Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

MÚSICA

Wassab dá o tom do Ouvindo e Fazendo Música no Museu do Estado

Projeto é realizado pelo Santander Cultural em parceria com o Museu do Estado de Pernambuco

Ricardo Moura/Secult-PE

Ricardo Moura/Secult-PE

Desde julho de 2009 o Wassab faz shows pelo estado, tendo passado por palcos importantes como o Arraial Instrumental, Festival de Inverno de Garanhuns, e Festival no Ar Coquetel Molotov

A banda Wasssab, formada pelos experientes músicos pernambucanos Gilú Amaral (percussão), Hugo Linns (baixo) e Juliano Holanda (guitarra), é a atração do próximo sábado (10) do projeto Ouvindo e Fazendo Música no Museu do Estado de Pernambuco. Conhecidos pela forte utilização de pedais de efeitos, o grupo irá apresentar  suas músicas autorais marcadas por esse diferencial estético a partir das  17h. A entrada custa R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia).

De acordo com Juliano Holanda, o repertório escolhido para este show é um mais leve, com um som mais trabalhado nas harmonias. “Temos um repertório mais pesado, mas neste vamos dar uma maneirada na pressão que levamos ao palco. Pensamos em algo que valorizasse mais esse lado da banda voltado ao som mais trabalhado”, explica o guitarrista.

A apresentação contará com a participação especial da cantora Flaira Ferro, que esteve junto a banda na programação deste ano do Festival RecBeat. “No festival foi um show em parceria com ela, então ela cantava mais. Desta vez ela deve participar em três canções, e vamos tocar sozinhos outras oito ou nove”.

Sobre o que acha de levar o som da Wassab para dentro de um museu, Juliano Holanda encara o desafio com tranquilidade. “Todos nós da banda já passamos por lá com seus projetos solos, e pela primeira vez estaremos todos juntos. Acho que este é um espaço muito importante porque dá uma oxigenada na cabeça dos músicos. Recife está numa fase delicada para a realização de shows, precisando de mais espaços culturais. Outra vantagem é que, como é cedo, há uma grande possibilidade de chegar até outros públicos, apresentar nosso som à galera que está sempre por lá”.

Desde julho de 2009 o Wassab faz shows pelo estado, tendo passado por palcos importantes como o Arraial Instrumental, Porto Musical, Sesc Instrumental, Festival de Inverno de Garanhuns, e Festival no Ar Coquetel Molotov. O primeiro CD do grupo, lançado em 21012, foi gravado no Estúdio Fábrica.

Ricardo Moura/Secult-PE

Ricardo Moura/Secult-PE

A Wasssab é formada por Gilú Amaral (percussão), Hugo Linns (baixo) e Juliano Holanda (guitarra)

Ainda em junho, o projeto Ouvindo e Fazendo Música no Mepe, realizado pelo Santander Cultural em parceria com o Museu do Estado de Pernambuco, terá outras duas atrações: No dia 17, será palco de Helio Flanders, integrante do Vanguart que mostra músicas de seu primeiro trabalho solo. Já no dia 24 é a vez do Coco de Tore Pandeiro no Mestre apresentar sua obra influenciada pela musicalidade dos mestiços do sertão, do agreste e da zona da mata pernambucana.

Serviço
Projeto Ouvindo e Fazendo Música no Mepe
Sábado (10) | 17h
Museu do Estado de Pernambuco (Av. Rui Barbosa, 960 – Graças, Recife)
R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia) | *Pessoas acima de 60 anos e estudantes pagam meia
Mais informações: (81) 3184 3174

< voltar para home