Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Povos Tradicionais e Populações Rurais

Nação do Maracatu Porto Rico convida público para a X Noite do Dendê

Tradicional festa realizada na comunidade do Bode, no Pina, será neste sábado (30) com uma programação voltada para a valorização da cultura afro-brasileira

Clara Gouvea/Secult-PE

Clara Gouvea/Secult-PE

O Nação Porto Rico é o realizador da X Noite do Dendê

Marcus Iglesias

Com a proposta de valorizar as manifestações culturais afro-brasileiras, a Nação do Maracatu Porto Rico realiza no próximo sábado (30) a décima edição da Noite do Dendê. Tradicionalmente realizada nos últimos anos na comunidade do Bode, no Pina, a programação do evento envolve palestras, cerimônias religiosas, brincadeiras para crianças, apresentações culturais, mostras de vídeos, e exposição de adereços da corte real da Nação do Maracatu Porto Rico. O encontro é aberto ao público e, de acordo com a produção da festa, são esperadas cerca de 10 mil pessoas durante todo o dia.

A 10ª Noite do Dendê tem como objetivo preservar a memória dos babás, yalorixás e mestres da cultura popular de tradição afro brasileira. “Esse evento tem total cunho religioso. Envolve um cortejo em direção à Igreja de Nossa Senhora do Rosário, no Pina, onde seremos recebidos pela Frei Rinaldo para uma culto católico. De lá, partimos para a comunidade do Bode, e lá receberemos a benção das quatro yalorixás mais antigas da região. Além de Mãe Elda, Mãe Maria de Quixaba, Mãe Enesea, Mãe Laura e Mãe Helena fazem parte desse grupo, que fará uma cerimônia de candomblé no local”, conta Mestre Chacon, mestre do Maracatu Nação Porto Rico.

Mestre Chacon, que também é historiador, revela que a festa foi resgatada por ele e sua família há dez anos, como forma de resgatar as tradições das manifestações culturais afro-brasileiras. “Há registros de que esse evento aconteceu em Palmares em 1914, mas depois ficou adormecido. Em 2007, a festa foi resgatada por Dona Elda Viana, Yalorixá do Ilê Axé (Templo de Força) do Oxóssi Guanguobira, Patrimônio vivo de Pernambuco e Rainha da Nação do Maracatu Porto Rico”.

A forma como se dá a realização deste evento envolve efetivamente as pessoas do bairro e os grupos culturais e artistas que participam da programação. “Temos total ajuda da Prefeitura do Recife e do Governo de Pernambuco, mas quem nos dá força mesmo é o povo da comunidade. E a articulação com as atrações é tudo na base da parceria. Melhor dizendo, da irmandade. Sempre que o Afoxé Omonilê Ogunjá nos convida para um evento, por exemplo, vamos sem pedir nada em troca, e vice-versa, e é assim que funciona com vários outros nomes, como a cantora Karina Spinelli, que também participará da noite”, explica o Mestre Chacon.

O encontro conta com a participação de vários outros grupos culturais do estado, como o Afoxés Alafin Oyó e Ylê de Egbá, além de nomes como Jorge Riba, Aurinha do Coco, Grupo Bongar, Tambores de Ògún, Mazuca da Quixaba, Baque Mulher e as Nações de Maracatu pernambucanas Encanto do Pina e Cruzeiro do Forte. Maracatus de outros estados, como o Rio Maracatu (RJ), Maracatu Quiloa (SP), Maracatu Arueira (PR) e Maracatu Arrasta Ilha (SC), também estão na programação.

“Também temos atividades voltadas para as crianças. A partir das 14h, começaremos com o Dendezinho, com circo, brincadeiras e apresentações de grupos mirins”, detalha Mestre Chacon, que promete uma diversidade de comidas de terreiro no local. “Tudo feito com dendê, como diz o nome da festa. Acarajé, cumuru, vatapá e outros pratos estarão à disposição do público. Além disso, vamos distribuir gratuitamente a semente do dendê, e um tempero feito desta planta, para as pessoas levarem pra casa”.

Serviço
Noite do Dendê 2017
Sábado (30) | 14h
Sede da Nação do Maracatu Porto Rico (Rua Eurico Vitruvio, 483, Comunidade do Bode, Pina, Recife)
Gratuito

< voltar para home