Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Festival pernambuco nação cultural

Oficinas inauguram ações de formação no Sertão do Moxotó

Adiel Luna coordena as ações de formação no Moxotó (Foto: Clara Gouvêa/Secult-PE)

Adiel Luna coordena as ações de formação no Moxotó (Foto: Clara Gouvêa/Secult-PE)

De 9 a 15 de abril, a região do Sertão do Moxotó respira cultura com o início das atividades do segundo Festival Pernambuco Nação Cultural (FPNC) de 2012, realizado pelo Governo do Estado através da Secretaria de Cultura e da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe). Além dos tradicionais shows que marcam cada uma das edições do FPNC, as ações de formação garantem a qualificação e a valorização da cultura pernambucana. Para esta edição, serão 40 ações distribuídas nas sete cidades que recebem o festival.

São oficinas, workshops, palestras e rodas de encontros pensados em conjunto com cada uma das cidades que participam do FPNC. “Nós construímos a programação de formação baseados na demanda das linguagens, cruzadas com as escutas feitas durante os fóruns de cultura realizados no ano passado”, comenta Adiel Luna, coordenador de formação dos festivais, acrescentando que, desta forma, as atividades de formação oferecidas estão em consonância com as necessidades das cidades e dos agentes culturais.

A programação de formação do FPNC do Sertão do Moxotó oferece a partir de hoje (9/4) 13 oficinas, três workshops, quatro palestras e uma roda de mestre em Arcoverde; duas oficinas e uma roda de diálogo em Betânia; três oficinas em Custódia, três oficinas em Ibimirim; três oficinas em Inajá; três oficinas em Manari e quatro oficinas em Sertânia. A programação completa das ações de formação pode ser acessadaaqui. As inscrições foram realizadas na semana passada, mas ainda é possível conseguir fazer inscrição em algumas delas. Os interessados devem procurar os seguintes pontos de inscrição: em Arcoverde, no Sesc; em Sertânia e Custódia, na Secretaria de Cultura; em Manari, nas escolas públicas e Associação Oásis; e em Inajá e Ibimirim, na Secretaria de Educação. Nesta segunda-feira (9/4), aproximadamente 80% das ações de formação estão começando suas atividades.

Dentro da programação, dá-se destaque para o Encontro de Poesia Oral do Moxotó, que acontece na quinta-feira (12) à tarde ,na cidade de Arcoverde. Os facilitadores do encontro serão Wellington Melo, coordenador de Literatura da Secult, e Adiel Luna, que afirma que a intenção da Secult é tratar a tradição da cultura oral como uma manifestação literária. A ideia é continuar estas ações de valorização da cultura oral nas próximas 12 edições previstas do FPNC ainda para este ano.

Como a região do Moxotó, em especial a cidade de Arcoverde, é reconhecida pela manifestação do coco, a diretoria de formação também organizou uma oficina com esta temática. “A oficina Samba de Coco – Percussão e Trupé, ministrada por Iran Calixto, será um momento para troca de experiências e resgate desta brincadeira pernambucana que estava sendo esquecida”, esclarece Adiel Luna sobre a oficina que acontece na cidade de Inajá de 9 a 13 de abril.

Outra tradição da região que ganha um suporte na área de formação é o reisado. A oficina “Adereço e reisado”, realizada em Manari por Jéssica Tavares, de 9 a 13 de abril, irá orientar os praticantes de reisado da região na confecção de seus adereços e vestimentas para ornamentar a brincadeira. Os grupos de reisado da região do Moxotó poderão estrear suas novas vestimentas e adereços no Encontro de Reisados que acontece na Praça Pública do distrito de Caraíbas, próximo a Arcoverde, na sexta (13/4), às 18h.

Já na cidade de Sertânia, o destaque fica com a oficina “Diálogos – experimento antropofágico”, ministrada por Glauber Amaral, que é filho da cidade e atualmente desenvolve trabalhos com o Teatro Oficina, de José Celso Martinez, em São Paulo.

A próxima parada da caravana do Festival Pernambuco Nação Cultural será em Caruaru e outras cidades do Agreste Setentrional, que pela primeira vez recebem o FPNC.

 

< voltar para home