Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

PATRIMÔNIO CULTURAL

Plenária Final da eleição para o Conselho de Preservação Cultural será no dia 30/11

Trinta e cinco delegados já foram eleitos nos fóruns setoriais

Após um mês intenso de fóruns e reuniões, o Governo do Estado, através da Secult-PE e Fundarpe, vai promover no próximo dia 30/11 (segunda-feira), a Plenária Final que irá eleger os membros da sociedade civil para o Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural (CEPPC). A eleição será regida pelo ATO nº 5  que nesse último momento norteará a metodologia de votação e apuração dos votos.

Toni Braga/Secult

Toni Braga/Secult

Secretário Marcelino Granja saudando os participantes do fórum de Patrimônio

Ao todo, 210 pessoas participaram desse momento inicial de implantação do novo CEPPC, nos sete fóruns promovidos pela Secult-PE/Fundarpe entre os meses de outubro e novembro deste ano. “Foi um processo bastante participativo e bem transparente, uma vez que todos aqueles que foram inscritos/habilitados tinham a possibilidade de serem candidatos a delegados. Além disso, os delegados puderam apresentar suas propostas aos demais membros dos fóruns setoriais que, por sua vez, acompanharam de perto a apuração dos votos”, disse Severino Pessoa, presidente da Comissão Eleitoral.

Eleição
Com a primeira chamada marcada para às 18h30 e a segunda para às 19h30, a Plenária Final definirá, entre os 35 delegados eleitos nos fóruns setoriais, os 7 titulares e os 7 suplentes (1 titular e 1 suplente para cada segmento) das vagas destinadas à sociedade civil no CEPPC. O delegado, para ser eleito titular de um segmento, terá que contar com 40% dos votos dos membros do colégio eleitoral, o que significa dizer que, entre os 35 votantes, ele terá que conquistar, no mínimo, 14 votos. Já o suplente será o candidato segundo mais votado da lista. Assim como nos fóruns iniciais, a apuração dos votos poderá ser acompanhada por todos os que comparecerem à Plenária, independente de credenciamento prévio.

Histórico
A instalação das instâncias de cogestão das políticas públicas estaduais atende uma demanda advinda da sociedade civil que, desde as Conferências Estaduais de Cultura de 2005, 2009 e 2013, solicitava uma participação mais ativa e representativa no processo de construção e implementação de políticas culturais e de preservação em nosso Estado. “É um momento histórico para o fortalecimento da cultura de nosso Estado. Num sistema democrático, só a representatividade dá conta de construir políticas públicas significativas para população”, afirmou o secretário de Cultura, Marcelino Granja.

Delegados Eleitos por cada segmento

*Arquitetura, Urbanismo, Geografia e Engenharia
Vera Lucia Milet Morais
Maria de Lourdes Carneiro da Cunha Nóbrega
Rodrigo José Cantarelli Rodrigues
Vânia Avelar de Albuquerque
Terezinha de Jesus Pereira da Silva

*Arqueologia, História e Museologia
Ronaldo Henrique Martins da Silva
Rubia Nogueira de Andrade
Maria Regina Martins Batista e Silva
Aramis Macêdo Leite Junior
Anderson Clayton de Lima Santos

*Antropologia, Sociologia e Turismo
Ana Julia de Souza Melo
João Morais de Sousa
Elinildo Marinho de Lima
Gloria Maria Widmer
Michelle de Almeida Lima

*Movimentos Sociais de Urbanismo e de Meio-Ambiente
Natan Gabriel Nigro
Plinio Araújo Victor
Aneide Maria de Santana
Edmilson Cordeiro dos Santos
Mônica Siqueira da Silva

*Centros de Documentação e Memória: Arquivos, Bibliotecas,Espaços de Memória e Museus
Anildomá Willians de Souza
Sandra Maria Verissimo Soares
Cleonice Maia dos Santos
Edílson Leite de Araújo
Tereza Cristina da Silva Oliveira Marinho

*Comunidades tradicionais e /ou religiosas, costumes, saberes e formas de expressão
Tiago Santos da Silva
Luís de França Fernandes
Anderson José da Silva
Severino Vieira Marques
José Roberto de Holanda Junior

*Expressões culturais de Pernambuco registradas como Patrimônio Cultural Imaterial
Paulo Sergio dos Santos Pereira
Clóvis Cosme dos Santos
Claudio Brandão de Oliveira
Kathllen Fernanda Brandão da Silva
Bruno Henrique de Lima Clemente

Serviço
Plenário Final do do Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural
Quando: 30/11, segunda-feira
Em primeira convocação: às 18h30, se alcançado o quórum mínimo de 50% do Colégio Eleitoral; em segunda convocação: às 19h30, se não alcançado o quórum mínimo da primeira convocação.
Onde: Secult-PE/Fundarpe (R. da Aurora, 463/469 – Boa Vista, Recife – PE)
Mais informações: (81) 3184-3000.

Leia mais:
Novos Conselhos de Cultura: Secult-PE e Fundarpe promovem fóruns para eleição de delegados

< voltar para home