Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

PATRIMÔNIO CULTURAL

Profissionais da Educação recebem treinamento sobre Patrimônio Cultural

Quarenta e seis profissionais da rede municipal de ensino do Recife estão participando de um curso sobre Patrimônio Cultural oferecido pela Unidade Virtual de Cursos à Distância – UNIREC da Secretaria de Educação do Recife,  Diretoria de Preservação do Patrimônio Cultural – DPPC e a Escola de Formação de Professores Paulo Freire – EFER,  em parceria com a Gerência Geral de Preservação do Patrimônio Cultural – GGPPC da Fundarpe.

Divulgação

Divulgação

46 profissionais participam do curso

O curso ‘Patrimônio Cultural e Educação – Interfaces na Cidade do Recife’ é ofertada na modalidade à distância, teve início no dia 11 de setembro de 2018 e o primeiro módulo foi finalizado na semana passada. Com uma carga de 30 horas aula, o curso está estruturado nos seguintes módulos: Módulo 1 – Patrimônio Cultural: Uma Construção Coletiva – Trajetória do conceito de Patrimônio Cultural, nas dimensões do Patrimônio Material e Imaterial, bem como na relação entre esses conceitos; Módulo 2 – O Patrimônio Cultural da Cidade do Recife – Conceitos ligados ao Patrimônio Cultural e sua aplicação com foco na Cidade do Recife; Módulo 3 – Educação Patrimonial e o Ambiente Escolar: Uma Possibilidade Pedagógica – Diálogos sobre o conceito de Educação Patrimonial, além de refletir acerca dos desafios e possibilidades no processo de ensino-aprendizagem.

Metodologicamente, o curso está sistematizado na realização de fóruns de discussão específicos para cada módulo, na socialização de informes e notícias sobre o Patrimônio Cultural, na disponibilização de vídeo aulas (gravadas pelos professores conteudistas), em material iconográfico, textos especializados e atividades de aprendizagem em todos os módulos. Segundo os técnicos da GGPPC/Fundarpe, o atual contexto da era da informação, associado à ampliação das tecnologias digitais é um terreno fecundo que oportuniza a possibilidade de criar caminhos para atender aos muitos desafios da contemporaneidade na Educação.

Divulgação

Divulgação

Primeiro módulo terminou na primeira semana de outubro

Sendo assim, estabelecer uma parceria que traz como tema principal o Patrimônio Cultural, abordado na perspectiva da Educação e mediado na modalidade à distância, é ampliar as possibilidades de acesso ao conhecimento construído e maximizar o repertório dos profissionais que estão atuando diretamente na formação do olhar do alunado com foco nos bens culturais materiais ou imateriais, para além dos chancelados pelos órgãos de preservação. O Curso Patrimônio Cultural e Educação – Interfaces na Cidade do Recife conta com a atuação de técnicos da GGPPC/Fundarpe e da Diretoria de Preservação do Patrimônio Cultural – DPPC, tendo como professores conteudistas Amanda Paraíso, Elinildo Marinho, Jacira França e Nilson Cordeiro, técnicos da Fundarpe; além de David Santos, Maria Cecília Melo e Marcia Cecília Vargas, técnicos da DPPC.

< voltar para home