Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Serviço Cultural

Performances femininas ocupam a galeria Maumau

Raísa Inocêncio, Kalor Pacheco, Libra Cruz e Carol Marim participam do evento que debate a sexualidade e suas afetações nesta quinta-feira (23), às 19h.

Divulgação

Divulgação

A cearense Raísa Inocêncio apresentará um banho/ritual como performance.

Quatro artistas mulheres se reúnem na galeria Maumau nesta quinta-feira (23), às 19h, para performar e debater novas perspectivas das sexualidades e suas afetações. Na ocasião, a cearense Raísa Inocêncio traz a personagem “Vênus Caôzeira”, que protagonizou a sua pesquisa acadêmica, para interagir com os trabalhos de Kalor Pacheco, Libra Cruz e Carol Marim.

A Vênus Caôzeira nasceu para dar voz e corpo estético-político sobre o imaginário e desejo feminino brasileiro, compondo uma cartografia pessoal e itinerante sobre algumas das personagens nacionais, mulheres fictícias como Gabriela de Jorge Amado e Xica da Silva. “A pesquisa apresenta três apontamentos: a cartografia íntima e estética, o ativismo contra a cultura de violência e medo e a política dos afetos”, explica Raísa, que, na mesma noite, apresentará uma performance-banho-ritual. Vênus Caôzeira está inserida no projeto de cultura e estética brasileira apresentado neste ano como tese de dissertação de mestrado no curso de filosofia na Universidade de Coimbra, em Portugal, e Universidade de Toulouse, na França.

As performances seguem com Kalor Pacheco e Libra Crux, que também propõem versões deste lugar do corpo e suas implicações como arte e como política de existência. Na performance ”DELíRIO”, Libra explora um processo de cura a corpos de dissidência social, que privadas de viver a realidade em paz, encontram no delírio um lugar de possibilidade de existência. “Este trabalho é sobre a conexão que o meu corpo teve/tem/terá com o delírio”, afirma Libra. “Como delirar me incentiva a construir corpos e expressões desse corpo-bicha que foram remediados a não serem desenvolvidos ao mesmo tempo que desgasta e tira do eixo esse corpo matéria, um ciclo vicioso entre realidade e subversão, que a partir da linguagem performática transforma esse processo em imagem viva”, completa.

Já a comunicadora e artista Kalor mostra uma de suas videoperformances ao vivo, a parte 1 da série #tecnologiaaservicodaorgia, intitulada “Eu Tive Que Engolir or Engolir Porra Nem1a”, que será transmitida através do site Cam4 (o link será antecipadamente disponibilizado no evento Vênus Caôzeira no Facebook). O trabalho nasceu na experiência do Museu do Sexo das Putas, residência artística da Associação de Prostitutas de Minas Gerais – Aprosmig, realizada na cidade de Belo Horizonte em 2016, e recentemente foi apresentada como curta-metragem experimental (videoperformance) no II FINCAR – Festival Internacional de Cinema de Realizadoras, além de ter passado pelo 27º Festival de Inverno de Garanhuns e pela mostra Performances negras e caboclas pela DesCÚlonização Social na Udesc, entre outras. A performance é transmitida em live streaming no site de sexo Cam4, aborda diversos assédios sexuais masculinos, muitos deles virtuais, e tem amadurecido como um processo artístico em busca de novas e possíveis educações sexuais para jovens periféricas.

Além da presença de Libra e Kalor na mesa de debates, o panorama apresentado por Raísa Inôcencio, a partir de sua dissertação, contará com a participação de Carol Marim, bailarina contemporânea e pós-doutora em Filosofia. Carol realiza, desde fevereiro, o projeto de Extensão em Performance e Filosofia dentro do convenio UFPE – Cine-Teatro Bianor Mendonça Filho, na cidade de Camaragibe/PE. Participou dos grupos de dança Mergulho no corpo (1998-2004/ Florianópolis/SC) e Café Reason Butoh Dance Theatre (2008-09/ Oxford/UK). Suas performances são normalmente realizadas em espaços públicos.

SERVIÇO
Noite de performances e bate-papo Vênus Caozeira, com Raísa Inocêncio, Kalor Pacheco, Libra Cruz e Carol Marim
23 de agosto, às 19h
Maumau (Rua Nicarágua, 173, Espinheiro)
Evento Gratuito (Colabore com o quanto puder)

 

< voltar para home