Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

PATRIMÔNIO CULTURAL

Banda Musical Curica entre as agraciadas da Ordem do Mérito Cultural 2015

Patrimônio Vivo de Pernambuco estará recebendo a outorga às 20h desta segunda-feira (9), em Brasília, durante solenidade do Ministério da Cultura.

Após ter celebrado no dia 8 de setembro, os seus 167 anos de atividades ininterruptas, sendo considerada a filarmônica mais antiga em atuação no Estado de Pernambuco, a Banda Musical Curica estará festejando na noite desta segunda-feira (9), em Brasília, a Ordem do Mérito Cultural 2015. A outorga, que nesta edição também contempla a coquista pernambucana Beth de Oxum, é concedida pelo Ministério da Cultura, em comemoração alusiva ao Dia Nacional da Cultura, celebrado em 5 de novembro, tratando-se de uma importante homenagem as diferentes representações da diversidade cultural brasileira.

    A Banda Musical Curica está formada atualmente por 60 componentes.

A Banda Musical Curica está formada atualmente por 60 componentes.

Patrimônio Vivo de Pernambuco desde o ano de 2006, a Sociedade Musical Curica possui atualmente em seu quadro de integrantes, 60 componentes na banda e 70 alunos, que fazem parte das atividades educativas mantidas através de um ponto de cultura do grupo musical.

“Estamos todos muito felizes pelo reconhecimento do Governo Federal, especialmente por ver que o nosso trabalho está sendo reconhecido a nível nacional. É um título que só vem a engradecer a trajetória da Curica, possibilitando que as ações sejam intensificadas na Zona da Mata Norte de Pernambuco, agregando ainda mais o valor desta rica história para a região”, explicou Edson Júnior da Silva, presidente da banda musical há 6 anos. “Ficamos sabendo da notícia em outubro. Eu, que estarei representando os integrantes da banda e também os alunos nesta noite especial, sinto-me na responsabilidade de continuiar este trabalho ainda por muitos anos”, completou Edson.

O título da Ordem de Mérito Cultural é conferido pelo MinC, tendo em vista a seleção entre nomes previamente indicados. Os indicados são avaliados por uma comissão técnica, constituída por gestores das secretarias do Ministério da Cultura, que emite parecer conclusivo antes de encaminhá-los à consideração do Conselho da Ordem do Mérito Cultural. Integram o Conselho da OMC, a ministra de Estado da Cultura, que o preside na qualidade de chanceler, e os ministros de Estado das Relações Exteriores, da Educação e da Ciência e Tecnologia.

Trajetória – A Sociedade Musical Curica foi fundada em 1848, por José Conrado de Souza Nunes, em Goiana, na Mata Norte. O início da trajetória se deu por um grupo de 12 a 15 músicos, que se reunia no consistório da Igreja de Nossa Senhora do Amparo dos Homens Pardos, segundo o historiador Álvaro Alvim da Anunciação Guerra.

A orquestra foi originada sacra inicialmente, apresentando-se pela primeira vez numa tocata, no Amparo, durante as comemorações da natividade de Nossa Senhora. Com o passar dos anos, o repertório do grupo passou a agregar diversos gêneros da música brasileira e, além das apresentações, tem se dedicado à formação de novos músicos. No ano de 2006, a Sociedade Musical Curica recebeu o título de Patrimônio Vivo de Pernambuco.

Confira aqui mais detalhes da história da banda.

< voltar para home