Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Festival pernambuco nação cultural

Arcoverde e outras seis cidades na rota do FPNC Sertão do Moxotó

O Sertão do Moxotó é o próximo destino do Festival Pernambuco Nação Cultural 2013. De 16 a 21 de abril, Arcoverde, Sertânia e outras cinco cidades da região vão acolher intensa programação de difusão cultural, entre grandes shows, ações literárias, espetáculos, mostra de cinema, encontros de cultura popular, além de diversas oficinas culturais gratuitas.

Chegando pelo segundo ano consecutivo a Arcoverde, a caravana do FPNC promete ocupar a cidade promovendo, além do palco Nação Cultural na Praça Virgínia Guerra, shows e outras apresentações artísticas em locais mais afastados do Centro, como o bairro de São Miguel e o distrito de Caraíbas. Sucesso na primeira edição do festival, os shows no Polo Coreto ganham o reforço das artes circenses que, de 18 a 20 de abril, também vão tomar a Praça da Bandeira, sempre a partir das 17h.  De acordo com Leo Antunes, coordenador geral do FPNC, “o objetivo é consolidar outros polos de animação do festival e oferecer programação cultural de qualidade para todos os públicos, inclusive o infanto juvenil”, ressalta.

O cantor Otto encerra a programação de shows em Arcoverde, no sábado (20). Foto: Clara Gouvêa

O cantor Otto encerra a programação de shows em Arcoverde, no sábado (20). Foto: Clara Gouvêa

Destaques da cena musical contemporânea nacional, algumas atrações confirmadas para o palco em Arcoverde já mobilizam o público da região. Entre elas, os cantores Otto e Di Melo; as bandas Móveis Coloniais de Acaju (Brasília)MombojóAcademia da Berlinda e Os Sertões (de Clayton Barros, ex-Cordel do Fogo Encantado). O Samba de Coco Trupé de Arcoverde, do Mestre Ciço Gomes; o músico Juliano Holanda; e a banda Nume, novo projeto de Emerson Calado (também ex-Cordel), enriquecem ainda a programação da cidade.

Confira AQUI a programação completa.

Já no Polo Coreto, o festival abre espaço para os diversos gêneros musicais, como o fado do cantor e pianista português Mário Moita e os acordes regionais de Tonino Arcoverde. O público da cidade também vai poder conferir a banda Dona Zefinha, do Ceará, que mistura elementos cênicos e coreográficos num show recheado de poesia e diálogo com a cultura popular brasileira. Outro destaque é o lirismo da bandaCoração de Poeta, de Sertânia. Atrações que prometem consolidar o Polo Coreto como um espaço eclético de animação ao ar livre, para todas as faixas etárias.

Shows em Sertânia

A Praça de Eventos de Sertânia é novamente o local dos grandes shows que vão animar o município nos dias 19 e 20 de abril, sempre a partir das 21h. Na sexta, sobem ao palco algumas atrações tradicionais da região como Nordestinos do Forró e o Samba de Coco Raízes de Arcoverde. No sábado, Pariceiros e Assisão encerram a festa.

Ações literárias em Arcoverde e Sertânia

 Tradicional reduto literário de Arcoverde, a Budega da Poesia, no bairro São Cristóvão, vai abrigar duas grandes ações de literatura do festival: o Encontro de Poesia Oral, na quinta-feira (18); e o Encontro de Escritores e Leitores, marcado para a sexta-feira (19). Também tem programação literária em Sertânia. Além do A Gente da Palavra, projeto que percorre o estado recitando poesia de porta em porta, acontece na quinta-feira o Passeio Ciclístico da Poesia, que sairá da Casa da Cultura e fará algumas paradas para intervenções poéticas na cidade.

Festa da cultura popular

As manifestações populares do Moxotó são ilustres atrações do festival. No sábado (20), o Encontro de Bois vai tomar as ruas do centro de Arcoverde. Já na Praça da Boa Vista, o maracatu Batuque do Sertão e a banda de pífano Santa Luzia animam a festa. Reisado, urso e até pernas de pau estão na programação do polo Caraíbas, que acontece também no sábado, a partir das 16h.

Cinema e encontro de cultura nas comunidades tradicionais

A mostra Cinema na Estrada, que percorre os municípios do estado exibindo filmes pernambucanos, chega nesta edição às comunidades quilombolas e povoados indígenas das cidades de Betânia, Custódia, Ibimirim e Sertânia. Além disso, o Encontro da Cultura dos Povos Tradicionais vai reunir diversos grupos culturais no Povo Indígena Kambiwá, em Ibimirim, a partir das 16h de sexta-feira (19).

Palco Garagem

Para dar visibilidade e fomentar a cena musical alternativa da região, o festival garante palco para as bandas de garagem em Arcoverde. Na quinta-feira (18), as bandas NacauãO Cafofo e Shadow Valley se apresentam na Praça Virgínia Guerra. Quem encerra a noite é uma das finalistas do Festival Pré AMP 2013, a olindense A Cria.

Espetáculos em Arcoverde e Manari

A programação de artes cênicas do FPNC também descentraliza suas ações e chega pelo segundo ano à cidade de Manari. De 18 a 20 de abril, espetáculos de teatro, circo e uma mostra coreográfica de dança ocupam a Associação Oásis e a Praça Nossa Senhora da Conceição, sempre às 16h. Em Arcoverde, além dos espetáculos de circo no Polo Coreto, também tem teatro e dança no Geraldo Barros, o teatro do SESC na cidade.

Intervenções artísticas em Arcoverde

As artes visuais também marcam a passagem do FPNC pelo Sertão do Moxotó. No SESC Arcoverde, o público confere, de 18 a 20/04, a videoinstalação Caleidoscópia, do artista Gabriel Furtado.

Encontro de Cineclubes

No sábado (20), cineclubistas de toda a região se encontram na Associação Urucungo, em Arcoverde, para discutir a importância e os desafios atuais da atividade cineclubista. Assim como apontar estratégias que fortaleçam os diversos grupos organizados no estado. A iniciativa é uma parceria com a Federação Pernambucana de Cineclubes (FEPEC).

Figurinos do Coco

A Moda Comentando o Coco é o nome da ação que acontece na sexta-feira, 19, no Coreto, e que vai reunir integrantes do Coco Raízes e Coco Trupé de Arcoverde. Na ocasião, a produtora de moda e figurinista Jéssica Tavares vai apresentar e comentar os figurinos dos grupos de cultura popular mais tradicionais da cidade.

Identidade visual do festival

Em mais uma edição, a identidade visual do FPNC (a ser divulgada em breve) foi produzida a partir de uma obra selecionada pelo Concurso de Pôster Festival Pernambuco Nação Cultural. Vencedora da etapa Moxotó, a peça “Sambada Universal”, do artista plástico e designer Daaniel Araújo presta homenagem aos mestres coquistas da região.

< voltar para home