Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

PATRIMÔNIO CULTURAL

Filmes, espetáculos e exposições compõem programação dos equipamentos do Estado

Teatro Arraial A. Suassuna, Cinema São Luiz, Torre Malakoff e Museu do Barro seguem com atrações de cultura e lazer

Renata Pires/Divulgação

Renata Pires/Divulgação

Espetáculo ‘Viúva, Porém Honesta’ é uma das montagens selecionadas através da convocatória do Teatro Arraial Ariano Suassuna

O próximo sábado (25) será no clima de despedida em alguns equipamentos culturais do Estado. No Teatro Arraial Ariano Suassuna, por exemplo, o espetáculo ‘Viúva, porém Honesta’, do Grupo Magiluth, encerra sua curta temporada. No Cinema São Luiz o filme ‘Tatuagem’, do diretor Hilton Lacerda, se despede das telonas com sessão especial. O público pode ainda aproveitar a programação em outros espaços como a Torre Malakoff, o Museu do Barro de Caruaru e o Museu do Estado de Pernambuco. Confira a programação:

‘Viúva, porém Honesta’ em últimas sessões

O Teatro Arraial Ariano Suassuna, na Rua da Aurora, se despede nesta sexta (24) e sábado (25) do espetáculo ‘Viúva, porém Honesta’, do Grupo Magiluth. Segundo Pedro Vilela, diretor do Magiluth, o grupo conta com “uma relação bastante afetiva com o Teatro Arraial A. Suassuna, tanto pela sua capacidade intimista como pela forma como ele é gerido”, explica.

“Neste sentido, um ponto de extrema importância e que merece destaque é o fomento que o espaço oferece aos grupos que ali se apresentam. Uma ação louvável, pois temos um exemplo do Estado assumindo de fato a sua responsabilidade ao promover e valorizar a cultura local”, destaca o diretor. Além de ‘Viúva, porém Honesta’, o espetáculo ‘AbraCasabra’ segue em cartaz no equipamento cultural.

Teatro Arraial Ariano Suassuna
Rua da Aurora, 457, Boa Vista – Recife –PE
Mais informações: (81) 3184.3057

Viúva, Porém Honesta
Direção: Pedro Vilela
Realização: Grupo Magiluth
Duração: 1h20
Classificação: 18 anos
Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia entrada)
Até 25 de abril, sempre às sextas e sábados | 20h

AbraCASAbra
Direção: Christianne Galdino
Classificação: Livre
Duração: 40 minutos
Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$10 (meia)
Até 17 de maio, sempre aos domingos | 16h

Flávio Gusmão/Divulgação

‘Tatuagem’ se despede do Cinema São Luiz com sessão especial

O Cinema São Luiz, na Rua da Aurora, exibirá pela última vez o filme Tatuagem, dirigido pelo diretor pernambucano Hilton Lacerda. A sessão será realizada neste próximo sábado (25), às 19h30, seguida de uma festa promovida pela produção do filme que acontecerá no Edf. Texas, na Boa Vista. A entrada no São Luiz custa R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia).

No cinema pernambucano, ‘Tatuagem’ passou um ano em cartaz e conseguiu reunir mais de 13 mil espectadores. Além da sessão especial com o filme pernambucano, outros quatro longas seguem em cartaz no São Luiz: ‘Kingsman’ (2014), do diretor Matthew Vaughn, ‘Os Pinguins de Madagascar’, dos diretores Simon J. Smith e Eric Arnell, ‘O Grande Hotel Budapeste’, de Wes Anderson, e ‘Relatos Selvagens’, de Damián Szifron.

Cinema São Luiz
R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia entrada)
Mais informações: (81) 3184-3157

Sessão especial de “Tatuagem”
(BRA, 2013, 110min.)
Gênero: Drama
Diretor: Hilton Lacerda
Classificação etária: 16 anos
Sábado (25) | 19h30

“Os Pinguins de Madagascar”
(The Penguins of Madagascar, EUA, 2014, 92min.)
Gênero: Animação
Diretor: Simon J. Smith, Eric Darnell
Classificação etária: Livre
Sábado (25) | 15h; Domingo (26) | 10h e 15h

“Kingsman”
(EUA, 2014, 129min)
Gênero: Ação e comédia
Diretor: Matthew Vaughn
Classificação etária: 16 anos
Quinta (23), sexta (24), terça (28), quarta (29) | 15h
Sábado (25) e domingo (26) | 17h

“O Grande Hotel Budapeste”
(Grand Budapest Hotel, 2014, EUA, 100 min.)
Gênero: Comédia/Drama/Policial
Diretor: Wes Anderson
Classificação etária: 14 anos
Quinta (23), sexta (24), terça (28), quarta (29) | 17h30

“Relatos Selvagens”
(Relatos salvajes, Argentina e Espanha, 2014, 122min.)
Gênero: Drama/Suspense/Comédia
Diretor: Damián Szifron
Classificação etária: 14 anos
Quinta (23), sexta (24), domingo (26), terça (28) e quarta (29) | 19h30

Divulgação

Música e história no Museu do Estado

Jefferson Gonçalves, um dos mais versáteis gaitistas do país, é a atração deste próximo sábado (25) do projeto Ouvindo e Fazendo Música no MEPE, que acontece, semanalmente, no Museu do Estado de Pernambuco (Graças). O carioca Jefferson Gonçalves apresenta às 17h um mix entre a música negra norte americana e o regionalismo dos ritmos nordestinos. Os ingressos custam R$ 5 (inteira) e R$ 2,50 (meia-entrada).

Além do show musical, o público que for ao MEPE pode conhecer o acervo do museu, com mais de 14 mil itens, agregando importantes coleções que se distribuem nas seguintes categorias: Arqueologia, Cultura Indígena, Presença Holandesa em Pernambuco, Arte Sacra, Cultura Afro-brasileira, Ex-votos, Iconografia, Mobiliário, Porcelana, Cristais e Pintura com telas de artistas como Cícero Dias, Telles Júnior, Francisco Brennand e Burle Max.

Museu do Estado de Pernambuco (MEPE)
Av. Rui Barbosa, 960, Graças, Recife – PE
Ouvindo e Fazendo Música no MEPE, com Jefferson Gonçalves
Sábado (25) | 17h
Visitação: Terça a sexta | 9h às 17h; Sábado e domingo | 14h às 17h
R$ 5 (inteira), R$ 2,50 (meia)
(81) 3184 3170

Priscilla Buhr

Exposição na Torre Malakoff

A Torre Malakoff, no Bairro do Recife, continua até o dia 4 de maio com a exposição do artista plástico pernambucano André Soares, intitulada Trajetória Sustentável. A mostra, que ocupa seis ambientes do equipamento cultural, apresenta trabalhos do artista feitos com materiais recicláveis e sucata. A entrada é aberta ao público.

Torre Malakoff
Praça do Arsenal, s/n, Bairro do Recife – Recife – PE
Trajetória Sustentável do artista André Soares Monteiro
Visitação: Terça a sexta | 10h às 18h; Sábados e domingos | 15h às 18h;
Gratuito
(81) 3184 3185

Divulgação

MUBAC segue com exposição ‘Mãos e Fé na Arte do Barro’

O Museu do Barro de Caruru (MUBAC), equipamento cultural localizada no Agreste de Pernambuco, segue com a exposição ‘Mãos e Fé na Arte do Barro’. A mostra foi produzida por mais de 30 artesãos do Alto do Moura, em Caruaru, e ficará aberta ao público até o dia 4 de maio.

O MUBAC é um dos museus mais visitados de Pernambuco e está instalado num prédio moderno, localizado ao lado do Pátio de Eventos Luiz Gonzaga, onde todos os anos concentram-se as comemorações do São João do município. O acervo do museu é composto por cerca de 2.300 peças, entre cerâmica utilitária, decorativa, figurativa e ex-votos. Além disso, MUBAC conta no seu acervo com trabalhos de patrimônios vivos de Pernambuco, como Zé Caboclo, Ernestina, Zé Rodrigues, Ana das Carrancas e Manuel Eudócio.

Serviço
Exposição Mãos e Fé na Arte do Barro
Museu do Barro de Caruaru (Pátio de Eventos Luiz Gonzaga, Caruaru-PE)
Aberto ao público até o dia 4 de maio
Terça a sábado, das 8h às 17h | Domingo, das 9h às 13h
R$ 2 (inteira) e R$ 1 (meia)

Costa Neto

Memória ferroviária em torno da Estação Central Capiba

A Estação Central Capiba foi inaugurada no final de 2014 e é o mais novo equipamento cultural do Governo do Estado. O local abriga o requalificado Museu do Trem, que é considerado o primeiro do Brasil e o segundo do gênero da América Latina. Tendo Gilberto Freyre como patrono, o Museu do Trem foi inaugurado em 25 de outubro 1972 e desativado em outubro de 1983. Atualmente, conta com a exposição Chegada e Partida – A Memória do Trem em Pernambuco.

Estação Central Capiba/ Museu do Trem
Rua Floriano Peixoto, s/n, São José (Centro do Recife)
Visitação: Terça a sexta | 9h às 17h; Sábados e domingos | 10h às 17h
Gratuito
Mais informações e agendamento: (81) 3184 3097

Val Lima

Arte contemporânea no MAC

Quem for ao Sítio Histórico de Olinda neste final de semana pode aproveitar e ir conhecer o Museu de Arte Contemporânea de Pernambuco (MAC). Localizado no sítio histórico de Olinda, o MAC foi inaugurado no dia 23 de dezembro de 1966, com a doação de parte da Coleção do Embaixador Assis Chateaubriand ao Estado. Hoje o museu conta com um acervo de mais de quatro mil obras das mais variadas técnicas, épocas e estilos, indo desde o academicismo francês até a contemporaneidade.

Museu de Arte Contemporânea (MAC)
Rua 13 de maio, 149, Varadouro – Olinda – PE
Visitação: Terça a sexta | 9h às 17h; Sábado e domingo | 14h às 17h
Gratuito
(81) 3184 3153

Fundarpe

Fundarpe

O Museu de Arte Sacra de Pernambuco fica na Rua Bispo Coutinho, número 726, no Alto da Sé de Olinda

Arte sacra de Pernambuco no MASPE

O acervo fixo do Museu de Arte Sacra de Pernambuco (MASPE), que começou a ser construído a partir de mais uma centena de peças cedidas pela Arquidiocese de Olinda e Recife, reúne objetos de culto como santos populares e de procissão, relicários, custódias e pinturas religiosas. Um dos destaques deste acervo é a coleção de imagens antigas eruditas, policromadas e douradas, datadas do século XVI. Na sua fachada, é possível ver o antigo brasão episcopal e uma placa da Unesco, de 14 de dezembro de 1982, que declara Olinda Monumento Cultural da Humanidade.

Museu de Arte Sacra (MASPE)
Rua Bispo Coutinho, 726, Alto da Sé – Olinda – PE
Visitação: Terça a sexta | 10h às 16h; Sábados e domingos | 10h às 14h
R$ 2 (inteira) e R$ 1 (meia)
(81) 3184 3154

Fundarpe

Fundarpe

Museu Regional de Olinda propicia ao observador uma visão de uma casa pernambucana do século passado

Cotidiano do século XVIII no MUREO

O prédio do Museu Regional de Olinda abriga uma casa museu, um solar em estilo colonial construído entre 1745 e 1749. Originalmente abrigou a residência episcopal. Foi criado em virtude da comemoração do 4° centenário da chegada de Duarte Coelho à Capitania de Pernambuco, sendo inaugurado em 1935.

O MUREO propicia ao observador uma visão de uma casa pernambucana do século passado. Seu acervo é composto por mobiliários, pinturas, louças, pratarias e peças de grande valor histórico para a vida social, religiosa e política da cidade. Ainda, possui um conjunto raro de peças de arte sacra do século XVII e XVIII em terra-cota e madeira.

Museu Regional de Olinda (MUREO)
Rua do Amparo, 128, Amparo, Olinda – PE
Visitação: Terça a sexta | 9h às 17h; Sábados e domingos | 14h às 17h
Gratuito
(81) 3184 3159

Casa da Cultura

Casa da Cultura popular pernambucana

Localizada às margens do Rio Capibaribe, a Casa da Cultura Luiz Gonzaga é um dos maiores polos de comercialização de artesanato do Recife e um dos cartões postais do estado. Neste sábado (25) o equipamento recebe mais um ensaio do Maracatu Várzea do Capibaribe, às 15h, no Palco Nelson Ferreira (hall central). No mesmo dia, o Mestre Pirulito ministrará uma oficina sobre a história e características do maracatu, uma das manifestações populares mais conhecidas em Pernambuco.

Casa da Cultura
Cais da Detenção, s/n, Santo Antônio, Recife – PE
Ensaio do Maracatu Várzea do Capibaribe
Sábado (25) | 15h
Gratuito
(81) 3184 3151

< voltar para home