Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Espaços culturais

Equipamentos públicos contam com agenda cultural diversificada

Neste final de semana, de quinta (30) a domingo (2), público encontrará nos espaços culturais programação com diversas linguagens artísticas

Franceso Zizola

Neste próximo final de semana, de quinta (30) a domingo (2), os equipamentos culturais da Secretaria de Cultura (Secult-PE) e Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) contam mais uma vez com uma programação voltada às diversas linguagens artísticas, da música às artes plásticas, do cinema à cultura popular. Tais atividades, muitas delas gratuitas ou com ingressos a preços populares, são voltadas para todo tipo de público e têm o objetivo de abrir espaço para a produção independente artística no Estado. Destaque para a exposição sobre a produção de açúcar que está no Museu do Estado de Pernambuco, além da Janela Internacional de Cinema do Recife, no Cinema São Luiz. Confira a programação completa:

História do açúcar no MEPE

A produção do açúcar no Brasil, Holanda, Indonésia e Suriname está retratada na exposição Açúcar: Um Doce Meio Amargo, desenvolvida pela fundação holandesa Noorderlicht e em cartaz no Museu do Estado de Pernambuco (MEPE), de 29 de outubro até 07 de dezembro. A mostra envolve o trabalho de seis renomados fotó¬grafos de vários países, sendo eles: Alejandro Chaskielberg, James Whitlow Delano, Ed Kashi, Carl de Keyzer, Tomasz Tomaszewski e Francesco Zizola.

A exposição já passou pelos outros três países já citados, colonizador e colônias, ligados pela produção do açúcar. A primeira edição brasileira da mostra aconteceu entre outubro e novembro de 2013, no Museu de Arte Contemporânea de Campinas (MACC) e foi um dos destaques do Festival de Fotografia de Campinas Hercule Florence. Em cada lugar por onde passou, a mostra incorporou aspectos regionais. Não será diferente em Pernambuco, onde teremos outras imagens relativas ao tema central da exposição, que estarão impressas em sacas de açúcar, compondo o cenário da mostra.

Museu do Estado de Pernambuco
Av. Rui Barbosa, 960, Graças, Recife – PE
Terça a sexta | 9h às 17h; Sábado e domingo | 14h às 17h
R$ 5 (inteira) e R$ 2,50 (meia)
(81) 3184 3170

Exposições de arte contemporânea

Na Cidade Alta de Olinda, o Museu de Arte Contemporânea sedia a exposição Janelas Contemporânea. A mostra, desenvolvida ao longo de quatro anos de pesquisa por parte de Elisa, é formada por tecidos e linhas usadas para realizar releituras de famosas obras, tais como as pinturas O Beijo, de Gustav Klimt, Mona Lisa, de Leonardo Da Vinci, e Abaporu, de Tarsila do Amaral. A abertura está marcada para as 19h, e contará com a presença do Maestro Israel França, que irá executar música ao vivo inspirada na obra de Elisa. A entrada é gratuita.
Além disso, o MAC apresenta seu acervo na galeria principal, além da exposição Ora Bolas, inspirada na Copa do Mundo de Futebol.

Miguel Toninato/Divulgação

Miguel Toninato/Divulgação

Exposição ficará no MAC até o dia 23 de novembro

Museu de Arte Contemporânea (MAC)
Rua 13 de maio, 149, Varadouro – Olinda – PE
Aberto para visitação, com acervo do espaço e exposição do projeto Ora Bolas
Terça a sexta | 9h às 17h; Sábado e domingo | 14h às 17h
Gratuito
(81) 3184 3153

MUBAC retrata o patrimônio vivo

Até a próxima segunda-feira (3) o Museu do Barro de Caruaru sedia a mostra fotográfica Pernambuco Vivo. A exposição, aberta ao público até o dia 3 de novembro deste ano, apresenta uma amostra do patrimônio cultural vivo de Pernambuco, seus mestres e outras expressões culturais de relevância para o Estado.

Fundarpe

Além disso, o MUBAC destaca em suas coleções os principais polos de cerâmica popular da região, enfatizando sua preservação e promoção. O acervo do museu é composto por cerca de 2.300 peças, entre cerâmica utilitária, decorativa, figurativa e ex-votos. A visitação ao espaço pode ser feita de segunda a sábado, das 8h às 17h. A entrada custa R$ 2 (inteira) e R$ 1 (meia).

Museu do Barro de Caruaru (MUBAC)
Praça Cel. José de Vasconcelos, 100, Centro – Caruaru – PE
Exposição de longa duração com acervo local e trabalhos de ceramistas da região e Exposição Pernambuco Vivo
Terça a sábado | 8h às 17h; Domingo | 9h às 13h
R$ 2 (inteira) e R$ 1 (meia)
(81) 3701 1533

Arte Sacra de Pernambuco em evidência

O acervo fixo do Museu de Arte Sacra de Pernambuco (MASPE), que começou a ser construído a partir de mais uma centena de peças cedidas pela Arquidiocese de Olinda e Recife, reúne objetos de culto como santos populares e de procissão, relicários, custódias e pinturas religiosas. Além disso, até o dia 20 de novembro o público poderá conferir a exposição individual de Milton Cosmus intitulada O Canto Santo Anjo do Senhor, com peças de arte sacra nanquim sobre canson.

Museu de Arte Sacra (MASPE)
Rua Bispo Coutinho, 726, Alto da Sé – Olinda – PE
Exposição de longa duração sobre arte sacra e popular
Terça a sexta | 10h às 16h; Sábados e domingos | 10h às 14h
R$ 2 (inteira) e R$ 1 (meia)
(81) 3184 3154

MUREO conta história do Estado

O MUREO, na Cidade Alta de Olinda, oferece diariamente ao público uma mostra permanente que propicia ao observador uma visão de uma casa pernambucana do século passado, além de contar, até o dia 30 de outubro, com a mostra temporária Os Mamulengos visitam o MUREO, aberta ao público das 16h às 17h. A exposição é fruto de uma parceria com o Museu do Mamulengo e com curadoria de Luciano Borges e Marjones Pinheiro.

Val Lima

Museu Regional de Olinda (MUREO)
Rua do Amparo, 128, Amparo, Olinda – PE
Exposição de longa duração com objetos e mobílias do século passado
Terça a sexta | 9h às 17h; Sábados e domingos | 14h às 17h
Exposição Os Mamulengos visitam o MUREO
Terça a sexta | 16h às 17h
Gratuito
(81) 3184 3159

São Luiz recebe o Janela Internacional de Cinema

A sétima edição do festival de cinema mais importante do Recife continua no Cinema São Luiz até o próximo domingo (2), dia do encerramento da mostra. Confira aqui a programação completa do Janela Internacional de Cinema do Recife.

Cinema São Luiz
Rua da Aurora, 175, Boa Vista – Recife – PE
VIII Janela Internacional de Cinema do Recife
Programação completa no site do festival
(81) 3184 3157

Cinema no Pasárgada

Ricardo Moura/Secult-PE

Ricardo Moura/Secult-PE

Cine Pasárgada terá desta vez sessões com filmes de cineastas e diretores pernambucanos

O Espaço Pasárgada promove nesta quinta-feira (30), mais uma sessão do projeto Cine Pasárgada, desta vez com o filme Baixio das Bestas (2007), de Cláudio Assis. A iniciativa tem o objetivo de estimular o acesso ao conhecimento das obras cinematográficas produzidas em Pernambuco. A sessão será realizada às 19h, no Salão de Exposição Pasárgada, e a entrada é gratuita.

Após a exibição do filme, o público poderá conversar com Cláudio Assis sobre a produção das obras e outros assuntos ligados ao cinema pernambucano. Além disso, estão previstas até o final do ano outras quatro sessões que se repetirão a cada quinze dias, com a participação de nomes como Marcelo Pedroso, Antônio Carrilho, Sérgio Oliveira, Renata Pinheiro e Lírio Ferreira.

Espaço Pasárgada
Rua da União, 263, Boa Vista – Recife – PE
Cine Pasárgada
Quinta (30) | 19h
Gratuito
(81) 3184 3166

Torre Malakoff sedia exposições

A Torre Malakoff, no Bairro do Recife, segue com duas exposições gratuitas: Barco de Fogo e Gráfica Lenta. A primeira é do fotógrafo sergipano Márcio Garcez, que registrou durante três anos os processos de feitura e apresentação do Barco de Fogo, brincadeira popular sergipana que mistura fogos de artifício e artesanato. A obra foi contemplada na 2ª Convocatória de Ocupação da Sala Alcir Lacerda, uma iniciativa da Secretaria de Cultura de Pernambuco, através da Coordenadoria de Fotografia, com o objetivo de abrir espaço para a produção independente no Estado.

Priscilla Buhr

Já a mostra Gráfica Lenta, um trabalho do artista Maurício Castro, preza por uma criação sem tanta pressa e que tem o lema ‘A prensa é inimiga da perfeição’. A exposição foi feita com gravuras em linóleo de forma independente, é fruto de uma produção na galeria Maumau, Zona Norte do Recife, feita pelos artistas Beta Ferral, Cecília Araújo, Chia, Cleto Campos, Eduardo Montenegro, Fernando Duarte, Joana Liberal, Maurício Castro, Regina Carvalho e Rinaldo. A coordenação do projeto é de Irma Brown e a produção de Clarice Hoffman.

Torre Malakoff
Praça do Arsenal, s/n, Bairro do Recife – Recife – PE
Exposições Barco de Fogo e Gráfica Lenta
Terça a sexta | 10h às 18h; Sábados e domingos | 15h às 18h;
Gratuito
(81) 3184 3185

Cultura popular no Bairro de São José

A Casa da Cultura, no centro do Recife, recebe novamente neste sábado (1º) um ensaio do Maracatu Várzea do Capibaribe, às 15h, no Palco Nelson Ferreira (hall central). No mesmo dia, o Mestre Pirulito ministrará uma oficina sobre a história e características do maracatu, uma das manifestações populares mais conhecidas em Pernambuco. Além disso, na sexta-feira (31), às 18h, tem roda de capoeira com o Mestre do Vale, assim como em todas as terças, quintas e sextas-feiras. As duas atividades são abertas ao público.

Casa da Cultura

Casa da Cultura
Cais da Detenção, s/n, Santo Antônio, Recife – PE
Roda de capoeira com Mestre do Vale
Terças, quintas e sextas-feiras | 18h
Ensaio do Maracatu Várzea do Capibaribe
Sábado (31) | 15h
Gratuito
(81) 3184 3151

Teatro adulto e infantil no Arraial

Na Rua da Aurora, o Teatro Arraial recebe no domingo (2), às 16h, sessão da peça infantil Haru – A Primavera do Aprendiz, com produção de Christianne Galdino e direção de Marcondes Lima. O espetáculo faz parte da seleção da Convocatória de Ocupação de Pautas do Teatro Arraial 2014.2, promovida pela Coordenadoria de Artes Cênicas da Secretaria de Cultura de Pernambuco. O objetivo é abrir espaço para a produção independente e estimular a formação de plateia no Estado. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

Teatro Arraial
Rua da Aurora, 457, Boa Vista – Recife -PE
Haru – A Primavera do Aprendiz
Domingo (2) | 16h
R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)
(81) 3184 3057

< voltar para home