Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Festival pernambuco nação cultural

Festival Pernambuco Nação Cultural chega ao Sertão do Pajeú

O Festival Pernambuco Nação Cultural segue sua jornada levando diversas expressões artísticas pelo estado. A cidade de Triunfo, no Sertão do Pajeú, recebe mais uma edição do FPNC em um formato especial que fortalece a 56ª Festa dos Estudantes. Realizado pelo Governo do Estado de Pernambuco, através da Secretaria de Cultura e Fundarpe, em parceria com a Empetur, Prefeitura de Triunfo, Associação dos Comerciantes do Município de Triunfo e SESC, o evento segue até o próximo sábado, 03 de agosto.

A programação valoriza a tradição popular, bastante forte e representativa nessa região de Pernambuco. Poetas, músicos, artistas visuais e brincantes participam das atividades gratuitas espalhadas por toda a cidade. São espetáculos de dança, teatro e circo, cortejos de cultura popular, exposições, programação turística e, claro, muita música no Polo Gastronômico e de Animação e no Palco Nação Cultural.

O público ainda terá a oportunidade de participar de ações gratuitas de formação cultural. São oficinas de cinema, bordado, poesia popular, dança afro, além de rodas de diálogo sobre produção cultural, palestra sobre preservação do patrimônio e curso de confecção de livro artesanal. As inscrições podem ser feitas no Cine Theatro Guarany. Algumas dessas atividades acontecem nas cidades de Tabira e nos Quilombos Abelha e Travessão do Caroá, em Carnaíba. Nesses casos, o público pode se inscrever nos próprios locais onde as ações acontecerão.

SHOWS

No Pátio de Eventos Maestro Madureira a programação musical está dividia em dois palcos. Na quinta-feira (31/07), o Palco da 56ª Festa dos Estudantes começa a partir das 21h, com atrações do forró. Já na sexta (01/08) e no sábado (02/08), é a vez do Palco Pernambuco Nação Cultural animar a cidade. Tem samba com Belo Xis, Wellington do Pandeiro e Ramos Silva, música regional contemporânea com Cascabulho e a Orquestra Contemporânea de Olinda, os grandes sucessos de Nando Cordel e ainda o rei do axé baiano Luiz Caldas, encerrando a programação.

Costa Neto/Secult-PE

Costa Neto/Secult-PE

O rei do axé, Luiz Caldas, fecha a programação do Palco Nação Cultural.

O Polo Gastronômico e de Animação, que acontece no Bosque Horácio Timóteo (próximo ao teleférico), também abrigará atrações musicais. A ideia neste espaço é fortalecer a música e a poesia tão tradicionais da região. Vozes do Forró, Ana e os Extras, Ronaldo Aboiador e Forró Mala e Cuia são algumas das atrações. Haverá também recital poético.

ARTES CÊNICAS, LITERATURA E CULTURA POPULAR

O Cine Theatro Guarany, mais uma vez, abre suas portas para o FPNC e recebe espetáculos de circo, dança e teatro para a infância em uma programação que busca promover a interação do público com as artes cênicas. A literatura se faz presente com dois projetos criados pela coordenadoria de literatura da Secult, que têm seguido por todo o estado: Livros Livres e A Gente da Palavra. O primeiro acontece com livros sendo “esquecidos” em lugares públicos, para que as pessoas que os encontrem. A brincadeira consiste em, depois de lê-los, quem pegou possa deixá-los em outro lugar, para que mais pessoas possam ler. Já na segunda atividade, os poetas visitam as casas dos moradores da cidade declamando poemas.

Os tradicionais Caretas de Triunfo não poderiam ficar de fora de um festival que acontece em seu território. Os mascarados participam de um cortejo pelas ruas da cidade, acompanhados por uma orquestra de frevo. Além deles, também tem apresentação de bandas de pífano. A unidade móvel do Programa do Artesanato de Pernambuco (PAPE) também participa do FPNC, reunindo a produção artesanal da região.

Eric Gomes/Secult-PE

Eric Gomes/Secult-PE

Os tradicionais Caretas de Triunfo desfilam pela cidade.

ATRAÇÃO INTERNACIONAL

Já no último fim de semana, diversas atividades, em parceria com a Prefeitura de Triunfo, animaram a cidade. Entre elas, uma apresentação especial do pianista Mario Moita que trouxe para o Sertão do Pajeú o tradicional fado português. Segundo o músico, tocar em Triunfo foi uma experiência muito agradável. “Fiquei muito feliz com essa oportunidade. Esta é uma cidade muito bonita e fui muito bem recebido pelo público que participou bastante do show. É muito mágico tocar fados dentro de uma igreja e essa tem um clima muito especial”, afirmou Mario Moita que se apresentou no último domingo, 27/07, na Igreja Matriz de Nossa Senhora das Dores.

Confira AQUI programação completa.

< voltar para home