Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Serviço Cultural

Chris Nolasco celebra a mulher negra com show no Recife

Em celebração ao Dia Internacional da Mulher Negra, a cantora se apresenta no domingo (19), no Teatro Santa Isabel

A cantora e compostora baiana radicada no Recife, Chris Nolasco, apresenta no próximo domingo, 19 de agosto, o show da turnê ‘Sou Negra’, no Teatro Santa Isabel. Bastante admirada no exterior, Chris volta à capital pernambucana para celebrar o Dia Internacional da Mulher Negra, comemorado no dia 25 de julho. Convidados especiais também vão ganhar o palco, entre eles, a cantora Isaar e o percussionista Gilú Amaral.

Divulgação

Divulgação

Chris Nolasco

Chris Nolasco sempre valorizou sua origem nordestina e afrodescendente, imprimindo em seu trabalho autoral uma forte influência das manifestações culturais dos ritmos nascidos do povo negro. No repertório da turnê ‘Sou Negra’, músicas que compõem o CD ‘Pele Negra’, lançado pela artista em 2011 e que lhe rendeu o prêmio de Melhor Cantora na categoria CD Cultural pela ACINPE (Associação de Compositores e Intérpretes de Pernambuco), além de maracatus, ijexás e até mesmo a interpretação do Hino da África do Sul (Nkosi Sikelel’ iAfrika).

Nolasco faz um verdadeiro trabalho valorização da cultura negra através das canções, um universo tão discriminado e deixado à margem da sociedade. “Na qualidade de mulher negra, empoderada, eu uso a minha arte para abrir portas, espaços físicos e na mídia em geral, no intuito de contribuir na divulgação dos trabalhos das ONGs, que são as verdadeiras executoras de todo o trabalho, as grandes lutadoras e verdadeiras guerreiras deste trabalho de empoderamento da mulher negra”, defende a artista.

‘Sou Negra’ tem entre os objetivos a valorização cultural e a expansão da música produzida em território pernambucano, além do fomento às discussões relacionadas à Mulher Negra, bem como a valorização do trabalho promovido por organizações não governamentais e outras instituições na área. Por isso, em cada um dos locais pelo qual a turnê passará, Chris Nolasco vai escolher uma organização para atuar como parceria e receber 30% do valor arrecadado com a bilheteria.

Em Pernambuco, a instituição escolhida foi a Uiala Mukaji – Sociedade das mulheres negras de Pernambuco, localizada no bairro de Santo Amaro, no Recife. “Era um sonho contribuir na divulgação de instituições e ONGs que trabalham com as questões relacionadas a mulher negra e, através deste projeto, vi muito próxima essa oportunidade de tornar visíveis trabalhos que muitas pessoas desconhecem”, destaca Nolasco.

A turnê teve início no dia 13 de julho, em Salvador, e já passou pelo Rio de Janeiro e São Paulo. Depois do show no Recife, Nolasco segue para a capital paraibana João Pessoa. Todos os shows contam com recursos de acessibilidade, com presença de intérprete de libras.

SOBRE O DIA DA MULHER NEGRA

Instituído no Brasil por lei federal em 2014, o Dia da Mulher Negra tem como objetivo reforçar a importância das mulheres negras na história do país, bem como valorizar a identidade feminina negra e lembrar sua luta cotidiana desde os primórdios até os dias atuais. Nesta data também é celebrado o Dia Nacional de Tereza de Benguela, mulher negra e líder quilombola que viveu em Mato Grosso durante o Século 18 e que se tornou rainha, resistindo bravamente à escravidão por duas décadas, tornando-se símbolo feminino da resistência negra no Brasil colonial.

SOBRE CHRIS NOLASCO

Além de cantora e compositora, Chris Nolasco é também produtora cultural, assistente social e especialista em Etnomusicologia, graduada pela UFPE (Universidade Federal de Pernambuco). Canta profissionalmente há quinze anos e já participou de vários projetos de diversos artistas, como o Quinteto Violado, Naná Vasconcelos (BATUKAFRO), Herbert Lucena, D. Cila do Coco e ThinkOfOne – grupo belga com o qual se apresentou na Europa, Ásia e América Latina.

Também já marcou presença em importantes festivais de músicas no Brasil e no Exterior, se apresentando em países como Bélgica, Portugal, Espanha, Inglaterra, Cuba, Holanda, Suíça, Japão e Croácia, dentre outros países. Destacou-se cantando e tocando percussão em festivais como Fuji Rock Festival (Naeba/Japão), Jazz a Viene (Lyon/França), Womex (Essem/Alemanha) e Womed (Londres/Inglaterra).

Seu primeiro disco solo, ‘Pele Negra’ (2011), contou com a direção musical do cantor Herbert Lucena e teve participações especiais do Maestro Edson Rodrigues, Cezzinha do Acordeom e Scott Kettner (EUA). O trabalho lhe rendeu o prêmio de Melhor Cantora na Categoria CD Cultural outorgado pela ACINPE (Associação de Compositores e Intérpretes de Pernambuco) mediante avaliação da crítica especializada e do voto popular.

Em 2012, Chris Nolasco foi a única mulher negra do Nordeste a representar o Brasil no Encontro Internacional de Solidariedade Mundial em Paris, na França, atendendo convite da ONG francesa PRUNE RT, contando com o apoio da PRUNE e do Ministério da Cultura do Brasil. Já em 2016, Chris Nolasco levou seu trabalho aos Estados Unidos, onde realizou turnê e participou do projeto de intercâmbio cultural em parceria com a Universidade do Tennessee Martim.

Em 2017, se apresentou no PASIC-PERCUSSIVE ARTS SOCIETY – a maior convenção internacional de percussão dos EUA, ao lado do percussionista Gilú Amaral da Orquestra Contemporânea de Olinda, uma parceria que rendeu muitos aplausos por onde passaram. A partir de outubro deste ano, Chris Nolasco e o músico Demétrio Rangel embarcam para a Bélgica para participar do Intercâmbio Cultural Aliança Brasil-Bélgica, também patrocinado pelo Funcultura. O trabalho envolverá workshops e shows em parceira com dois violonistas belgas, Katrien Van Remortsel e Wouter Wandenabeele. A proposta é que os artistas da Bélgica também visitem Recife para a realização de workshops e shows.

SERVIÇO
Chris Nolasco apresenta ‘Sou Negra’
Domingo, 19 de agosto de 2018, 19h
Convidados: Isaar e Gilú Amaral (Criador da Orquestra Contemporânea de Olinda).

Teatro Santa Isabel (Praça da República, 233 – Santo Antônio)
Ingressos: R$30 INTEIRA / R$15 MEIA / E O INGRESSO SOCIAL/PROMOCIONAL R$15 + 1kg de alimento não perecível e estão à venda na Passa Disco (R. da Hora, 345 – Espinheiro, Recife (32680888) e também na bilheteria do Teatro de Santa Isabel.
Ouça Chris Nolasco: www.soundcloud.com/chrisnolasco
Veja Chris Nolasco: https://goo.gl/2n5mjB

< voltar para home