulas.

Objetos criados com argila e usados para decorar a casa ou o ambiente de trabalho é bem mais do que uma técnica de artesanato. Seu processo de desenvolvimento, que passa por várias fases até ser finalizado, é opção de terapia e exercita a imaginação e o autoconhecimento. E é de olho nisso que o Museu do Estado de Pernambuco, no bairro das Graças, recebe o curso básico de cerâmica, que terá início em 5 de abril e seguirá até o mês de junho.

As aulas serão ministradas pela arte educadora e ceramista Micaella Alcântara e tem como foco introduzir nessa arte quem nunca teve contato com a argila. As principais técnicas da fabricação da cerâmica serão apresentadas em 13 encontros, sempre as sextas-feiras, das 14h às 17h. Os interessados em participar já podem se inscrever presencialmente no equipamento cultural. “Vamos trabalhar a parte teórica e a prática, além das fases do processo cerâmico, que vai da modelagem em argila até a cerâmica vitrificada”, explica Micaella.

O primeiro módulo vai abordar o pinch, técnica que modifica a forma do barro e desenvolve as experimentações do tato. Ao longo do mês de abril, serão trabalhados prato e bowl, engobes coloridos – usado na peça crua para colorir, decorar e impermeabilizar; e o esgrafido, que ensina o desenho na cerâmica. Em maio, os participantes vão aprender sobre a construção de carimbos para impressão na obra, mandala, baixo e alto relevo, caneca personalizada e máscara com papel. Já em junho, serão abordados baixo esmalte, preparação e aplicação, corda seca e defeitos e correções.

Embora não seja o objetivo principal do curso, aprender a técnica de manuseio da argila e transformá-la em peças originais de cerâmica pode se tornar uma ótima opção de renda. Empreendedora, Micaella Alcântara também ensina como tornar a arte mais rentável. “Comercializar suas próprias peças é uma opção viável para quem quer se tornar um ceramista. Em Pernambuco, há uma demanda grande por essa arte, não apenas por parte dos turistas, mas principalmente de quem é do Estado”, afirma ela.

Serviço:
Curso básico de cerâmica
Local: Museu do Estado de Pernambuco – Avenida Rui Barbosa, nº 960, Graças
Valor: R$ 350 mensalidade (material incluso)
Informações: (81) 3184.3170 / 98797.0237

< voltar para home