Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

PATRIMÔNIO CULTURAL

VIII Semana do Patrimônio encerra com atividades na UFPE

Nesta quarta (26) e quinta (27), evento encerra com programação intensa na Universidade Federal de Pernambuco

Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil, capoeira será tema da mesa "Saberes dos Mestres: Profissionalização ou Valorização ocupacional, apenas?”, que acontece nesta quinta (27)

Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil, capoeira será tema da mesa “Saberes dos Mestres: Profissionalização ou Valorização ocupacional, apenas?”, que acontece nesta quinta (27)

Com uma extensa programação, a VIII Semana do Patrimônio Cultural de Pernambuco encerra suas atividades aportando na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). O seminário “Práticas Sustentáveis e Territórios de Sociabilidades” continua nesta quarta (26) e quinta (27), em parceria com o Programa de Pós-Graduação em Antropologia (PPGA), promovendo discussões sobre a vivência nas grandes cidades e a relação com seus patrimônios culturais materiais e imateriais.

Abrindo a programação desta quarta (26), a conferência “Patrimônios Urbanos – Em que cidade queremos habitar?”, com o professor Dr. Rogério Proença Leite (Universidade Federal de Sergipe; Mestrado Profissional em Preservação do Patrimônio Cultural – IPHAN), seguida por debates mediados pelo professor Dr. Bartholomeu Tito Figueirôa (PPGA-UFPE).

À tarde, acontece a mesa redonda “Patrimônios Vivos – A pessoa como patrimônio: ganhos e disputas”, com os palestrantes Luciano Borges, doutorando do PPGA-UFPE; Marcelo Renan Souza, representante da Gerência de Preservação Cultural da Fundarpe; e Nicole Cosh, doutoranda do PPGA/UFPE. Eles abordarão as relações de valorização e reconhecimento dos saberes dos mestres e grupos culturais frente às políticas públicas de preservação do patrimônio cultural.

Na quinta (27), a programação, que tem início às 14h, abordará a Capoeira (Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil), com a mesa “Saberes dos Mestres: Profissionalização ou Valorização ocupacional, apenas?”. Participam como palestrantes três importantes mestres de capoeira do nosso Estado: Mestre Pirajá, Mestre João Mulatinho e Mestre Corisco, que vão debater sobre as formas de organização e formalização dos mestres e grupos de capoeira de Pernambuco, e ainda sobre os dilemas existentes frente à transmissão de saberes e a formação de novos mestres.

Confira abaixo a programação detalhada

Quarta, 26/8
9h às 12h – Patrimônios Urbanos – Em que cidade queremos habitar?
9h – Abertura da Atividade
9h15 – Conferência do Prof. Dr. Rogério Proença – UFSE
10h15 – Diante do exposto, pergunta-se: por quê e para que Patrimônio na Cidade?
Debatedor: Prof. Dr. Bartholomeu Tito Figueirôa
10h40 – Intervalo
11h – Questões e Debates

12h – Intervalo para o almoço.

13h30 às 17h – Mesa Redonda – Patrimônios Vivos: a pessoa como patrimônio: ganhos e disputas
Palestrantes: Luciano Borges – Doutorando do PPGA/UFPE; Marcelo Renan Souza – GPCult/Fundarpe; Nicole Cosh – Doutoranda do PPGA/UFPE.
Debatedor: Eduardo Sarmento – Doutorando PPGA/UFPE
Local: Auditório do 3º andar do Centro de Filosofia e Ciências
Humanas – CFCH/UFPE
Local: Auditório do 3º andar do Centro de Filosofia e Ciências
Humanas – CFCH/UFPE

Quinta, 27/8
13h30 às 16h – Mesa Redonda – Capoeira em Pernambuco – Saberes dos Mestres: Profissionalização ou Valorização ocupacional, apenas?
Mestres de Capoeira: Mestre João Mulatinho; Mestre Pirajá; Mestre Corisco
15h – Fala do Debatedor, Questões e Debates
Local: Auditório 1 – Sala 1306 – 13º andar do Centro de Filosofia e Ciências Humanas / CFCH – UFPE
16h – Encerramento da Mesa | Roda de Capoeira
Local: Área de Convivência do térreo do CFCH

< voltar para home