Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Espaços culturais

Agenda dos Equipamentos Culturais | 12 a 18 de setembro

Confira abaixo a programação da rede de equipamentos culturais gerenciados pela Secult-PE/Fundarpe, entre os dias 12 e 18 de setembro:

Divulgação

Divulgação

Filme baseado em livro de Graciliano Ramos terá sessão especial no Cinema São Luiz

12 a 18 de setembro
“Memórias do Cárcere” em sessão especial no Cinema São Luiz no sábado
O Cinema São Luiz oferece neste sábado sessão especial com “Memórias do Cárcere”, baseado em livro de Graciliano Ramos, com Carlos Vereza e Glória Pires. O filme de 1984 dirigido por Nelson Pereira dos Santos será exibido com projeção analógica em 35 mm. A exibição integra o projeto Sessão Aeso, marcada para as 16h, seguida de debate com o professor, jornalista e crítica de cinema Luiz Joaquim. A programação semanal continua pela terceira semana dominada por “Bacurau”, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles. Completam a grade “A Serpente”, com Matheus Nachtergaele e dirigido pelo pernambucano Jura Capela, e “O Verde Está do Outro Lado”, documentário de Daniel Rubio sobre a política da água no Chile, onde o recurso é privatizado desde a década de 1980. Os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada). Às terças-feiras, a inteira sai por R$ 6 e a meia-entrada, R$ 3.

13 de setembro
“Manifesto Balbúrdia Poética: 80 Tiros” será lançado nesta sexta-feira no Espaço Pasárgada
O Espaço Pasárgada será palco para o lançamento do “Manifesto Balbúrdia Poética: 80 tiros”, na edição de setembro do projeto Saraus em Pasárgada. Para apresentar a publicação que traz 24 poemas sobre temas que rondam a política nacional atualmente, os artistas que assinam os textos vão participar do tradicional recital do evento e de uma roda de conversa a partir das 18h, com entrada gratuita. Poetas que são de outros estados brasileiros se integrarão ao sarau, através de videochamadas ou envio de vídeos gravados com a leitura dos textos. Também haverá projeção de poesias durante o evento.
Serviço
Saraus em Pasárgada
Lançamento do “Manifesto Balbúrdia Poética: 80 tiros”
Sexta-feira, 13 de setembro, às 18h
Espaço Pasárgada (R. da União, 263 – Boa Vista, Recife – PE)
Entrada Franca

Foto: Jan Ribeiro/ Secult PE - Fundarpe

Foto: Jan Ribeiro/ Secult PE - Fundarpe

Afoxé Orá Omim comanda oficina na Casa da Cultura

14 de setembro
Grupo de afoxé Ará Omim oferece oficinas na Casa da Cultura com projeto “Povo das Águas”
Neste sábado acontece o segundo encontro mensal do projeto Povo das Águas, idealizado pelo grupo de afoxé Ará Omim, na Casa da Cultura. A agenda deste fim de semana terá duas oficinas, de dança e de percussão, além de apresentações de afoxé e maracatu. O evento começa às 14h, na área externa, e segue até as 17h. A entrada é gratuita e as inscrições podem ser feitas aqui (https://www.sympla.com.br/oficina-de-percussao__642841), para percussão, e aqui (https://www.sympla.com.br/oficina-de-danca__642776), para dança. A programação da iniciativa prevê encontros mensais até maio de 2020, com mesas de formação e shows, além das oficinas.

Christina Schug/Divulgação

Christina Schug/Divulgação

“Um pano que limpa o tempo” está de volta ao Teatro Arraial

14 e 15 de setembro
“Um pano que limpa o tempo” retorna ao palco do Teatro Arraial Ariano Suassuna
Depois de uma temporada de sucesso no mês de julho, a Compassos Cia. de Danças volta ao palco do Teatro Arraial Ariano Suassuna. O grupo encena, nos dias 14 e 15 setembro, às 19h, o espetáculo ”Um pano que limpa o tempo”. A montagem, que é uma adaptação do conto “Inundação”, do escritor moçambicano Mia Couto, é interpretada pelos bailarinos Patrícia Costa e Fernando Rybka. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada), e estarão à venda na bilheteria do teatro duas horas antes das apresentações.
Serviço
“Um pano que limpa o tempo”, da Compassos Cia. de Danças
Teatro Arraial Ariano Suassuna – Rua da Aurora, 457, Boa Vista (Recife, PE)
14 e 15 de setembro, às 19h
R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia), à venda na bilheteria do teatro nos dias das apresentações
Informações: (81) 99994-5629

Até 20 de setembro
Museu do Barro traz o olhar de estudantes sobre riqueza cultural de Caruaru
O Museu do Barro segue com a exposição “Caruaru: Cidade, Patrimônio e Poesia”. A mostra apresenta o olhar de alunos da Escola Municipal Professor Rubem de Lima Barros, localizada na periferia caruaruense, a respeito da riqueza cultural da cidade. O material exposto foi criado a partir de uma oficina de fotografia ministrada para os estudantes pelo fotógrafo Antônio Preggo.

Os estudantes participantes da formação estão entre os 12 e os 16 anos. A oficina durou uma semana e dá continuidade à parceria de cinco anos entre o Museu do Barro e a Escola Rubem de Lima Barros, que começou em 2014 com a exposição “O São João de Caruaru: um olhar contemporâneo”.
Serviço
Exposição “Caruaru: Cidade, Patrimônio e Poesia”
Museu do Barro de Caruaru (Praça Coronel José de Vasconcelos, 100, Centro)
Até 31 de agosto (terça a sábado, das 8h às 17h, e domingos, das 9h às 13h)
Entrada: R$ 2 (inteira) e R$ 1 (meia-entrada)

Divulgação

Divulgação

Gravura por Regina Carvalho integra a Ocupação Gráfica Lenta, na Torre Malakoff

Até 22 de setembro
“Coquetel Malakoff: Ocupação Gráfica Lenta” expõe gravuras artesanais no Recife Antigo
A Torre Malakoff sedia, até o dia 22 de setembro, uma exposição que mostrará aos visitantes do espaço a produção de um dos mais relevantes coletivos de artistas do Recife. “Coquetel Malakoff: Ocupação Gráfica Lenta” vai mostrar peças do grupo que há cinco anos se dedica à produção e ensino da arte da gravura artesanal. Além deles, participarão os ateliês Contraprova, de Lisboa, e o Grupo Matrix, de Fortaleza com HidroGráficas, conjunto de peças inspiradas nos rios que cortam suas respectivas cidades (o Tejo, em Portugal, e o Cocó, no Nordeste brasileiro). Ao todo, serão pelo menos 250 peças expostas na ocupação. O número de artistas envolvidos no processo ultrapassa 50.
Serviço
Coquetel Malakoff: Ocupação Gráfica Lenta
Torre Malakoff (Praça do Arsenal, Bairro do Recife)
Visitação: de 11 de agosto a 22 de setembro
Horários: terça a sexta, das 10h às 17h; sábado das 15h às 18h; e domingo das 15h às 20h
Entrada gratuita

Até 29 de setembro
Museu do Estado prorroga a mostra “João Câmara: trajetória e obra de um artista brasileiro”
O Museu do Estado de Pernambuco segue até o dia 29 de setembro com a exposição “João Câmara: trajetória e obra de um artista brasileiro”. A mostra, que oferece ao público o contato com um conjunto representativo das pesquisas visuais desenvolvidas pelo artista por meio de um vigoroso conjunto de pinturas em grande formato.

O projeto João Câmara: Trajetória e Obra de um artista brasileiro prevê como desdobramentos, a produção de um catálogo que incluirá, também, registros da exposição e um encontro com o artista moderado por um crítico de arte, aberto ao público em geral. Esse encontro acontecerá em São Paulo e no Recife, no período de cada uma das exposições. Para mediar os conteúdos expositivos junto aos visitantes, a equipe de educadores do Museu Afro Brasil construirá roteiros específicos, adequados aos diferentes segmentos de público e faixas de idade e, no Museu do Estado de Pernambuco uma equipe de educadores será especialmente contratada, para a mesma finalidade.
Serviço
Exposição João Câmara: trajetória e obra de um artista brasileiro
Museu do Estado de Pernambuco – MEPE  (Av. Rui Barbosa, 960 – Graças, Recife)
Até 29 de setembro
Visitação: A mostra fica em cartaz até o dia 24 de agosto, de terça a sexta-feira, das 9h às 17h; sábados e domingos, das 14h às 17h.

< voltar para home