Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

PATRIMÔNIO CULTURAL

Governo de Pernambuco incentivará cultura com R$ 41 milhões em 2020

Secult-PE e Fundarpe lançam cinco editais: Audiovisual (duas edições), Geral, Música e Microprojeto Cultural, que irão fortalecerão cadeia produtiva da cultura

O Governo de Pernambuco irá incentivar a produção cultural independente de Pernambuco com recursos na ordem de R$ 41 milhões, em 2020. São nove milhões a mais do que anualmente é disponibilizado, tendo em vista um edital a mais do Funcultura do Audiovisual. Além de dois editais para este segmento, também estão sendo lançados – pela Secretaria de Cultura e Fundarpe – a edição 2019/2020 dos editais Geral, Música e Microprojeto Cultural.

“Acreditamos na força da produção cultural do Estado que, para além de reafirmar símbolos da nossa identidade, impacta em dimensões variadas da sociedade, fortalecendo uma complexa cadeia produtiva nas mais diversas linguagens. Com os projetos do Funcultura, conseguimos produzir arte, pesquisa e conhecimento em todas as regiões do estado, além de cada vez mais promover a acessibilidade para o público com necessidades especiais”, ressalta o secretário de Cultura Gilberto Freyre Neto.

Nste ano, estão sendo lançados dois editais do Funcultura para execução em 2020. O 12º edital Funcultura 2019, como está sendo chamado, destinará R$ 9,28 milhões para os projetos aprovados nas categorias de longa-metragem e produtos para televisão.  As inscrições deverão ser realizadas no período de 3 a 14 de fevereiro de 2020. O segundo edital é a 13ª edição 2019-2020 do Funcultura Audiovisual e destinará o mesmo valor, R$ 9,28 milhões, para produtos não contemplados no primeiro certame: curta e média-metragem, difusão, formação, desenvolvimento do cineclubismo, revelando os Pernambucos, games, pesquisa e preservação, desenvolvimento de longa-metragem, desenvolvimento de produtos para TV, obra seriada de curta duração, finalização e distribuição de longa-metragem e websérie-webcanal. As inscrições deverão ser realizadas no período de 17 de fevereiro a 3 de março de 2020.

O edital do Funcultura Geral irá disponibilizar o montante de R$ 15.680 milhões para incentivar projetos das seguintes linguagens culturais: Artes Integradas, Artes Plásticas, Artes Gráficas e Congêneres, Artesanato, Circo, Cultura Popular e Tradicional, Dança, Design e Mora, Fotografia, Gastronomia, Literatura, Ópera, Patrimônio, teatro, Formação e Capacitação e Pesquisa Cultural. Os projetos poderão ser protocoladas no período de 14 de abril a 30 de abril de 2020.

“2020 será um ano grande produtividade para o Funcultura. Com cinco editais publicados, é essencial que o fundo opere cada vez mais de forma ordenada. Neste sentido, embora o ano novo ainda não tenha chegado, o planejamento das ações do Funcultura para 2020 já começaram, a fim de que, assim como em 2019, consigamos cumprir os compromissos assumimos de forma tempestiva”, coloca Aline Oliveira, superintendente do Funcultura. Ela ressalta ainda que cerca de 7% dos recursos do Funcultura correspondem a custeio administrativo.

Outro edital que já está disponível para consulta é o Microprojeto Cultural. O objetivo deste edital é fomentar atividades artístico culturais de baixo orçamento, estimular a criação e participação do(a) produtor(a) e criador(a) no desenvolvimento da arte e da cultura, promover a cidadania cultural e estimular as expressões locais, com garantia de regionalização. O certame é voltado para iniciativas de indivíduos, grupos e coletivos, formados por jovens de baixa renda, principalmente, de cidades com baixo Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH-M). Está sendo disponibilizado o montante de R$ 640 mil para os projetos do edital, com um limite de R$ 15 mil por projeto.  As inscrições vão de 9 a 20 de março de 2020.

Também está no ar o 4º Edital do Programa de Fomento à Produção em Música de Pernambuco, o Funcultura da Música 2019/2020. O edital irá disponibilizar o montante de R$ 4. 160 milhões para diversas categorias do segmento. A saber: Circulação (R$ 920 mil), festivais (R$ 750 mil), Gravação (R$ 650 mil), Produtos e Conteúdos (R$ 335 mil), Economia da Cultura (R$ 150 mil) e Manutenção de Bandas de Música (Filamôrnicas), Escolas de Bandas de Música e Corais (R$ 250 mil). As inscrições ficarão abertas de 30 de março a 13 de abril.

“Esse conjunto de editais dinamizam fortemente a cadeia produtiva da cultura, gerando, com a circulação dos artistas e dos projetos, a geração de emprego, renda, o fortalecimento do turismo, a qualificação do profissional da cultura, além de levar arte e cultura para regiões que não teriam acesso, não fosse esse importante fomento governamental, gerido pela produção independente do Estado. Estamos cada vez mais satisfeitos com os resultados que o Funcultura vem gerando na economia da cultura de Pernambuco, e é uma honra para nós estarmos conduzindo essa política”, avalia Marcelo Canuto, presidente da Fundarpe.

Para ter acesso a todos os editais do Funcultura, acesse: www.cultura.pe.gov.br/editais.

< voltar para home