Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Secretaria de Cultura

Governo de Pernambuco garante a tradição junina nos polos do estado

Mais de 80 cidades de todas as RDs vão receber artistas e grupos culturais contratados pelo Governo, que destina cerca de R$ 9 milhões à programação do ciclo festivo

Costa Neto/Secult-PE

Costa Neto/Secult-PE

Governo valorizou artistas do forró e manifestações tradicionais do período, como coco, ciranda e bois

Irah Caldeira, Petrúcio Amorim, Josildo Sá, Santanna, Nadia Maia, Cristina Amaral, Família Salustiano, Geraldinho Lins, Azulão, Adiel Luna, Alceu Valença, Ivan Ferraz, Rogério Rangel, Beto Ortis, Academia da Berlinda, Fulô de Mandacaru, Benil, Alcymar Monteiro, Maciel Melo, grupo de bacamarteiro Fulô de Mandacaru, Coco de Roda Raio de Luz, Quadrilha Matuta do Açude de Pedra, Valdir do Forró Pé de Serra, Forró do Matulão, Violeiro Heleno Fragoso, Ciranda do Mestre Galdino e centenas de outras atrações foram contratadas pelo Governo de Pernambuco para animar o Ciclo Junino nos municípios do estado.

 Por meio de uma Convocatória Pública realizada pela Secult/Fundarpe e Seturel/Empetur, a gestão estadual reforça o compromisso de garantir a manutenção das tradições culturais do festejo em todas as regiões pernambucanas. O edital foi direcionado para fazer circular, por todo Pernambuco, artistas do forró, bandas de pífanos, bumba meu boi, cavalo marinho, ciranda, coco, embolada, bacamarte, mamulengo, mazurca, quadrilha junina, reisado, repente, são gonçalo, viola, xaxado e trios de forró pé de serra.

“Mais de 200 artistas e grupos culturais identificados com as tradições deste período foram contratados e serão pagos com recursos do Estado. Ao todo serão em torno de 300 apresentações, um recorte mais que necessário em tempos como este, no qual o poder público precisa incentivar a música e os ritmos que – a despeito de toda a qualidade comprovada – ainda aparecem muito pouco na televisão e quase não são tocados ao longo do ano na grande maioria das rádios comerciais do estado”, comenta Marcelino Granja, Secretário Estadual de Cultura.

Divulgação

Mestres e grupos de cultura popular, inclusive alguns Patrimônios Vivos do Estado, também integram a lista de contratados. “São João é uma das festas mais afetivas do nosso calendário, da parte de quem faz a política pública do estado é um compromisso a construção de um calendário que valorize a essência da nossa cultura, as raízes da nossa identidade. Nesse sentido, estamos garantindo as apresentações de quadrilhas juninas, o coco, ciranda, bandas de pífano, grupos de bacamarte e de forró pé de serra em dezenas de municípios do estado”, destaca a Presidente da Fundarpe Márcia Souto.

Figurando entre os contratados pelo Governo do Estado para enriquecer a programação do São João de Arcoverde, o cantor Maciel Salú comentou, após o show realizado no sábado (17): “Dinheiro público tem que ser bem investido no fomento à cultura, que é muito rica em todos os cantos desse estado. Temos muitos grupos, muitos CDs de boa qualidade, mas que têm pouco espaço na mídia, precisamos ficar mais atentos e não deixar que alguns municípios acabem com a tradição”.

Também de Arcoverde, que faz um São João de todas as culturas, o Mestre Ciço Gomes (Coco Trupé), ressalta a importância dos artistas de Pernambuco serem valorizados neste período: “Não é questão de preconceito, todo artista precisa trabalhar, mas este é o mês de cantar a música nordestina, nosso forró, o baião. Precisamos respeitar o período onde despontaram artistas como Luiz Gonzaga, o Trio Nordestino e, digo mais, quando se contrata um artista da terra, o dinheiro fica aqui, é com ele que a gente paga um técnico, compra um figurino”, movimentando a cadeia da cultura no estado.

A mestra Ana Lúcia do Coco, que se apresenta na Casa da Cultura, conta que aprendeu a viver o período de São João com o pai: “É uma tradição que hoje vivo com muito amor, tinha apenas três anos quando entrei no coco e hoje, todo ano, recebo muitos grupos de coco em casa e a gente sai pelas ruas com o andor, vivendo o São João como antigamente. Depois, a festa acontece até o raiar do dia, é uma alegria, só vindo pra ver essa riqueza toda”.

TURISMO – Com relação à expectativa de ocupação hoteleira durante o São João nos polos juninos é de 94,62%, considerando Caruaru, Gravatá, Petrolina, Arcoverde e Bezerros. “Pernambuco tem trabalhado de forma intensa na divulgação do seu calendário festivo nos mercados emissores e em novos mercados, e também fechado parcerias com empresas do setor turístico. Todo esse trabalho admite estimar um crescimento nos números do São João em relação ao último ano”, diz o secretário de Turismo de Pernambuco, Felipe Carreras.

Renato Spencer\Santo Lima

Renato Spencer\Santo Lima

São João da Casa da Rabeca, importante polo de manutenção das tradições juninas, também recebe apoio do Governo

SÃO JOÃO NA CASA DA CULTURA

Até o dia 23 de junho, pernambucanos e turistas que visitarem a Casa da Cultura poderão viver o São João das tradições. As apresentações gratuitas de grupos como Ciranda Mimosa, Netas de Selma do Coco, Quadrilha Junina Raio de Luz, Banda de Pífano Fulni-ô, entre outros, acontecem sempre a partir das 11h, animando o equipamento cultural e incentivando ainda a cadeia do artesanato pernambucano.

FORRÓ DO SALU EM OLINDA

A Casa da Rabeca, em Olinda, recebe a 14ª edição do Forró do Salú, com incentivo da Secult-PE e da Fundarpe, que contratou toda a programação artística. Nesta sexta (23) e no sábado (24), sempre a partir das 20h, se apresentam Família Salustiano e a Rabeca Encantada, Ivan Ferraz, Gilmar Leite, Rogério Rangel, Coco de Roda Raio de Luz, Beto Hortis e Nádia Maia. A entrada é gratuita.

VII PIPOCO NA MATA – Tradicional encontro de manifestações da cultura popular reunirá grupos de coco, ciranda, forró e bacamarte, de 23 a 15 de julho, em diversos terreiros da Mata Norte de Pernambuco. A abertura acontece nesta sexta, no Sítio Açude de Pedra, em Lagoa de Itaenga, do mestre Nieto, com o grupo de bacamarteiros Rei do Cangaço e o Coco Raio de Luz.

 O Governo de Pernambuco, através da Secult e Fundarpe, também apoia a realização do 5º ENCONTRO DAS VARIANTES CULTURAIS DOS BOIS E SIMILARES DE PERNAMBUCO, que reunirá 23 grupos de bois de todo estado de Pernambuco, e acontecerá em Caruaru, ainda neste mês de junho.

 

ALGUNS SHOWS CONTRATADOS PELO GOVERNO DE PERNAMBUCO

ARCOVERDE

Sábado, 17/6

- Maciel Salú

Domingo, 18/6

- Academia da Berlinda

- Adiel Luna

Sábado, 24/6

- Alceu Valença

Domingo, 25/6

- Maciel Melo

 

GLÓRIA DO GOITÁ

Sábado, 24/6

19h – Mestre Zé Lopes (Patrimônio Vivo)

 

GRANITO

Terça-feira, 27/6

0h – Geraldinho Lins

 

ITAMBÉ

Domingo, 25/6

18h – Petrúcio Amorim

 

AFOGADOS DA INGAZEIRA

Quinta-feira, 29/6

23h30 – Elba Ramalho

 

AGRESTINA

Terça-feira, 13/6

23h – Alcymar Monteiro

 

JABOATÃO DOS GUARARAPES

Sexta-feira, 23/6

21h30 – Alceu Valença

 

JOÃO ALFREDO

Sábado, 17/6

Cristina Amaral

 

LAGOA DO CARRO

Sexta-feira, 30/6

22h – Irah Caldeira

 

MACAPARANA

Sábado, 17/6

22h – Irah Caldeira

 

Domingo, 18/6

17h – Santanna

 

NAZARÉ DA MATA

Domingo, 25/6

22h – Cristina Amaral

 

PESQUEIRA

Sábado, 17/6

0h – Fulô de Mandacaru

 

SANHARÓ

Sábado, 24/6

0h – Azulão

 

SERTÂNIA

Sábado, 24/6

23h30 – Josildo Sá

 

TACAIMBÓ

Quarta-feira, 28/6

0h – Benil

 

 PROGRAMAÇÃO SÃO JOÃO PIPOCO NA MATA

 Quinta-feira – 23 de junho

Lagoa de Itaenga – Sítio Açude de Pedra

A partir das 16h     

Grupo de Bacamarteiros Rei do Cangaço

Coco de Roda Raio de Luz

Quadrilha Matuta do Açude de Pedra

Trio de Forró Pe de Serra Lindolfo do Forró

 

Quinta-feira – 29 de junho          

Goiana – Terreiro do Maracatu de Baque Solto Leão da Fortaleza

A partir das 20h

Grupo de Bacamarteiros Rei do Cangaço

Ciranda da Fortaleza

Coco de Roda Raio de Luz

 

Sábado – 01 de julho

Glória do Goitá – Sede do Maracatu Baque Solto Águia Dourada

A partir das 20h

Banda de Forró Pé de Serra “Cenário Nordestino”

Ciranda da Flor de Mestre Carlos Antônio

Valdir do Forró Pé de Serra

 

Sábado – 1 de julho          

Tracunhaém – Terreiro do Maracatu de Baque Solto Leão Formoso de Tracunhaém         

A partir das 20h

Grupo de Bacamarteiros Rei do Cangaço

Quadrilha Matuta do Açude de Pedra

Ciranda do Mestre Bi

Ciranda de Mestre Edmilson

Ciranda de Mestre Gentil

 

Domingo -2 de julho

Lagoa de Itaenga | ”A Noite do Coco de São Pedro” – Sítio Açude de Pedra           

A partir das 14h

Coco de Roda do Mestre Bio Caboclo

Coco da Paz de Mestre Pita

Coco de Roda Popular da Fortaleza

Coco de Roda de Mestre Borge Lucas

 

Domingo – 09 de julho

Paudalho – Sítio Varame do Mestre Bio Caboclo    Domingo –

A partir das 16h

Grupo de Bacamarteiros Rei do Cangaço

Coco de Roda do Mestre Bio Caboclo

 

Sábado – 14 de julho

Glória do Goitá – Terreiro do Maracatu de Baque Solto Carneiro Manso       

A partir das 20h     

coco de Roda Raio de Luz

Ciranda Bela Rosa de Mestre Bi

Forró Pé de Serra de Glória

 

Domingo – 15 de julho

Lagoa de Itaenga – Sítio Açude de Pedra      

A partir das 11h     

Grupo de Bacamarteiros Rei do Cangaço

Coco de Roda Raio de Luz

Forró do Matulão

Violeiro Heleno Fragoso

Ciranda de Mestre Zé Galdino

 

 

 

 

< voltar para home