Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

PATRIMÔNIO CULTURAL

Maracatu Estrela de Ouro de Aliança

Cidade: Aliança
Atividade/expressão cultural: Maracatu de Baque Solto
Ano de registro de patrimônio vivo: 2011

Foto: Ricardo Moura

O Maracatu Estrela de Ouro foi criado 1966, no Sítio Chã de Camará, município de Aliança, Zona da Mata Norte pernambucana. Seu mentor, o Mestre Batista e outros moradores do sítio decidiram criar o maracatu para inseri-lo nas brincadeiras do cavalo-marinho, forró de rabeca e rodas de ciranda. Durante as festas e sambadas no terreiro do Estrela de Ouro foram formados vários mestres como Manoel Salustiano, Luiz Paixão, Biu Roque e Zé Duda. Com o falecimento do Mestre Batista, em 1991, seu filho, José Lourenço da Silva, assume a presidência iniciando uma nova fase com o grupo.

Dentre suas atividades, o Encontro de Maracatus Rurais, que ocorre nas segundas e terças-feiras de carnaval em Nazaré da Mata, é considerado um dos eventos mais relevantes produzidos pelo grupo. Em função do trabalho desenvolvido de valorização das práticas e tradições culturais, o Estrela de Ouro foi reconhecido como Ponto de Cultura em 2004, pelo programa Cultura Viva, do Ministério da Cultura. Em 2009, recebeu do mesmo Ministério a “Ordem do Mérito Cultural”, considerado o prêmio máximo da cultura brasileira.

Reconhecido Maracatu de Baque Solto do Estado, o Estrela de Ouro tem se apresentado em diversas cidades do Brasil e em 2006, fez apresentações nas cidades francesas de Murat e Paris, exibindo e transmitindo sua forma de expressão. Em dezembro de 2011, o Maracatu Estrela de Ouro foi reconhecido como Patrimônio Vivo de Pernambuco.

Confira abaixo o vídeo ‘Os Caboclos Dourados de Aliança’, produzido pelo Jornal do Commercio, com incentivo do Governo de Pernambuco, que documenta um pouco sobre o Maracatu Estrela de Ouro de Aliança, na série ‘Pernambuco Vivo’.