Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

PATRIMÔNIO CULTURAL

Secult-PE defere pedido de tombamento dos prédios da Fundaj

Cinco edificações que compõem o campus da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj) em Apipucos, no Recife, estão agora sob regime de proteção estadual.

Reprodução

Reprodução

Casarão Delmiro Gouveia é um dos bens que serão analisados

É o resultado do deferimento de uma solicitação formal apresentada à Secretaria Estadual de Cultura e à Fundarpe pelo atual presidente da Fundaj, Luiz Otávio de Melo Cavalcanti. Com o despacho favorável à sua tramitação, o pedido de tombamento segue para análise da Gerência de Preservação do Patrimônio Cultural da Fundarpe, à qual caberá realizar estudos e visitas técnicas.

Após esta fase, o pedido será enviado ao Conselho de Preservação do Patrimônio Cultural (CEPPC), órgão responsável pelo tombamento de edificações no âmbito estadual.

De acordo com a Lei 7970/79, que normatiza este processo em Pernambuco, fica assegurado aos bens em exame, até sua resolução final, o mesmo regime de preservação dos bens que já foram tombados.


Veja a lista das edificações que integram o campus Anísio Teixeira da Fundaj, no Recife: Casarão Delmiro Gouveia, Edifício Jorge Tasso, Edifício Renato Carneiro Campos, Edifício Dirceu Pessoa, Edifício Antiógenes Chaves

< voltar para home