Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Povos Tradicionais e Populações Rurais

Todas as expressões da cultura quilombola cabem no FIG 2015

Apresentações artísticas e oficinas culturais são realizadas no Polo Castainho, para moradores de comunidades quilombolas existentes no Agreste Meridional.

Por: Roberto Moraes Filho

Costa Neto/Secult-PE

Costa Neto/Secult-PE

Crianças da comunidade quilombola caíram na gargalhada com apresentação circense

Com ações de formação cultural que resgatam e ajudam a manter tradições de comunidades quilombolas como Estivas, Estrela, Tigre e Timbó, o Polo Castainho também agrega, durante o 25º Festival de Inverno de Garanhuns, apresentações artísticas de circo e dança protagonizadas pelas comunidades tradicionais.

Costa Neto/Secult-PE

Costa Neto/Secult-PE

O cantor e percussionista Jorge Ribas ministra oficinas em Castainho

Na Oficina de Percussão Inclusiva, que deste a última segunda-feira (20), está sendo ministrada pelo músico Jorge Ribas, grupos culturais já existentes nas comunidades da região são contemplados com a prática e a teoria de pentagramas e notas musicais. O manuseio e o conhecimento sobre instrumentos como zabumba, triângulo, cabaça, bombo e muitos outros, também estão sendo explorados ao longo da atividade.

Para Jorge Ribas, o resgate da musicalidade na comunidade é de extrema importância, especialmente para que grupos como o Afro Estrela e o Nação Quilombola Tigre, mantenham suas produções artísticas e através desta oficina, possam expandir a criatividade artística de forma contínua. “Nesta atividade, estou trabalhando com duas importantes vertentes educativas, que são a autoestima dos participantes e o protagonismo cidadão dos participantes”, explicou o músico.

Até a sexta-feira (24), o polo estará promovendo também as oficinas de Dança Afro Tribal, Educação Patrimonial e Teatro, destinadas exclusivamente para os moradores de comunidades quilombolas do Agreste, quem tenham interesse em participar.

As apresentações artísticas também estão animando o polo. Na tarde de terça-feira (21), crianças e adolescentes quilombolas puderam acompanhar o espetáculo circense ‘Café Pequeno da Silva e Psiu Richard Riguetti’, realizado pela companhia Off-Sina, do Rio de Janeiro. Promovendo gargalhadas, a encenação interagiu com o público, realizando números de mágicas, malabares e brincadeiras no palco.

Para o estudante Guilherme Gomes, de 13 anos, morador do Quilombo Estivas, as apresentações e oficinas realizadas são sempre uma nova oportunidade de aprender algo novo durante o festival. “Gostei muito do espetáculo e sempre que puder estarei vindo. Não temos programações assim durante o ano, por isso eu quero aproveitar o máximo que puder”, comentou. As apresentações culturais e oficinas do FIG 2015, estarão acontecendo no Polo Castainho até a próxima sexta-feira (24).

Confira AQUI a programação completa.

< voltar para home