Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Festival pernambuco nação cultural

Teatro de Rua provoca curiosidade e interação

Intervenção “Estar aqui ou ali” integrou na sexta (27/7) a programação de artes cênicas. Neste sábado (28/7), é a vez de “Roliúde”

Por Giselly Andrade

Muitas pessoas se encontravam em Triunfo, por volta das 20h, próximo ao Coreto da cidade, quando, de repente, apareceram dois homens: o primeiro caminhava rápido, carregando uma mochila, de tênis e roupa colorida. O outro o acompanhava segurando um guarda-chuva. Sem entender o que acontecia, o público começou a se aproximar curioso. Aos poucos, a intervenção “Estar aqui ou ali”, que integrou ontem (27/7) a programação de artes cênicas do Festival Pernambuco Nação Cultural do Sertão do Pajeú, em Triunfo, foi interagindo com o público e buscando aguçar a curiosidade do povo para provocar a reflexão sobre temas como a utilização dos espaços público e privado.

Intervenção "Estar aqui ou ali", de Kleber Lourenço, foi feita em Triunfo (Foto: Eric Gomes)

Intervenção “Estar aqui ou ali”, de Kleber Lourenço, foi feita em Triunfo (Foto: Eric Gomes)

A intervenção veio a Triunfo pela primeira vez e, segundo o ator Kleber Lourenço, que levou três anos para pesquisá-la e montá-la, foi uma experiência muito particular apresentá-la no festival. “Ter a plateia como coautora de um espetáculo é sempre estimulante, principalmente quando você se apresenta num espaço público. Foi muito gratificante a participação das pessoas aqui em Triunfo, meu trabalho fluiu com facilidade”, afirmou o artista.

A programação de Teatro de Rua termina neste sábado (28/7), com o monólogo “Roliúde”, às 20h, próximo ao Coreto de Triunfo.

 

< voltar para home