Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

PATRIMÔNIO CULTURAL

Recife, Sertão e Mata Sul recebem formação sobre concurso do Patrimônio Vivo

Ação divulga e orienta para inscrições no edital do XI Concurso de Registro do Patrimônio Vivo de Pernambuco

divulgação

A Secult-PE e a Fundarpe dão continuidade ao ciclo de formação para instrução sobre o edital do XI Concurso do Registro do Patrimônio Vivo de Pernambuco, cujas inscrições seguem abertas até 19 de outubro. A atividade é voltada a diferentes públicos, contemplando detentores de bens culturais, pesquisadores, produtores culturais, mestres e grupos culturais que queiram concorrer ao título.

Ministrada por técnicos dos dois órgãos estaduais, a ação consiste na divulgação detalhada do edital com o objetivo de instruir a população sobre os critérios necessários à inscrição. Este ano, o concurso vai contemplar seis candidatos, mestres e grupos de comprovada contribuição à cultura do nosso estado.

O ciclo de formação acontecerá no Recife no dia 05, quarta-feira, no Espaço Pasárgada, e depois seguirá para o sertão pernambucano chegando aos municípios de Arcoverde, sexta-feira dia 07 de outubro. No dia 10, segunda-feira, será a vez da do município de Palmares na mata-sul receber a formação detalhada sobre o edital do RPV-PE.

Para saber mais informações sobre o XI Concurso do Registro do Patrimônio Vivo de Pernambuco, clique aqui.

A LEI – O Concurso do Registro do Patrimônio Vivo de Pernambuco – RPV, é instituído pela Lei Estadual nº 12.196, de 02 de maio de 2002 e regulamentado pelo Decreto nº 27.503, de 27 de dezembro de 2004. Desde 2005 até este ano, já foram titulados trinta e nove Patrimônios Vivos, tendo falecido já dez destes. Através da concessão do título de “Patrimônio Vivo de Pernambuco”, mestres e grupos ligados a diferentes manifestações da cultura popular e tradicional representativas da cultura pernambucana recebem bolsas vitalícias de apoio financeiro, garantindo, dessa forma, que os artistas repassem seus conhecimentos às novas gerações de aprendizes. Atualmente, as bolsas são no valor de R$1.321,08 mensais para pessoas físicas e R$2.642,19 mensais para grupos culturais, como incentivo à realização e perpetuação de suas atividades. Ressalta-se que os valores serão atualizados na forma prevista na Lei Estadual nº 11.922, de 29 de dezembro de 2000.

A Lei do Registro do Patrimônio Vivo de Pernambuco tem como objetivo reconhecer, valorizar e apoiar mestres e grupos que detenham os conhecimentos ou as técnicas necessárias para a produção e a preservação de aspectos da cultura tradicional ou popular – formas de expressão, saberes, ofícios e modos de fazer, em especial, os que sejam capazes de transmitir seus conhecimentos, valores, técnicas e habilidades às novas gerações de aprendizes, objetivando a proteção, preservação e a difusão do patrimônio pernambucano.

Serviço
Ciclo de formação – XI Concurso do Registro do Patrimônio Vivo de Pernambuco

Quando: 05 de outubro
Horário: 9h30
Local: Espaço Pasárgada
Endereço: Rua da União, 263, Boa Vista – Recife
Telefone: (81) 3184.3165
E-mail: pasargada.fundarpe@gmail.com

Quando: 07 de outubro
Horário: 19h
Local: Ponto de Cultura Orquestra Sertão – Associação Urucungo
Endereço: Centro Comercial Regional de Arcoverde – CECORA – (1º Andar)
Telefone: (87) 991-003-967 | 996-135-580
E-mail: moreira.arcoverde@gmail.com

Quando: 10 de Outubro
Horário: 10h30
Local: Cine Teatro Apolo (em frente à Igreja Matriz)
Endereço: R. da Conceição – Centro, Palmares
Telefone: (81) 996.265.701

< voltar para home