Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Secretaria de Cultura

Comissão do Plano Estadual de Cultura discute metodologia

Comissão do Plano Estadual de Cultura discute metodologia

Comissão do Plano Estadual de Cultura discute metodologia

Foi realizada em Pernambuco, no último dia 30 de maio, a  oficina para discussão de metodologia para construção do Plano Estadual de Cultura. A equipe da UFSC, composta pela professora Rosimeri Carvalho e pela assessora Rayana Peled reuniu-se no Espaço Pasárgada, equipamento ligado à Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), com cerca de 15 participantes, dentre os quais, o analista técnico Clebio Marques, a coordenadora Teca Carlos e os demais membros da Comissão do Plano Estadual de Cultura.

O objetivo foi apresentar a metodologia para a nova equipe de trabalho. Todos os participantes receberam uma publicação, que é fruto de um convênio entre a Universidade Federal de Santa Catarina e o Ministério da Cultura, cujo objetivo é orientar a respeito da construção de Planos Estaduais de Cultura.

O grupo irá avançar, nas próximas semanas, no estabelecimento do plano de trabalho, cronograma, bem como na conclusão da análise situacional da cultura. A análise situacional é uma fase muito importante, que inclui coleta das mais diversas informações sobre os diferentes aspectos relacionados às atividades culturais. Saber, por exemplo, das manifestações que caracterizam e identificam as doze regiões de desenvolvimento do estado, a saber: Região Metropolitana, Zona da Mata Norte, Mata Sul, Agreste Central, Setentrional e Meridional, além dos seis sertões: Moxotó, Pajeú, Central, Itaparica, São Francisco e Araripe. Ter os quantitativos de equipamentos culturais, e de pessoas que trabalham na Cultura também é imprescindível para dar andamento ao Plano. A compreensão desta situação lançará bases para a definição do futuro desejado para a política de Cultura no estado.

A construção do Plano Estadual de Cultura é uma das etapas da instituição, no estado, do Sistema Nacional de Cultura. Para elaborar o Plano, a comissão levará em conta as propostas prioritárias deliberadas nas três Conferências Estaduais de Cultura, realizadas respectivamente em novembro de 2005, dezembro de 2009 e setembro de 2013 (acesse nesta página do portal aos documentos finais de cada um destes encontros). Após sua conclusão, o Plano Estadual de Cultura seguirá para consulta pública.

< voltar para home