Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Secretaria de Cultura

4º Prêmio Ariano Suassuna de Cultura Popular e Dramaturgia já tem seus vencedores

Secult/Fundarpe divulga o nome dos 12 premiados nas categorias Teatro Adulto; de Animação; para Infância; Mestres/Mestras; e Grupos/Comunidades

Reprodução/Internet

Amannda Oliveira/Divulgação

Mestra Severina Lopes, de Arcoverde, venceu na categoria “Mestres e Mestras dos Saberes e Fazeres” do Sertão

Reconhecer, valorizar e incentivar práticas de transmissão de saberes e fazeres da Cultura Popular, bem como da dramaturgia, por meio do estímulo à escrita dramática e revelação de novos dramaturgos: esses são os objetivos do 4º Prêmio Ariano Suassuna de Cultura Popular e Dramaturgia, cujo resultado o Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundarpe, divulga num dia especial para a cultura de Pernambuco: 16 de junho é a data de nascimento de Ariano Suassuna que, se vivo fosse, estaria completando 92 anos de idade.

As ações desenvolvidas pelos Grupos, Mestras e Mestras contemplados nesta 4ª edição do Prêmio Ariano Suassuna de Cultura Popular e Dramaturgia evidenciam uma trajetória que busca a manutenção e o registro de suas atividades, o compromisso com a transmissão de práticas, histórias e memórias às diversas gerações das comunidades em que vivem e atuam, além do fortalecimento de parcerias, num exercício incansável de dedicação e paixão para preservar as suas tradições culturais. (VEJA ABAIXO A LISTA DOS PREMIADOS)

Jan Ribeiro/Secult-PE

Jan Ribeiro/Secult-PE

O Clube Carnavalesco Misto Seu Malaquias, Patrimônio Vivo de Pernambuco, venceu na categoria “Grupos/Comunidades” da Região Metropolitana do Recife

“Esse prêmio honra da melhor forma a memória de Ariano Suassuna que, enquanto gestor público de Cultura, defendeu e ressaltou as expressões populares como prioritárias para o foco da política de Cultura do estado. Sua defesa da cultura popular vem inspirando anualmente a execução deste que é um dos mais importantes prêmios para as artes. É uma enorme alegria e satisfação para nós do Governo reconhecer e contemplar os mestres e mestras da nossa cultura, pelo trabalho e dedicação de uma vida, e ainda estimular os dramaturgos do estado para que escrevam e tornem públicas suas peças”, ressalta o secretário de Cultura Gilberto Freyre Neto.

Hélia Scheppa

Hélia Scheppa

No Teatro para Infância, o 1º Lugar foi para o escritor Raphael Gustavo, com a obra “Conto de Passarinha”

Na área da Dramaturgia, há que se destacar o caráter renovador da premiação, ao oferecer a este segmento, em Pernambuco, a possibilidade de montagem de novos e inéditos textos teatrais, escritos por pernambucanos. “Todos os contemplados, dramaturgos, grupos, mestres e mestras da cultura popular são uma referência para que o Governo de Pernambuco continue a reconhecer e incentivar aqueles que ao longo de sua existência e atuação promovem iniciativas que contribuem para a valorização, a salvaguarda e a renovação da nossa arte e nossa cultura”, ressalta Silvana Meireles, secretária-executiva da Secult-PE.

Reprodução

Reprodução

Cleyton Cabral venceu na categoria Teatro de Animação, com a obra “Hélio, O Balão Que Não Consegue Voar”

Além dos prêmios em dinheiro para cada categoria, os vencedores no segmento de Dramaturgia terão seus textos teatrais publicados pela Cepe Editora. A Cepe já finalizou a publicação do primeiro volume do livro “Dramaturgias”, que reúne as peças dos dramaturgos vencedores da primeira e da segunda edição do Prêmio. Haverá um pré-lançamento da obra no Festival de Inverno de Garanhuns, bem como em agosto, quando reunirá todos os autores premiados.

“A publicação dos textos vencedores representa o reconhecimento, a valorização e o incentivo aos autores da escrita dramática de Pernambuco. São textos inéditos que certamente serão levados para os ambientes de formação em teatro e resultarão, esperamos, em espetáculos inéditos montados aqui no estado e que poderão ser levados para festivais Brasil afora. Uma alegria e um orgulho podermos estar contribuindo para o fortalecimento da cena teatral no estado, além de cuidar dos mais antigos, os mestres e mestras que formam a base da nossa cultura e do nosso patrimônio”, destaca o presidente da Fundarpe, Marcelo Canuto.

A Comissão de Seleção de Cultura Popular foi composta por Jailma Maria Oliveira, Luiz Henrique Costa Santos e Wellington Bartholomeu Sampaio Mendes Júnior, sob a coordenação de Teresa Amaral, da coordenadoria de Cultura Popular da Secult. Já em Dramaturgia, a seleção foi feita por Gilberto Gawronski, Henrique Fontes e Luiz De Assis Monteiro, sob a coordenação de José Neto Barbosa, coordenador de Teatro da Secult. Os jurados desta categoria não tiveram acesso à identidade dos vencedores, apenas aos textos e pseudônimo dos mesmos.

Confira os vencedores do 4º Prêmio Ariano Suassuna de Cultura Popular e Dramaturgia

ÁREA DE CULTURA POPULAR

Região Metropolitana do Recife
Categoria: Mestres e Mestras dos Saberes e Fazeres
Vencedor: José Antônio da Silva – Mestre Saúba
Cidade: Jaboatão Dos Guararapes
Premiação: R$ 10.000,00 (dez mil reais)

Categoria: Grupos/Comunidades
Vencedor: Clube Carnavalesco Misto Seu Malaquias
Cidade: Recife
Premiação: R$ 15.000,00 (quinze mil reais)

Zona da Mata
Categoria: Mestres e Mestras dos Saberes e Fazeres
Vencedor: João Manoel dos Santos – Mestre João Paulo
Cidade: Nazaré da Mata
Premiação: R$ 10.000,00 (dez mil reais)

Categoria: Grupos/Comunidades
Vencedor: Maracatu Leão de Ouro
Cidade: Condado
Premiação: R$ 15.000,00 (quinze mil reais)

Agreste
Categoria: Mestres e Mestras dos Saberes e Fazeres
Vencedora: Maria do Socorro Rodrigues da Silva – Mestra Socorro Rodrigues
Cidade: Caruaru
Premiação: R$ 10.000,00 (dez mil reais)

Categoria: Grupos/Comunidades
Vencedor: Grupo Flor do Barro
Cidade: Caruaru
Premiação: R$ 15.000,00 (quinze mil reais)

Sertão
Categoria: Mestres e Mestras dos Saberes e Fazeres
Vencedora: Severina Lopes da Silva – Mestra Severina Lopes
Cidade: Arcoverde
Premiação: R$ 10.000,00 (dez mil reais)

Categoria: Grupos/Comunidades
Vencedora: Associação dos Poetas e Prosadores de Tabira
Cidade: Tabira
Premiação: R$ 15.000,00 (quinze mil reais)

ÁREA DE DRAMATURGIA

Categoria: Teatro Adulto – 1º Lugar
Vencedora: Daniella Burle
Obra: Eu Sou O Homem
Cidade/Macrorregião: Olinda/Região Metropolitana
Premiação: R$ 10.000,00 (dez mil reais)

Categoria: Teatro Adulto – 2º Lugar
Vencedor: Djaelton Quirino
Obra: Pindorama
Cidade/Macrorregião: Arcoverde/Sertão
Premiação: R$ 7.000,00 (sete mil reais)

Categoria: Teatro de Animação – 1º Lugar
Vencedor: Cleyton Cabral
Obra: Hélio, O Balão Que Não Consegue Voar
Cidade/Macrorregião: Olinda/Região Metropolitana
Premiação: R$ 10.000,00 (dez mil reais)

Categoria: Teatro Para Infância – 1º Lugar
Vencedor: Raphael Gustavo
Obra: Conto de Passarinha
Cidade/Macrorregião: Vitória de Santo Antão/Zona da Mata
Premiação: R$ 10.000,00 (dez mil reais)

< voltar para home