Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Serviço Cultural

“Benzinho” e “Ser Tão Velho Cerrado” estreiam no Cinema São Luiz

Divulgação

Divulgação

“Benzinho” é um emocionante retrato da família brasileira

A programação do Cinema São Luiz conta com duas estreias nesta semana: Bezinho (2017) e Ser Tão Velho Cerrado (2017). O primeiro, dirigido por Gustavo Pizzi, conta a história de uma mãe que recebe a notícia de que o filho primogênito foi convidado para jogar handebol profissionalmente na Alemanha e precisa lidar com o impacto de sua partida. Lançado no Festival de Sundance neste ano, o drama tem Karine Teles, Otávio Muller e Adriana Esteves no elenco.

Já no documentário Ser Tão Velho Cerrado (2017), sob a batuta do cineasta André D’Elia, os moradores da Chapada dos Veadeiros, preocupados com o fim do Cerrado em Goiás, procuram novas formas de desenvolver a região sem agredir o meio ambiente.

Seguem ainda em cartaz no São Luiz os filmes: O Nó do Diabo (2018) Unicórnio (2017).

Com som e projeção digitais, o São Luiz é o cinema de rua mais moderno de Pernambuco. Os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada). Às terças-feiras, os valores caem para R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia-entrada), respectivamente.

Confira a programação completa abaixo:

Semana de 23 a 29 de agosto

BENZINHO
(Brasil, 2017, 95min.)
Gênero: Drama | Direção: Gustavo Pizzi | Elenco: Karine Teles, Otávio Müller, Adriana Esteves
Classificação Etária: 12 anos
Sinopse: O primogênito de uma família de classe média é convidado para jogar handebol na Alemanha e lança sua mãe (Karine Teles) em uma espiral de sentimentos pois, além de ajudar a problemática irmã (Adriana Esteves), lidar com as instabilidades do marido (Otávio Müller) e se desdobrar para dar atenção ao seus outros filhos, ela terá de enfrentar sua partida antes de estar preparada para tal.
Dias e horários: quinta-feira (23) e domingo (26), às 17h40 | sexta-feira (24), às 15h15 | sábado (25) e terça-feira (28), às 19h30 | quarta-feira (29), às 15h25.

SER TÃO VELHO CERRADO
(Brasil, 2017, 96min.)
Gênero: Documentário | Direção: André D’Elia
Classificação Etária: Livre
Sinopse: Os moradores da Chapada dos Veadeiros, preocupados com o fim do Cerrado em Goiás, procuram novas formas de desenvolver a região sem agredir o meio ambiente em que vivem. O desafio, agora, é conciliar os interesses relacionados ao manejo da Área de Proteção Ambiental do Pouso Alto. Para isso, a comunidade científica, grandes proprietários de terra e defensores do meio ambiente iniciam um diálogo delicado, mas necessário.
Dias e horários: quinta-feira (23) e sexta-feira (24), às 19h30 | sábado (25), às 15h25 | terça-feira (28), às 17h40.

UNICÓRNIO
(Brasil, 2017, 122min.)
Gênero: Drama | Direção: Eduardo Nunes | Elenco: Bárbara Luz, Patrícia Pillar, Zé Carlos Machado
Classificação Etária: 10 anos
Sinopse: Quando o pai de Maria (Bárbara Peixoto) deixa sua casa, a menina e sua mãe voltam a seu cotidiano de cuidar da casa e da plantação e esperam que ele regresse. Porém, quando o destino das duas se cruza com um criador de cabras que vive na região, elas se entregam a seus desejos e o futuro de sua família pode se tornar trágico.
Dias e horários: quinta-feira (23) e terça-feira (28), às 15h25 | sábado (25) e quarta-feira (29), às 17h15 | domingo (26), às 15h25.

O NÓ DO DIABO
(Brasil, 2017, 128min.)
Gênero: Suspense, Terror | Direção: Ramon Porto Mota, Gabriel Martins, Ian Abé, Jhesus Tribuzi | Elenco: Zezé Motta, Everaldo Pontes, Fernando Teixeira, Isabél Zuaa, Tavinho Teixeira
Classificação Etária: 16 anos
Sinopse: Há dois séculos, no período da escravidão, uma fazenda canavieira era palco de horrores. Anos depois, o passado cruel permanece marcado nas paredes do local, mesmo que ninguém perceba. Eventos estranhos começam a se desenvolver e a morte torna-se evidente. Cinco contos de horror ilustram a narrativa.
Dias e horários: sexta-feira (24), às 17h05 | domingo (26), às 15h15 | quarta-feira (29), às 19h30.

< voltar para home