Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Cultura popular e artesanato

Casa da Rabeca promove 11º Carnaval Mesclado

Com apoio do Governo de Pernambuco, espaço em Olinda oferece dois dias de festejos carnavalescos com muito frevo, maracatu, cavalo marinho e caboclinho.

Sintonizada com o que há de mais genuíno na cultura pernambucana, a Casa da Rabeca promove o 11º Carnaval Mesclado, festa que celebra os festejos de Momo em grande estilo. O espaço promove dois dias de folia – no domingo e na segunda-feira de Carnaval – com muito frevo, maracatu, caboclinho, cavalo marinho, shows de Claudionor Germano, grupo Família Salustiano e a Rabeca Encantada, entre outras atrações. A programação conta com o apoio do Governo de Pernambuco e a entrada é gratuita.

Divulgação

Divulgação

O cantor Claudionor Germano, que se despede dos palcos neste Carnaval, é um dos artistas contratados pela Secult/Fundarpe

A festa no domingo, dia 15, começa às 9h, com a concentração do tradicional Bloco da Rabeca Encantada. A agremiação, que funde orquestras de frevo e grupos de maracatu e caboclinho, formando uma explosão de ritmos e cores que desfila pelas ruas de Olinda. O bloco se concentra em frente ao Colégio Cidade Tabajara, tendo como destino final a Casa da Rabeca.

No espaço, a festa continua com show de Claudionor Germano, às 11h. Com 68 anos de carreira dedicada à música popular, em especial ao frevo, o cantor entoa clássicos do Carnaval pernambucano. A animação entra pela tarde com apresentações de grupos regionais, que tocam na Casa da Rabeca até as 17h.

Na segunda-feira (16), a festança continua com grandes encontros de música regional. Grupos de maracatu de baque solto, de baque virado e caboclinhos se reúnem para tocar e dançar juntos durante todo o dia, das 9h às 17h, celebrando a cultura e os ritmos da terra. As atrações fazem um intervalo às 13h, quando entra em cena o grupo Família Salustiano e a Rabeca Encantada, que se apresenta com repertório igualmente regional.

TRADIÇÃO DO MARACATU – Ainda na segunda-feira (16) o 25º Encontro Estadual de Maracatus de Baque Solto agita o bairro da Cidade Tabajara. O tradicional encontro, criado pelo Mestre Salustiano há 25 anos, reúne grupos de todo o Estado, principalmente da Zona da Mata pernambucana. Ao som dos batuques, caboclos de lança dançam e compõe a cena que é típica do Carnaval de Olinda. O evento acontece na Praça Ilumiara Zumbi, a partir das 10h.

Para Pedro Salustiano, organizador do evento, é uma honra poder perpetuar o legado deixado pelo seu pai, o Mestre Salu, rabequeiro e brincante pernambucano falecido em 2008. “É uma experiência única poder transmitir esse legado para as novas gerações. Essa é a nossa missão, pois queremos difundir cada vez mais a nossa cultura”, comenta. Todos os eventos são realização da Casa da Rabeca em parceria com Fundarpe, Secretaria de Cultura e Governo do Estado.

SERVIÇO:
11º Carnaval Mesclado da Casa da Rabeca
Quando: dias 15 e 16 de fevereiro (domingo e segunda-feira de Carnaval)
Horário: das 9h às 17h
Onde: Casa da Rabeca (Rua Curupira, 340, Cidade Tabajara – Olinda/PE)
Entrada franca.

Programação:
15/02:
9h – Desfile do bloco da Rabeca Encantada
11h – Show com Claudionor Germano
Até as 17h – Apresentações de maracatu, caboclinho, cavalo marinho e frevo.

16/02:
A partir das 9h – Encontros de grupos de maracatu, caboclinho e cavalo marinho.
13h – Show com o grupo Família Salustiano e a Rabeca Encantada
Até às 17h – Encontros de grupos de maracatu, caboclinho e cavalo marinho.

25º Encontro de Maracatus de Baque Solto de Pernambuco
Quando: 16 de fevereiro de 2015 (segunda-feira de Carnaval)
Horário: 10h
Onde: Praça Ilumiara Zumbi, Cidade Tabajara – Olinda/PE
Entrada Franca.

< voltar para home