Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Festival pernambuco nação cultural

A memória da cidade presente nos patrimônios de Caruaru

Postais da Memória serão distribuídos para jovens. Foto: Roberta Guimarães/Secult-PE

Postais da Memória serão distribuídos para jovens. Foto: Roberta Guimarães/Secult-PE

Contar a história de um povo, suas tradições e memórias significa muito mais do que apenas recordar um passado distante, inalcançável. É também perceber que a passagem do tempo consolida e torna essa história cada vez mais presente e viva no imaginário popular e no dia a dia das pessoas. Das coisas mais simples, que a pressa do cotidiano não nos permite ver, mas que estão ali e são marcas naturais de uma herança que se perpetuou ao longo do tempo. Nos próximos dias, a cidade de Caruaru terá parte de sua história desvelada. Durante o FPNC, os moradores da cidade irão se reconhecer como parte dessa trajetória, protagonistas da preservação da memória e identidade de sua cidade.

Uma das ações acontece nesta terça (14/5) e quarta (15/5). O projeto “Postais da Memória”, da Diretoria de Preservação Cultural (DPC), irá percorrer a cidade presenteando os caruaruenses com postais que trazem desenhos e fotos dos principais patrimônios materiais e imateriais do município. A Feira de Caruaru, a Estação Ferroviária, a Rádio Difusora, além de uma peça do Mestre Vitalino e os tradicionais bacamarteiros estarão estampados em cerca de mil postais que serão distribuídos à população nos pontos de maior movimento da cidade  e aos alunos da Escola de Referência em Ensino Médio Arnaldo Assunção.

A ação procura divulgar o patrimônio da região e estimular o envio de cartas via correios. Com isso, tanto aqueles que escrevem quanto os que recebem as correspondências acabam conhecendo um pouco mais sobre a história daquela região.

A Feira de Caruaru é um dos patrimônios da cidade estampados nos Postais da Memória. Foto: Setur – PE

A Feira de Caruaru é um dos patrimônios da cidade estampados nos Postais da Memória. Foto: Setur – PE

Descobrindo Caruaru através de brincadeiras

Tendo no público jovem um dos maiores potenciais para a perpetuação da história viva do nosso povo, outra iniciativa busca incentivar o conhecimento e valorização da memória de Caruaru. O projeto “Nas Teias do Patrimônio” promoverá uma oficina que visa a lançar um novo olhar desse público sobre os patrimônios locais. A turma de estudantes da Escola Arnaldo Assunção – cerca de 30 jovens, no total - será divida em duas equipes, num jogo que se passa em dois momentos. O primeiro, na quinta-feira (16/5), acontece na sala de aula e envolve noções de cultura, identidade, memória e história. O segundo momento, na sexta-feira (17/5), com uma visita dos alunos ao Museu do Barro de Caruaru, complementando o diálogo do dia anterior.

No local, também será realizado o “Jogo do Patrimônio”, atividade que simula um tabuleiro gigante, repleto de perguntas e atividades que envolvem conhecimento sobre as heranças culturais pernambucanas.

< voltar para home