Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Festival pernambuco nação cultural

Encontro reúne todas as etnias de Pernambuco

Até sexta (17/8), 12 povos indígenas do Estado se encontram em Pesqueira, no território Xukuru

Povo Indígena Entre Serras Pankararu estará presente no encontro (Foto: Coordenação para Povos Tradicionais)

Povo Indígena Entre Serras Pankararu estará presente no encontro (Foto: Coordenação para Povos Tradicionais)

Na Serra Ororubá, em Pesqueira, começa nesta segunda-feira (13/8) o Encontro Juventude, Arte e Culturas Indígenas, como parte da programação do Festival Pernambuco Nação Cultural do Agreste Central. A cidade, que é o maior reduto indígena do Nordeste, reunirá representantes das outras 11 etnias do Estado até a próxima sexta-feira (17/8).

Xucuru (povo anfitrião), Atikum, Tuxá, Truká, Pankará, Pankararu, Entre Serras Pankararu, Pankaiwká, Kambiwá, Kapinawá, Fulni-ô, Pipipã e Pankaiwká estarão juntos discutindo política, cultura, direitos e territórios indígenas em rodas de diálogo, através de ações de formação e apresentações culturais. Serão 16 oficinas, sendo dez de artesanato, quatro de teatro e duas de cineclubismo, além de seis rodas de diálogo, com foco na cultura e na juventude. Além disso, a questão dos territórios indígenas será debatida, a partir de caciques de quatro etnias.

Diariamente durante a semana, os grupos culturais de diversas aldeias se apresentam. Torés, rituais, teatro… e ainda mostras de artesanato dos diversos povos. Na quinta e na sexta-feira (16 e 17/8), das 16h às 22h, os produtos serão comercializados também no Caminhão do Pape (Programa de Artesanato de Pernambuco), no Centro de Pesqueira, ao lado do palco principal do festival.

A sexta (17/8), último dia do encontro, será de culminância das oficinas e, a partir das 14h, todos os alunos mostrarão um pouco do que aprenderam durante a semana. O final do encontro será marcado pelo Toré de Todos os Povos, que começa às 16h, com todas as aldeias participantes.

Para Maira Egito,  assessora da coordenação para Povos Tradicionais e Populações Rurais da Secretaria de Cultura do Estado, esta é, acima de tudo, uma oportunidade de encontro entre esses povos e o governo, que valoriza  e cria um espaço de debate. “Este evento traz o protagonismo dos indígenas, que deram o tom e a cara das ações”, afirma a assessora.

// Programação de povos tradicionais

Encontro Juventude, Arte e Culturas Indígenas
Local: Aldeia Capim de Planta – Comunidade Indígena Xukuru do Ororubá
De 13 a 17 de agosto de 2012

Segunda-feira, 13/8

9h – chegada com boas-vindas e café da manhã
• Ritual de abertura
• Apresentação do Toré Xukuru
• Vivência de Dança Circular
14h às 16h30 – Roda de diálogos 1 – “Cineclubismo e as culturas indígenas”
14h às 16h30 – Oficinas de artesanato indígena
19h – Mostra de vídeos Indígenas
20h – Apresentação Cultural do Povo Atikum
21h – Apresentação Grupo Pankararú Nação Cultural
21h40 – Show Jean Ramos Pankararú

9h às 17h – Mostra de artesanato indígena – Comunidade Indígena Xukuru do Ororubá

Terça-feira, 14/8

8h30 – Apresentação do Toré Mirim Xukuru
9h às 12h – Oficinas de Teatro e Cineclubismo
12h às 12h30 – Coco Raízes de Ororubá
14h às 16h30 – Vivência de Dança Circular – Roda de diálogos 2 – “Teatro e juventude indígena”
14h às 16h30 – Oficinas de Cineclubismo e Artesanato indígena
19h – Mostra de vídeos indígenas
20h – Apresentação Cultural do Povo Pankaiwká
21h – Mostra de Teatro indígena – Apresentação da Cafurna – Fulni-ô

9h às 17h – Mostra de artesanato Indígena – Comunidade Indígena Xukuru do Ororubá

Quarta-feira, 15/8

8h30 – Apresentação do Ritual do Membí
9h às 12h – Oficinas de Teatro e de Cineclubismo
13h30 – Apresentação Cultural do Povo Tuxá
14h às 16h30 – Vivência de Dança Circular – Roda de diálogos 3 – “O artesanato como prática na educação escolar indígena”
14h às 16h30 – Oficinas de artesanato indígena
14h às 17h – Oficinas de Teatro e Cineclubismo
19h – Mostra de vídeos indígenas
20h – Apresentação Cultural do Povo Truká
21h – Mostra de Teatro indígena Kambiwá

16h às 23h – Feira de artesanato Indígena na Festa de Renascença – Centro de Pesqueira

Quinta-feira, 16/8

8h30 às 9h – Apresentação do Toré Xukuru
9h às 12h – Oficinas de Teatro e Cineclubismo
14h às 16h – Vivência de Dança Circular – Roda de diálogos 4 – “Culturas e Juventude Indígena: Panorama atual”
14h às 16h – Oficinas de artesanato indígena
16h – Apresentação Cultural do Povo Pipipã
17h – Apresentação Cultural do Povo Entre Serras Pankararu
19h às 21h – Roda de Diálogos 5 – A cultura e a relação com o Território. Participação dos/as Caciques: Marcos Xukuru, Neguinho Truká, Dorinha Pankará e Zuka Kambiwá.
21h – Apresentação Cultural do Povo Pankará

16h às 23h – Feira de artesanato Indígena na Festa de Renascença – Centro de Pesqueira

Sexta-feira, 17/8

9h – Apresentação do espetáculo teatral  da Tropa do Balaco-Baco (de Arcoverde)
11h às 12h30 – Roda de diálogos 6 – “Juventude e Culturas Indígenas: Perspectivas”
14h – Mostra dos resultados das oficinas de teatro
16h – Toré de todos os povos

9h às 17h – Mostra de artesanato Indígena – Comunidade Indígena Xukuru do Ororubá

< voltar para home