Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

PATRIMÔNIO CULTURAL

Secult-PE e Fundarpe levam formação em patrimônio cultural para comunidades quilombolas

Iniciativa direcionada para professores e profissionais de educação começa nesta quinta-feira (16), na comunidade quilombola de Engenho Siqueira, em Rio Formoso

Divulgação

Divulgação

O Jogo do Patrimônio 2.0 é o principal tema da atividade, possibilitando a professores e profissionais em educação de comunidades quilombolas, a devida noção de patrimônios culturais locais, a exemplo de inventários participativos.

A comunidade quilombola de Engenho Siqueira, localizada na zona rural de Rio Formoso, na Mata Sul, recebe nesta quinta-feira (16), o início do ciclo de formação ‘Ferramentas para a Educação Patrimonial: o exemplo do Jogo do Patrimônio 2.0’. Destinada a professores e profissionais de educação atuantes na escolas de comunidades quilombolas, a atividade formativa em Preservação do Patrimônio Cultural é fruto da parceria entre a Gerência de Preservação Cultural da Fundarpe (Coordenação de Educação Patrimonial e Coordenação de Patrimônio Imaterial), com a Coordenação para Povos Tradicionais e Comunidades Rurais da Secult-PE.

Apresentando conceitos chave através de referências em patrimônios culturais pernambucanos, como inventários participativos, mapas mentais e o Jogo do Patrimônio 2.0, ferramenta desenvolvida pelos técnicos da GPCult/Fundarpe, o ciclo visa possibilitar a socialização dos relatos de aplicação feitos por professores e arte-educadores, e de outras ferramentas realizadas em escolas de comunidades quilombolas.

Tendo por base servir como ferramenta lúdica e interativa para ações de educação patrimonial, o ciclo terá continuidade na comunidade quilombola de Trigueiros, em Vicência, na Mata Norte, a partir da primeira semana de julho. Posteriormente, segue durante a programação do 26º Festival de Inverno de Garanhuns, em quilombos do Agreste Setentrional. As últimas socializações e a finalização desta formação aconteceram em agosto de 2015, durante a IX Semana do Patrimônio Cultural de Pernambuco, ocorrida no Recife.

Serviço:
Ciclo de formação ‘Ferramentas para a Educação Patrimonial: o exemplo do Jogo do Patrimônio 2.0’

- Rio Formoso (Mata Sul)
Quando: 16 de junho
Horário: 9h às 16h
Local: Comunidade quilombola de Engenho Siqueira
Público: 25 professores

- Vicência (Mata Norte)
Quando: primeira semana de julho (data a ser definida)
Horário: 9h às 16h
Local: Comunidade quilombola de Trigueiros
Público: 20 professores

< voltar para home