Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Festival pernambuco nação cultural

Mestre Jaime homenageado em cortejo popular no FPNC Sertão Central

Além da Bicharada do mestre, desfilaram em Salgueiro bonecos de Pesqueira e caretas de Verdejante

Por Raquel Holanda

Mestre Jaime e seus bonecos abriram o cortejo (Foto: Daniela Nader)

Mestre Jaime e seus bonecos abriram o cortejo (Foto: Daniela Nader)

Personagem da cultura de Salgueiro, Mestre Jaime foi o anfitrião do cortejo popular organizado pelo Festival Pernambuco Nação Cultural, na noite deste sábado (26/5), na cidade . O evento reuniu representantes dos municípios de Parnamirim, Pesqueira e Verdejante, que se concentraram na Avenida Agamenon Magalhães, em frente à casa do carnavalesco salgueirense.

Enquanto aguardavam o início do cortejo, na concentração, os batuques da banda de instrumentos recicláveis Timbalata animavam as demais entidades presentes e chamava a atenção das pessoas que passavam pela via. Regidos pelo Maestro Júnior, jovens da cidade de Parnamirim tocaram frevos e músicas populares.

“Assistimos ao cortejo de camarote”, comentou Eliana Baborsa, moradora de Salgueiro que acompanhou o desfile das bandas do terraço de sua casa. “Nós adoramos festas de rua, principalmente o Carnaval, e aqui em Salgueiro não tem Carnaval se não tem Mestre Jaime”, disse Paulo Roberto, ao ver a Bicharada do Mestre Jaime abrindo o cortejo.

Com quase 90 anos, Mestre Jaime mostrou que não perdeu o ritmo nem o amor pela sua Bicharada. “É uma honra ser o homenageado desse cortejo, fico muito contente e agradecido por ser tido como a referência da brincadeira de rua de Salgueiro”, falou o personagem, que comandou o desfile de 22 dos seus mais de cem bonecos. Eles dançavam no ritmo do frevo da Orquestra Caliente, do Maestro Paixão.

Outros bonecos gigantes também desfilaram durante o cortejo. Vindos da cidade de Pesqueira, os Bonecos Gigantes do Ziriguidum, representados como Rei e Rainha Afro, Professora Diamantina, Professora Estelitam Zé Pereira, Pedro Lopes, Lampião, Maria Bonita, Bumba-meu-boi, Cavalo Marinho, a Ema e o Caipora, enfeitaram a avenida principal de Salgueiro durante o cortejo. “Viemos para cá para, junto com Mestre Jaime, mostrar dois estilos de bonecos gigantes, já que nós trabalhamos com a arte figurativa e nos inspiramos em lendas e no folclore de Pernambuco”, contou Evaldo Andrade, presidente da Ziriguidum, que desenvolve na cidade de Pesqueira um trabalho com teatro, dança e circo.

Encerrando o cortejo, os caretas de Verdejante chegaram para trazer humor à brincadeira de rua. “Gostamos de brincar com as pessoas e sempre procuramos fazer com que quem assiste também se divirta”, disse George Silva, coordenador do Caretas Treme Treme, que veio do município sertanejo para mostrar a cultura popular de sua cidade, Verdejante.

Caretas de Verdejante (Foto: Daniela Nader)

Caretas de Verdejante (Foto: Daniela Nader)

Bonecos de Pesqueira (Foto: Daniela Nader)

Bonecos de Pesqueira (Foto: Daniela Nader)

< voltar para home