Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

MÚSICA

Netos de Bandim traz música e dança de Guiné Bissau para o Recife

Com apoio da Secult-PE/Fundarpe, o grupo se apresenta no Teatro de Santa Isabel nesta quarta-feira (14), às 20h, e oferece duas oficinas gratuitas nesta quinta-feira (15), no Museu de Artes Afro-Brasil Rolando Toro.

Divulgação

Divulgação

O grupo foi criado em 2000 buscando combater à exclusão social de Guiné Bissau

Conhecido como o mês da Consciência Negra, novembro segue com uma programação especial para celebrar a riqueza cultural africana. Entre as atividades que prometem comemorar essa nossa ancestralidade está o espetáculo “Fidjus di Guiné Cultural”, do grupo Netos de Bandim, que será apresentado nesta quarta-feira (14), às 20h, no Teatro de Santa Isabel, e conta com apoio da Secult-PE/Fundarpe. Os ingressos custarão R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia).

Para além do objetivo de mostrar o legado rítmico de Guiné Bissau, o grupo também se propõe a multiplicá-lo, repassando o seu conhecimento através de oficinas, como as que acontecerão nesta quinta-feira (15), no Museu de Artes Afro-Brasil Rolando Toro. A primeira oficina será às 9h30 e explorará a música de Guiné Bissau, através dos ritmos Kampune, Kabaró, Ksundé, Ekonko e Kafon. A segunda será às 14h30, sobre a dança das etnias Balanta Felupe e Manjaca. Ambas as oficinas serão gratuitas e os interessados devem se inscrever através do email escolabio@hotmail.com.

Divulgação

Criado pela Associação dos Amigos da Criança em 2000, os Netos de Bandim teve como objetivo inicial promover a integração social para pessoas que viviam em situação de risco no bairro de Bandim, como crianças, adolescentes e jovens mulheres, após a Guerra Civil que assolou Guiné Bissau entre os anos de 1998 e 1999. A ideia era trazer alternativas para esses grupos lhes oferecendo um espaço de convívio, partilha e entendimento de práticas éticas e cidadãs através da música, do teatro e da dança.

Atualmente formado por cerca de 120 integrantes, os Netos de Bandim ganhou respaldo não só na terra natal, como também internacionalmente, por ter desenvolvido ao longo dos anos um profundo trabalho de pesquisa e divulgação das músicas e danças tradicionais praticadas em Guiné Bissau. Embora a prioridade do projeto ainda seja a prevenção e combate à exclusão social, o grupo busca integrar essa proposta à necessidade de salvaguarda e valorização do seu patrimônio cultural levando a sua produção para outros países, como acontece agora através da turnê brasileira que passa pelo Recife contando com nove membros do grupo.

SERVIÇO
Netos de Bandin apresentam “Fidjus di Guiné Cultural”
Quando: Nesta quarta-feira (14), às 20h
Onde: Teatro de Santa Isabel (Praça da República)
Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)

OFICINAS
Música de Guiné Bissau
Quando: Nesta quinta-feira (15), às 9h30
Onde: Museu de Artes Afro-Brasil Rolando Toro (Rua Mariz e Barros, 328 – Bairro do Recife)

Dança de Guiné Bissau
Quando: Nesta quinta-feira (15), às 14h30
Onde: Museu de Artes Afro-Brasil Rolando Toro (Rua Mariz e Barros, 328 – Bairro do Recife)

As oficinas são gratuitas
Inscrições: escolabio@hotmail.com.

< voltar para home